Posts by Redação

Paulo Guedes – tudo o que você precisa saber sobre a história do ministro

Paulo Guedes é um dos maiores economistas do Brasil, ex-deputado, atual Ministro da Economia e fundador da Br Investimentos. Conheça agora toda a história do principal ministro do governo Bolsonaro.

Economista de grande renome no Brasil, Paulo Guedes ficou “famoso” após ser anunciado como ministro do então candidato Jair Bolsonaro. Fazendo com que muitas pessoas passassem a querer conhecê-lo.

Com uma carreira dividida entre universidade e mercado financeiro, o ministro aposta hoje numa economia liberal para impulsionar o crescimento do país. Confira a seguir tudo sobre a vida de Paulo Guedes.

Origem e formação

Paulo Roberto Nunes Guedes é carioca, nascido no dia 24 de agosto de 1949. É filho de um vendedor de material escolar e uma servidora do Instituto de Resseguros do Brasil e tem um irmão mais novo chamado Gustavo.

Formou-se em economia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). José Marcio Camargo, coordenador econômico de Henrique Meirelles, foi seu colega de classe.

Guedes fez pós-graduação e mestrado em economia na Fundação Getúlio Vargas.

Através de uma bolsa concedida pelo CNPQ, em 1977, conclui seu mestrado em economia pela Universidade de Chicago. Dois anos depois, adquiriu o título de PhD na mesma Universidade.

A instituição sempre é citada quando se fala em pensamento liberal, inclusive é berço de muitos economistas liberais como os americanos Milton Fiedman e Gerge Stigler.

Na época em que estudou em Chicago, Paulo Guedes passou por forte procedimento de aprendizagem em estatística e matemática.

Certamente com os conhecimentos adquiridos, Guedes desenvolveu uma boa prática na área econômica.

Quando retornou ao Brasil, trouxe uma bagagem de raciocínio e pensamentos acima da média, ficando à frente dos economistas brasileiros.

Ao chegar aqui, se deparou com economistas presos a teorias antigas com tendências de esquerda.

Carreira como docente

Devido a seus colegas economistas serem predominantemente tucanos, com ideias ultrapassadas, Guedes foi ridicularizado por eles.

Apesar de mostrar o óbvio, os economistas preferiam continuar com seus velhos pensamentos e opiniões.

Com isso, Guedes decidiu partir para a área docente e hoje é bastante conhecido por sua carreira acadêmica.

Foi professor na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, na Fundação Getúlio Vargas e no IMPA – Instituto de Matemática Pura e Aplicada.

Nas décadas de 80 e 90, foi diretor técnico do IBMEC e também chefe executivo da disciplina de macroeconomia.

Também foi docente na Universidade do Chile, quando recebeu um convite para trabalho durante a ditadura militar do país.

Ficou lá por 6 meses, onde além de dar aulas teve a chance de conhecer as reformas promovidas no país.

Carreira empreendedora

Na mesma época em que começou a dar aulas, Paulo Guedes também passou a empreender. Com os empreendimentos que criou, construiu uma grande fortuna.

Empreendedor do mercado financeiro, atuou em bancos e corretoras de investimento. A seguir apresentamos seus principais feitos.

Banco Pactual

Em 1983 fundou o banco Pactual, atuando como chefe executivo e estrategista da empresa. Junto dele, havia mais 3 sócios: André jakurski, Luiz Cezar Fernandes e Renato Bromfman.

O nome “Pactual” nasceu das iniciais de 3 sócios fundadores: P de Paulo Guedes, A de André jakurski e C de Cezar. Junto das iniciais, foi adicionado o sufixo “tual” para dar melhor expressão ao nome.

O banco foi criado depois que Luiz Cezar desfez a sociedade com Jorge Paulo Lemann, este que hoje é o homem mais rico do Brasil.

Os dois trabalhavam no banco Garantia e Luiz decidiu sair para abrir uma instituição concorrente.

O sucesso do banco Pactual foi notório, transformando seus sócios em pessoas muito ricas.

O banco sempre foi referência em trabalho árduo, meritocracia e excelência, mesmo possuindo grande concorrência.

O Pactual foi vendido para o banco suíço UBS em 2006 pelo valor de US$3,1 bilhões e passou a se chamar UBS Pactual.

Mais tarde veio a ser chamado BTG pactual, um banco de investimento que atua em países da América e na Europa.

JGP Nextar Fund

Devido a algumas divergências na empresa, Guedes e Jakurski saíram da sociedade e abriram uma gestora de recursos junto com Arlindo Vergaças, em 1998.

Surgiu então a JGP Nextar Fund, uma empresa com os mesmos princípios do Banco Pactual. Na época, boa parte dos funcionários e clientes migraram para a empresa de Guedes.

Entretanto, ao invés de administrar o dinheiro dos clientes, Paulo Guedes dedicava seu tempo para cuidar do próprio dinheiro e aumentar sua fortuna.

Se aventurou em operações arriscadas na bolsa de valores, onde perdeu muito dinheiro, sendo convidado a sair da sociedade.

GPG

Ao sair da JGP, Guedes montou uma corretora de valores com seu irmão, a GPG.

O nome da empresa teve origem com as iniciais dos irmãos. Gustavo e Paulo Guedes. A GPG teve grande presença no mercado de contratos futuros e índice Bovespa, antiga BM&F.

Paulo Guedes era bastante especulativo e realiza várias operações onde ganhava muito dinheiro. Porém, muitas vezes também perdia bastante.

De boa índole, sempre trabalhou de forma justa, conquistando clientes e colegas em todo país e em países estrangeiros.

Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais – IBMEC

Entre os anos 80 e 90, Paulo Guedes foi diretor técnico, sócio e docente do instituto Ibmec. Onde reorganizou toda a fundação transformando-a em uma escola de ponta no país tendo diversos alunos considerados talentos.

Em 1999, a escola foi dividida e transferida para uma nova empresa com fins lucrativos, a Ibmec Educacional.

Com essa transferência, Guedes passou a ser acionista e presidente da corporação, tendo Claudio Haddad como sócio.

O que se diz é que Claudio Haddad queria transformar o Ibmeq em uma escola para a elite brasileira.

Enquanto isso, Paulo Guedes era visionário e buscava atingir o máximo de alunos, transformando o Ibmec em uma faculdade de excelência para a classe média.

Desse modo, depois de 16 anos gerindo a empresa, Paulo Guedes deixou a sociedade em 2003.

Depois disso, Guedes continuou atuando na área de educação, mas agora como investidor.

Operando no private equity, em 2010 obteve grande êxito e destaque quando adquiriu 25% do capital da Abril Educação, que é a maior empresa de educação do país.

BR Investimentos

Em 2006, Paulo Guedes fundou a BR Investimentos, onde passou a apostar na economia real.

A empresa tem foco no investimento chamado de “private equity”, que é a compra de participações em empresas com bom potencial de crescimento.

No ano de 2013, a BR investimentos se juntou a Mercatto e Trapezus, originando a Bozano Investimentos, onde Guedes é atual presidente.

A empresa administra R$ 2,7 bilhões de ativos distribuídos em fundos de investimento e private equity.

Com 25 estratégias de investimento diferentes, a Bozano investe em corporações que estão em fase de consolidação e que tem potencial de expandir.

Investe também em companhias novas, atuantes em segmentos com chances de crescimento, como os de educação.

Outras atividades

Além dos empreendimentos em que atuou diretamente como sócio e co-fundador, Paulo Guedes teve outros cargos em empresas.

Foi conselheiro de administração da locadora de veículos Localiza, e também da incorporadora PDG Realty.

Além disso, atuou no conselho da HSM, uma plataforma de conhecimento que constrói redes colaborativas entre empresas brasileiras e o mundo.

Foi também, conselheiro da Gaec Educação, pertencente ao grupo Ânima, um grupo empresarial educacional paulista. Guedes exerceu essas funções até o ano de 2014.

O economista fundou o Instituto Millenium, uma instituição sem fins lucrativos responsável por disseminar o pensamento econômico liberal no país.

Mais conhecido como Imil, o instituto é mantido através de contribuições realizas por pessoas e empresas privadas.

A entidade é formada por empresários intelectuais e não possui nenhum vínculo do governo.

O Instituto apresenta valores e princípios a fim de garantir uma sociedade livre, dos quais listamos alguns abaixo:

  • Liberdade individual
  • Economia de mercado
  • Direto de propriedade
  • Democracia representativa
  • Estado de direito
  • Limites institucionais à ação do governo

Todas as atividades do Imil dependem do planejamento e aprovação do Conselho de Governança e do Conselho Fiscal. Isso é realizado em reuniões periódicas.

Os debates que são realizados têm apoio de uma rede de 200 especialistas, de diversas áreas.

Através de seminários, encontros e palestras que são realizados em todo o país, o Imil mostra alternativas para assuntos do país a fim de buscar o desenvolvimento nacional.

Guedes foi ainda colunista dos jornais Folha de São Paulo e o Globo. Também escreveu para as revistas Exame e Época, falando sempre de assuntos ligados a gestão de recursos e ao mercado de capitais.

Investigação e suspeita de gestão fraudulenta

Em outubro de 2018, bem próximo das eleições, o Ministério Público Federal iniciou uma investigação. Que tinha sobre suspeitas de que Paulo Guedes estivesse envolvido em fraudes na sua gestão de fundos de investimento.

Guedes foi acusado de receber mais de R$1 bilhão em fundos de pensão de empresas estatais e ainda foi investigada a emissão e negociação de títulos imobiliários sem lastros ou garantias.

A suspeita é de que ele beneficiou a empresa HSM, da qual era conselheiro com os recursos adquiridos dos Fundos de Pensão.

Ele negou as acusações, afirmando que a denúncia foi feita para confundir o eleitor. Em dezembro de 2018 a polícia federal passou a averiguar o caso, a pedido do Ministério Público.

Sonho político

Paulo Guedes nunca ocupou cargos ou fez parte de equipes de nenhum governo, mas sempre demonstrou interesse.

No ano de 1985, foi indicado por Mario Henrique Simonsen e Delfim Netto para ser diretor do Banco Central (BC).

Guedes não aceitou devido a divergências de orientação entre os ministérios da Fazenda e do Planejamento, chefiados, na época, por Francisco Dornelles e João Sayad, respectivamente.

Já em 1989, ele contribui na elaboração do plano de governo do então candidato a presidente Guilherme Afif Domingos do PL – Partido Liberal.

Ministro da Economia

No final de 2017, Paulo Guedes foi anunciado por Bolsonaro como sua escolha para Ministro da Fazenda, caso ele viesse a ganhar. A escolha chamou atenção da população e do mercado em geral.

O nome foi bem recebido por parte da mídia, como também por banqueiros e investidores, visto que o economista tem uma ideologia liberal.

Inclusive, na ocasião em que foi anunciado seu nome para o cargo, a bolsa de valores teve aumento.

Guedes idealizou o plano econômico do atual presidente e foi o grande responsável pelo apoio do mercado financeiro que Bolsonaro teve.

De início, o que se esperava do ministro é que fosse dado continuidade nas reformas necessárias para recuperar a economia do país.

Bolsonaro, sempre que era questionado sobre assuntos de economia, dizia que não sabia e que era para perguntar para Paulo Guedes. Acabou chamando-o de “Posto Ipiranga”, comparando Guedes à propaganda que diz que tudo pode ser resolvido no posto.

Considerado um dos conselheiros mais próximos do candidato à presidência, Guedes teve certa liberdade para trabalhar suas ideias.

Assim, dentro de suas opiniões, ele defende:

  • A mudança de regras do orçamento da união
  • Criar um novo sistema de capitalização da previdência
  • Realizar a privatização de algumas empresas
  • Incluir medidas liberais e realizar a abertura da economia.

Guedes concedeu algumas entrevistas para a mídia, onde informou com mais detalhes sobre suas propostas. Listamos a seguir algumas delas.

Contas públicas

Uma das principais propostas de Paulo Guedes é zerar o déficit fiscal do país em um ano.

Para que isso corra, ele aposta no corte de privilégios de alguns setores, no fim das isenções fiscais e dos empréstimos concedidos a grandes empresas e subsidiados por bancos públicos.

Ele afirma que o rombo nas contas públicas advém da combinação de três fatores, que são os gastos com juros e despesas com pessoal e a previdência.

Na parte econômica, propõe simplificar e unir os tributos federais, além de descentralizar e municipalizar esses tributos a fim de aumentar recursos na sociedade. Com isso, existiria apenas um imposto federal.

O ministro é a favor de manter um tripé econômico, com regime de meta de inflação e fiscal, com câmbio flutuante.

Também citou a proposta de zerar imposto de renda para pessoas que recebem até 5 salários mínimos.

Previdência

Guedes afirma que a previdência atual está destruída e condenada, além de ter bombas relógio dentro dela: o tempo, a mistura e a assistência social envolvida com ela.

Outro fator, é que a previdência é muito desigual quando se trata de funcionários públicos e de empresas privadas.

Sua proposta é criar um regime de capitalização, onde a aposentadoria do trabalhador seria resultado do que ele poupou durante a vida.

Com esse método, todos sairiam ganhando. O trabalhador teria garantia de poder se aposentar, pois, teriam ativos em seu nome e as empresas não teriam que se responsabilizar com encargos.

A equipe do presidente não informou como funcionaria esse novo modelo, nem como seria feita a mudança do atual para o novo.

O que se sabe, é que a proposta de criar o regime de capitalização poderia acabar com o rombo da previdência.

Durante a campanha de Bolsonaro, a reforma da previdência foi considerada um dos assuntos mais importantes a serem tratados caso ele viesse a ganhar.

Tanto que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) já vem sendo desenvolvida.

Banco Central

Guedes propõe uma lei onde o Banco Central passaria a ter independência política e administrativa com um mandato de 4 anos para a diretoria.

Dessa forma, o banco não teria influência política. Porém, a instituição teria de estabelecer metas para inflação, dólar e taxas de juros.

Mesmo com o entusiasmo do mercado com a pauta de Guedes, muitos economistas alertam que a reforma da economia é um caso complicado.

Eles dizem que por mais que Bolsonaro tenha ganho, sua “lua de mel” com o mercado será rápida.

Espera-se que o presidente aprove apenas uma pequena reforma nesse ano. Porém, só teremos certeza disso ou não, quando o ministro colocar em pauta o primeiro assunto da economia, que provavelmente será o da independência do Banco Central.

Privatização das estatais

Paulo Guedes tem a intenção de privatizar o maior número possível das empresas que exigem aportes do Tesouro Nacional, principalmente as que possuem déficit.

Hoje, 18 empresas dependem desses aportes e consomem cerca de 15 bilhões de reais por ano dos cofres públicos.

A privatização é o segundo assunto considerado mais importante e relevante para ser tratado neste início do mandato do presidente.

Guedes afirma que essa medida ajudaria a reduzir o endividamento evidente em nosso país.

O ministro afirmou que é favorável a privatização de todas as estatais e já possui apoio de muitos.

Alguns especialistas acreditam que as empresas EPL (Empresa de Planejamento e Logística) e a EBC (Empresa Brasileira de Comunicação) seriam as primeiras a serem vendidas ou extintas.

Porém, se a pretensão do ministro se tornar real, as privatizações devem ir bem além, incluindo empresas como Telebras e Dataprev.

Reforma administrativa

No plano de governo de Bolsonaro já constava a proposta de fusão de alguns ministérios.

O principal deles é a criação do superministério da economia, que envolve os antigos ministérios da Fazenda, do Planejamento e Indústria e do Comércio Exterior.

Assim, Paulo Guedes, atual ministro da Economia tem grande poder no governo de Bolsonaro, consequentemente possui uma árdua missão de organizar as contas públicas.

Para que essa organização aconteça, uma das principais medidas é a de reestruturar o serviço público e avaliar os servidores.

O objetivo é desenvolver uma cultura de alto desempenho e eficiente, além de cortar gastos com cargos comissionados.

Empregos

O ministro Paulo Guedes diz que o governo possui a intenção de criar um ambiente propício para empreendedores no Brasil.

Assim, muitos talentos nacionais seriam valorizados, além da possibilidade da vinda de empresas do exterior.

Com isso, seriam geradas novas tecnologias, novas oportunidades de emprego e de renda.

Desse modo, seria quebrado o círculo vicioso das dívidas, onde as pessoas iriam diminui-las e passar a investir, gerando crescimento no país.

Comércio internacional

O programa de governo dizia que buscariam facilitar o comercio internacional. Visto que isso ajudaria a promover o crescimento da economia a longo prazo.

É evidente que países mais abertos ao comércio são os mais ricos e atualmente o Brasil é um país um pouco fechado para isso. Dessa forma, torna-se difícil competir em segmentos de alta tecnologia.

Para se tornar um país mais “amigável” e propício para a comercialização internacional, Guedes propõe diminuir as barreiras não tarifárias e as alíquotas de importação.

Assim, aconteceria um incremento no crescimento econômico no longo prazo.

Pacto federativo

O governo propôs a criação do pacto federativo buscando descentralizar o poder e disponibilizar recursos para os estados e municípios.

Assim, construir-se-á uma governabilidade em novas bases, sem o famoso toma lá dá cá.

Guedes diz que o dinheiro deve ir para onde o povo está. Por isso, torna-se necessário descentralizar as coisas.

Com a diminuição dos ministérios, que estão ali apenas para coordenar, ficará mais fácil o ministro estar em contato com os secretários estaduais para repassar os recursos necessários para sua área.

O que esperar do ministro?

Bastante empolgado e com planos audaciosos, Paulo Guedes terá grandes desafios. Isso porque nos primeiros meses de governo não há espaço para erros.

Como nunca exerceu função pública, mesmo sendo experiente no mercado financeiro. Assim ele terá que trabalhar muito para alcançar todas as propostas que foram arquitetadas no plano de governo.

Além disso, todos os 22 ministros de Bolsonaro querem colocar em prática as mudanças desenhadas na transição de governo.

Assim, o ministro terá que avançar suas reformas liberais e administrar a pressão sofrida pelos colegas ministros.

Com aproximadamente R$102,5 bilhões em caixa e com o aumento das despesas obrigatórias, o orçamento é muito curto.

Guedes passa por um grande dilema, onde seu plano de diminuição de despesas dificilmente terá efeitos nesse ano.

Além disso, as propostas que envolvem revisão de abono salarial e subsídios irão vigorar a partir de 2020 apenas.

Um ponto favorável é o fato de o déficit público de 2018 ficar abaixo dos R$100 bilhões quando a meta era de 161,3 bilhões de reais.

Ligado a isso está a cessão onerosa da Petrobrás, onde poderá ser garantido cerca de R$100 bilhões à União.

Dito isso, o principal desafio é consolidar a transição iniciada pelo governo de Michel Temer.

Os assuntos principais são acabar com o déficit e buscar o superávit para estabilizar a relação entre Dívida e PIB e realizar o ajuste fiscal.

Isso tudo será possível a partir do momento em que for aprovada no congresso a reforma da previdência.

Paulo Guedes tem carta branca do presidente para retomar a melhoria dos negócios brasileiros, convergência que foi perdida em governos passados.

20 curiosidades sobre Mark Zuckerberg

Criador do Facebook e um dos bilionários mais jovens do mundo. Esse é o famoso Mark Zuckerberg. Que tal conhecer alguns fatos curiosos sobre ele? Confira a seguir.

Mark Zuckerberg revolucionou as redes sociais e a forma de nos comunicar ao criar o Facebook. Desde seus 12 anos de idade ele demonstrou interesse e conhecimento em informática, sendo considerado menino prodígio na área.

Mas como todo ser humano, Mark Zuckerberg tem uma vida além da fama. A qual não foi mostrada em nenhuma série ou filme que ele participou.

Confira a seguir curiosidades sobre a vida, família e fortuna de um dos bilionários mais jovem do mundo.

Infância

Mark Elliot Zuckerberg nasceu no dia 14 de maio de 1984, em White Plains, uma exuberante cidade do estado de Nova Iorque.

Foi criado em Dobbs Ferry, cidade do mesmo estado. Ele é filho de Edward e de Kristen. O pai, um dentista e a mãe psiquiatra. Mark tem 3 irmãs: Randi, Donna e Arielle.

Sua família é de origem judaica, mas Mark Zuckerberg se declarou ser ateu, mesmo considerando a religião algo muito importante.

Estudou na escola Ardsley, onde sempre se destacou nas matérias de arte e culturas clássicas.

Mais tarde, na Phillips Exeter Academy, ganhou muitos prêmios de matemática, física e ciências da astronomia.

Alem disso, Mark aprendeu a ler e escrever em latim, hebraico, francês e grego antigo. No esporte, ele pertencia a equipe de esgrima da escola.

Programador

Ainda quando criança, Zukerberg teve acesso aos computadores e ao mundo da programação. O principal responsável por isso foi seu pai, que lhe presenteou com o livro “C++ para idiotas”, o qual fala sobre programação.

A partir daí, Mark começou a explorar esse universo. Seu pai foi ensinando sobre programação básica nos anos 90 e depois Mark Zukerberg teve um professor particular, o Sr David Newman.

O professor sempre achou Mark muito desenvolvido, chamando até de menino prodígio. Quando ainda estava no colégio ele fez um curso de pós-graduação em programação, no Mercy College.

Na época, ele gostava bastante de desenvolver programas de computador, principalmente na área de jogos e de comunicação.

Acabou criando o “ZuckNet”, uma rede social onde todos os membros de sua família podiam ficar conectados.

Além disso, o ZuckNet foi utilizado por seu pai no consultório odontológico. Quando lançado, o aplicativo foi considerado bastante criativo. Um ano depois a empresa AOL lançou o AOL Instant Messenger ou AIM, que tinha praticamente as mesmas características.

Enquanto estava no ensino médio, Mark trabalhou numa empresa chamada Intelligent Media Group. Lá, ele criou um leitor de música, chamado Synapse, que analisava os gostos musicais dos usuários.

No aplicativo, os usuários podiam criar suas playlists de forma personalizadas. Essa foi sua primeira criação de sucesso.

A empresa PC Magazine avaliou o Synapse com nota 3 de 5. Diversas empresas tentaram comprar o aplicativo.

A Microsoft chegou a ofertar mais de R$1 milhão de dólares pela tecnologia e ainda ofereceu uma proposta de emprego para Mark Zuckerberg, mas ele não aceitou fazer negócio.

Formação

Em 2002, Mark Zuckerberg começou seus estudos em Harvard. Estudou psicologia e ciência da computação. Lá, continuou a desenvolver seus sites inovadores.

Na época em que estava em Harvard, ele desenvolveu o “Facemash”, um site onde eram publicadas fotos das estudantes e os rapazes avaliavam qual era a mais bonita.

Usando sua habilidade, Mark acessou a rede de segurança da universidade e obteve as imagens de identificação dos estudantes. Com as fotos, alimentava o Facemash, que ficou popular rapidamente.

Ao invés das imagens, alguns alunos usavam frases representando um protesto ou posição política, o que fez com que o uso do sistema aumentasse ainda mais.

Alguns dias depois de entrar no ar, o site foi fechado pelos diretores da instituição. Isso porque o site sobrecarregou o servidor de Harvard e os alunos não conseguiam acessar a web.

Além disso, os diretores de Harvard acusaram Zuckerberg de violação de privacidade e de direitos autorais, além de quebra de segurança por usar as fotos do sistema da universidade.

Chegou a ser começado um processo de expulsão de Mark da universidade, mas logo as acusações foram retiradas.

No entanto, a ideia do site era boa, e os alunos já haviam pedido para a universidade criar um site com fotos e detalhes de contatos dos alunos.

A proposta era disponibilizar esses dados na rede de informática de Harvard. Mark acabou por abandonar a universidade quando o Facebook, aplicativo que ele criou, virou sucesso.

O Facebook

“The Facebook” foi criado no dia 02 de fevereiro de 2004. Mark contou com o apoio e auxílio financeiro de seu melhor amigo da faculdade, o brasileiro Eduardo Saverin, e dos seus colegas Dustin Moskovitz e Chris Hughes.

O aplicativo foi desenvolvido e testado por vários meses até seu lançamento e logo ficou famoso.

A ideia foi relançar o Facemash, mas de forma melhorada. No início, o aplicativo era usado apenas por estudantes da universidade. Nele, os alunos podiam se conectar umas às outras e compartilhar fotos e opiniões.

Seis dias depois do lançamento, três estudantes seniores de Harvard acusaram Mark Zuckerberg de roubar suas ideias, chegando a processá-lo por isso. Mas depois chegaram a um acordo.

Mark percebeu que o site tinha grandes chances de crescer, então decidiu expandi-lo. Assim, convidou mais alguns colegas e trabalhou para que o Facebook chegasse a outras escolas e universidades.

Os colegas se dividiram e cada um ficou responsável por uma tarefa. Chris Hughes faria a promoção do site, Andrew McCollum cuidaria do design gráfico, Dustin Moskovitz faria a programação e Eduardo Saverin cuidaria da parte dos negócios.

A fama

Logo, o Facebook ficou famoso e passou a ser utilizado por universitários do mundo inteiro. Em 2005, o site já tinha mais de 5 milhões de usuários e passou a ser chamado apenas de “Facebook”.

A partir de 2006 o site passou a ter seu uso permitido por alunos do ensino secundário e funcionários de empresas. Desde então, qualquer pessoa acima de 13 anos pode utilizar a rede social.

Com uma trajetória muito rápida, o Facebook se tornou um dos maiores sites de relacionamento da internet.

Além disso, a rede deu a Mark Zuckerberg o título de jovem mais rico do mundo em 2008, com apenas 24 anos.

Mark recusou várias ofertas bilionárias feitas para compra do site quando o negócio começou a dar certo. E ainda transformou o Facebook num dos empreendimentos mais bem-sucedidos do mundo.

Curiosidades

Agora você já sabe a história de Mark Zuckerberg e como ele conquistou a fama. Confira a seguir 20 curiosidades sobre o jovem bilionário, criador do Facebook:

  1. Bar Mitzvah

Como Mark é de família judaica, é tradição da religião realizar um ritual de passagem para a vida adulta. No Bar Mitzvah, o garoto com 13 anos assume sua maturidade religiosa, passando a ter maiores responsabilidades na sua comunidade.

No rito estão envolvidos cantos e danças específicos. Além disso, o menino começa a se preparar um ano antes, estudando o livro sagrado do judaísmo. No dia do ritual o menino faz sua primeira leitura em público de um texto do livro.

Mark realizou seu Bar Mitzvah com a temática de Star Wars. Coincidentemente, seu aniversário é no mesmo dia do criador de Star Wars, Gerge Lucas.

  1. Daltônico

Daltonismo é um distúrbio visual, onde os cones oculares que são os responsáveis por diferenciar algumas ou todas as cores não funcionam.

Sua origem pode ser hereditária e ocorre mais em homens do que em mulheres.

Zuckerberg é daltônico para as cores verde e vermelho e identifica melhor a cor azul. O mais interessante disso é que o Facebook é azul em quase toda a sua totalidade devido ao problema dele.

  1. Esportes

Mark Zuckerberg não era um menino comum. Além de muito inteligente, ele não praticava os esportes “comuns” de seu país.

Mark praticava a esgrima, um esporte que exigem reflexos apurados e movimentos ligeiros. O esporte tem seus prodígios na Grécia e no Egito, no século XVI e com o tempo foi se aprimorando.

A esgrima ficou mais conhecida quando os gladiadores passaram a realizar apresentações. Até então, o ato era considerado um combate. Porém, com o passar do tempo foi perdendo as forças e passou a ser considerada exclusivamente como esporte.

Mark, no período de ensino médio, foi o capitão da equipe de esgrima do colégio

  1. ZuckNet

A primeira invenção de Mark foi o ZuckNet, aos 13 anos. Nele os computadores de sua família e do consultório de seu pai estavam conectados, podendo trocar mensagens.

Além disso, Mark criou vários jogos, como uma versão do jogo Risk e uma outra do jogo Monopoly, qual jogava em sua escola.

  1. Synapse

A primeira criação de sucesso dele foi o site Synapse, enquanto ele ainda estudava no ensino médio. Nesse site, os usuários geravam listas de músicas de acordo com o gosto musical de cada um.

O Synapse despertou interesse de muitas empresas. Inclusive a Microsoft, que chegou a oferecer alguns milhões pelo site, além de convidar Mark para trabalhar na empresa. O convite e a proposta foram recusados.

  1. Facemash

Outro site criado por Mark, já quando estava na universidade, foi o “Facemash”.

Esse aplicativo disponibilizava imagens para serem analisadas e votadas, conforme as pessoas achassem atrativa ou bonita a pessoa da foto.

O site não foi bem aceito pelos alunos e professores, sendo retirado da rede bem rápido.

Outra criação de Mark foi o Course Match. Esse site ajudava os estudantes na hora de escolher seus cursos e aulas dentro da universidade.

Os alunos podiam fazer suas escolhas como base no que outros alunos estavam optando.

  1. Facebook

Com a experiência que adquiriu com os aplicativos anteriores, em 2004 Mark Zuckerberg criou o “The Facebook”. Uma rede social que a princípio era para ser usada somente na universidade de Harvard.

Como o site foi bem aceito, foi liberado para utilização em outras universidades e posteriormente liberado para todas as pessoas acima de 13 anos.

  1. Poliglota

Mark sempre tirou boas notas na escola. Inclusive, ele lê e fala fluentemente seis línguas:

  • Inglês
  • Hebraico
  • Latim
  • Grego antigo
  • Francês
  • Mandarim

Ele passou a estudar mandarim por um motivo bastante especial: se comunicar com a família da esposa.

Isso porque, a família de Priscilla Chan é descendente de chineses que viviam no Vietnã e foram para os Estados Unidos refugiados.

  1. Família

Mark foi criado em Nova Iorque, nos Estados Unidos junto de três irmãs. Duas de suas irmãs são empreendedoras, assim como Mark e uma delas é pesquisadora.

Em 2004, Zuckerberg conheceu começou Priscilla Chan em Harvard e logo começaram a namorar. Priscilla é pediatra e de família chinesa.

Em 2012 os dois se casaram. No ano de 2015, o casal teve sua primeira filha: Maxima Zuckerberg. Em agosto de 2017 tiveram a segunda filha, August Chan Zucherberg.

10-Polêmicas

A criação do Facebook envolveu muitas polêmicas, principalmente devido ao fato de Mark ser acusado de ter roubado a ideia de outros estudantes de Harvard.

Esses estudantes afirmaram que contrataram Mark para programar a rede social “Harvard Conection” e ele roubou a ideia para implementar no Facebook.

Os estudantes denunciaram Mark na justiça, mas acabaram aceitando um acordo para retirar essa denúncia. Para isso acontecer, Zuckerberg pagou US$65 milhões para os estudantes.

Outra polêmica envolvendo Mark e o Facebook foi a “demissão” de Eduardo Saverin, Cofundador do site.

Mark traçou um plano para diminuir a participação de Eduardo na sociedade, para ter mais poder sobre o negócio.

Obviamente que Eduardo não gostou. Ele processou o Facebook e conseguiu que seu nome voltasse ao quadro de sócios da companhia.

Porém, Eduardo conseguiu manter apenas 5% das ações da empresa, o que em dólares era algo em torno de US$5 bilhões.

11-Livros

O livro preferido de Mark é Ender’s Game, que trata de um romance de ficção científica, escrito por Orson Scott Card.

Em 2013, foi criado um filme baseado no livro de Orson, chamado Ender’s Game – O Jogo do Exterminador.

10-Fortuna

Mark Zuckerberg é a 5º pessoa mais rica do mundo. Sua fortuna é de aproximadamente US$71 bilhões, de acordo com o ranking da revista Forbes de 2018.

Além disso, ele é o bilionário mais jovem do mundo. Sua fortuna foi conquistada através da criação e fama do Facebook.

Atualmente, Mark é dono do WhatsApp e do Instagram, além do facebook. Ele ainda investe na bolsa de valores com as ações da sua empresa.

13-Filantrópico

Com o nascimento de sua primeira filha, Mark e sua esposa divulgaram que iriam doar 99% de sua fortuna ao longo de suas vidas.

Para tornar isso real, eles criaram a Chan Zuckerberg Initiative, uma instituição filantrópica.

A organização apoia projetos de educação voltados para ciência e está localizada na Califórnia, em Palo Alto. De forma progressiva, Mark e Priscila farão suas doações ao instituto.

Em 2013, sua esposa Priscilla Chan doou quase 1 bilhão de dólares para uma instituição sem fins lucrativos. Isso fez com que ela fosse considerada a americana mais generosa do mundo.

14-Ídolo

Em entrevista, Mark disse que seu ídolo, desde a infância é Bill Gates. Ele também falou que sempre considero Gates como seu herói.

Bill Gates é o criador da Microsoft e hoje é o segundo homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em 98,4 bilhões de dólares.

15- Salário

Seguindo o costume dos magnatas do ramo de tecnologia, Mark Zuckerberg tem o salário de 1 dólar, depois que se tornou bilionário. Ele vive “apenas” com o dinheiro que recebe das ações do Facebook.

Grandes exemplos disso são Steve Jobs, finado fundador da Apple e também Bill Gates, fundador da Microsoft.

16-Filme

Além de ter um Site que lhe rendeu grande fortuna, Zuckerberg ganhou um longa-metragem. Em 2010, foi lançado “A rede social”, um filme dirigido por David Fincher.

A proposta do filme foi contar a história da criação do Facebook. Porém, o filme também parece ser uma biografia de Zuckerberg, pois é tem bastante foco na vida dele.

Mark falou que não iria assistir ao filme, mas acabou assistindo com seus funcionários.

Dentre seus comentários sobre o longa, Mark destacou o fato de terem acertado na escolha das roupas do personagem que o representava, mas também comentou que existiam vários erros no filme.

17-Roupas

Até 2009, Mark usava mais terno e gravata, a fim de demonstrar que é um empreendedor sério. Atualmente ele usa roupas mais casuais e padronizadas e suas camisas sempre tem ícones do Facebook.

Mark, mesmo sendo bilionário, já foi considerado uma pessoa malvestida por uma revista americana. A revista alegou que ele sempre usa as mesmas roupas: calça jeans e blusa cinza.

Em defesa, Mark alegou que não gosta de perder tempo com essas coisas e que prefere se concentrar no que realmente interessa.

18- TV

Um fato bastante curioso do bilionário é que ele não possui TV em casa. Mark diz que prefere ler ao invés de assistir.

Por isso, ele criou um “clube do livro” em sua rede social. Lá, ele compartilha uma resenha dos livros que leu e diz que seu objetivo é ler um livro por semana.

Dentre os livros que ele leu estão “Sapiens – Uma Breve História da Humanidade” e “O Fim do Poder”.

Mark sempre compartilha qual o livro que está lendo ou irá ler. Sempre que anuncia um novo livro no Facebook, o mesmo se esgota nas livrarias, tornando-se best-sellers.

19 – Criatividade

Mark Zuckerberg projetou e criou a aliança de casamento de sua esposa Priscilla. Ele fez o designer em um rubi, que foi avaliado em torno de US$25 mil.

Mark foi bastante criticado ao criar o anel. Muitos falaram que era muito simples e modesto para um bilionário dar de presente para sua futura esposa.

20 – Gostos preferidos

Você sabe quais são os gostos de Zuckerberg? Conforme consta no seu perfil, Mark gosta de minimalismos, fazer as coisas, quebrar coisas, eliminar desejos, fluxo de informação e revoluções.

Na música, Mark curtiu Lady gaga, Rihanna, Shakira, Daft Punk e Taylor Swift. Como ele não gosta de ostentar, possui um Acura TSX preto, carro que considera humilde, seguro e confortável.

Outras curiosidades

Mark Zuckerberg é bastante famoso, tanto por sua grande capacidade na área de programação, quanto por ser um dos bilionários mais jovens do mundo.

Existem muitas coisas que estão além disso tudo, confira algumas a seguir:

  • Mark tem aproximadamente 50 patentes em seu nome.
  • Em 2009 ele usou gravata o ano todo, para demonstrar que o Facebook tinha seriedade.
  • Já teve sua vida contada numa história em quadrinhos num gibi de 48 páginas.
  • Passou um ano comendo apenas carne de animais que ele mesmo tinha criado e abatido.
  • Em 2013 estipulou que iria conhecer uma pessoa fora do Facebook por dia.
  • No mesmo ano, ele obteve 99% de satisfação em uma pesquisa empresarial da Glassdor.
  • Teve uma participação nos Simpsons.
  • Sua citação preferida é: “Faça as coisas do modo mais simples possível, mas não simplista” criada por Albert Einstein.
  • Seus pais e suas irmãs são empreendedores.
  • Em 2017 Mark recebeu um diploma honorário de Harvard, ao dar um discurso para os formandos daquele ano.
  • Entre os anos de 2016 e 2017, o Facebook gastou cerca US$ 7,3 milhões em segurança de seu CEO.
  • Ele foi um dos primeiros usuários do Google+.
  • Em 2018 se dedicou a consertar os erros do Facebook.
  • Em uma entrevista, Mark afirmou que é professor de uma escola de educação secundária.
  • Atualmente Mark é vegetariano.

Mark Zuckerberg não conquistou tudo que tem hoje de forma fácil. Foi muito tempo investido, muita dedicação e persistência.

Atualmente o Facebook possui mais de 1,7 bilhões de pessoas conectadas.

No Brasil, mais de 45% da população tem uma conta na rede social. E a rede não para de crescer.

Em 2014 Mark adquiriu o WhatsApp, pagando US$19 bilhões pelo aplicativo. Mais tarde adquiriu o Instagram. Com isso, tornou-se dono das 3 principais e maiores redes sociais da atualidade.

Se hoje ele é famoso e bilionário é porque foi merecedor de tudo isso. Mesmo com polêmicas ao longo do caminho, muitas opiniões alheias e alguns desentendimentos.

Mark Zuckerberg é com certeza um dos maiores empreendedores de sucesso da atualidade.

Conheça as Startups mais lucrativas no mundo

O modelo de empreendimento que faz ganhar dinheiro sem gastar todas as economias, ficou mais forte com a internet. Saiba porquê e quais são as Startups mais lucrativas no mundo.

Startups lucrativas são bem mais do que um negócio que deu certo por sorte ou porque teve um superinvestimento inicial, tudo se baseia na boa gestão.

A regra mais importante para startups lucrativos é conseguir manter seus custos baixos enquanto faz seu lucro aumentar.

Os grandes investimentos entram quando a empresa está gerando receita. Veremos como eles fazem startups lucrativas no texto abaixo.

O que são Startups

Startups são em geral empresas que criam um novo meio de negócio através de software. Algumas muito lucrativas no Brasil e no mundo, desenvolvem patentes exclusivas de produtos ou serviços inovadores.

O principal intuito de uma Startup é fazer com uma ideia gere o máximo de dinheiro possível, sem elevar os custos.

Se bem modestos são os gastos de início, depois grandes valores são injetados por investidores em plataformas voltadas para e-business.

Nos Estados Unidos essa cultura está difundida desde o início da internet, mas no Brasil o termo ficou popular recentemente.

Verdade seja dita muitos investidores e empreendedores brasileiros já vinham fazendo suas interações com esse tipo de negócio no exterior.

Assim atualmente pelo menos sete startups novas surgem no mundo, elas já nascem favorecidas pela internet rápida. O bom suporte da rede mundial de computadores permite um crescimento sem limites.

Existem Startups lucrativas no Brasil

Um país ainda considerado submundo para empreendedores, têm demonstrado que pode ser competitivo e criativo.

Ainda por volta de 1000 startups não conseguem sobreviver ao primeiro ano de vida por aqui.

São mais de 1 milhão de startups, entre as mais lucrativas se consideram aquelas que atingem 1 bilhão de receita. Esta não é em si a meta do negócio, mas ao fazer isso elas abrem as portas para os investidores.

A primeira no ranking de mais lucrativa é a 99, um projeto universitário que unifica serviços de transporte particular.

A startup 99 teve o aporte de100 milhões de dólares, investidos por chineses de um grupo que presta serviços parecidos.

Inovadores no campo da educação, como a Arco da Educação, também podem ser observadas entre startups lucrativas do Brasil.

Ela é líder no ensino privado no Ceará, seu valor de mercado é de mais de 1 bilhão de dólares.

Primeiras Startups lucrativas

Quando se fala em pioneirismo não se pode citar nenhuma outra startup americana senão a Microsoft. O objetivo não era só popularizar o computador, mas que ele fosse adquirido com o software da empresa.

Lembrando que em 1975, ano da fundação da empresa, a tecnologia não era vital na vida das pessoas comuns.

O único mercado lucrativo disponível para a Microsoft eram as universidades e centros de pesquisa como a NASA.

Com o tempo concorrentes como a Apple, conseguiram com o mesmo sucesso alcançar o público, a demanda criada pela Microsoft.

Porém nenhuma perdeu espaço, o que aconteceu foi a transformação de ambas, que já não podem ser consideradas startups.

Por definição da própria palavra startup é uma empresa que está começando com pouco investimento e uma ideia inovadora.

A lucratividade de algumas não permite mais que sejam assim consideradas, porque já tiveram seu capital aberto.

Startups de sucesso no mundo

Conheça os cinco startups mais lucrativas do mundo:

  1. Uber US$ 2,5 bilhões anuais:

Além de estar avaliada em mais de US$60 bilhões de dólares, a Uber está no auge sem nenhum concorrente à sua altura, por enquanto.

  1. ANT financial US$1,8 bilhões anuais:

A startup já recebeu US$ 4,5 bilhões em investimentos. Ela criou um aplicativo de pagamento online o Alipay.

  1. Didi Chuxing US$1,7 bilhões anuais:

Foi a primeira a investir na 99 aqui no brasil e atua no mesmo mercado de transporte particular na China.

  1. Xiaomi US$1,5 bilhões anuais:

Fabricam smartphones, sendo que um deles já foi considerado o terceiro mais vendido no mundo.

  1. Airbnb US$1,2 bilhões anuais:

É uma empresa do ramo de turismo, oferece um aplicativo de suporte imobiliário para a troca de casas entre viajantes.

Esses números se referem ao lucro líquido anual da empresa no ano de 2018.

Algumas que estão nesta lista deixarão de ser startups até 2020, por motivo de venda ou fusão com outra empresa.

Como lucram tanto as Startups

Startups lucrativas são aquelas que conseguem fazer seu valor de mercado subir a níveis estratosféricos.

No entanto o crescimento deve ser acompanhado da padronização exagerada dos produtos e/ou serviços oferecidos.

No caso de uma empresa que oferece facilidades por meio de aplicativos para celular, se torna muito mais fácil padronizar.

Tão pouco se trata só disso, a startup deve ter injeções de investimento periódicas.

As rodadas de investimentos, são momentos vitais para medir o valor de mercado de um startup. É quando a empresa divulga quanto está disposta a receber, e se há alguém disponível para investir.

O fato de alguém de fora acreditar na ideia e investir nela, agrega valor automaticamente à empresa.

O aumento da lucratividade de uma startup é benéfico para empresa e para o investidor que pode multiplicar seus ganhos.

As incubadoras podem ajudar uma Startup a ser mais lucrativa

As incubadoras são áreas de teste reservadas para empresas entrantes no mercado. Isso está conectado de forma intensa com o tema da lucratividade e sobrevivência dos startups.

No ambiente de testes a empresa recebe o suporte de especialistas, para aprender a viver de seu negócio. Existe uma estrutura que prepara o empreendedor para as reviravoltas do mundo louco dos negócios.

Contudo não há uma fórmula anti-tombo para todos os tipos de startups, mas há um auxílio competente para levantar.

Os contratempos são bem administrados e o empresário tem mais tempo para aprender a ganhar dinheiro.

Quem são os investidores das Startups

Em geral o grupo de investidores inicial de um startup, se trata de pessoas que tinham uma ideia em comum. Ao desenvolverem juntos essas ideias se dão conta se ela é ou não rentável.

Depois que a startup se torna um pouco lucrativa, o ponto já foi provado. Daí então começa a captação de investimentos externa, onde grandes grupos de investimentos se destacam, por possuir mais dinheiro.

As formas em que um investidor pretende colocar dinheiro em startups, deve ser negociado previamente. E não é porque ele investiu dinheiro nela que se torna automaticamente seu dono.

O que são aceleradores de Startups

Além de incubadoras e investidores startups lucrativas tem também aceleradores. Que são nada mais nada menos do que fatores financeiros que ajudam a atingir metas rapidamente.

Podem se tratar de investidores externos que em um curto prazo pretendem recuperar o que investiram e afastar-se da empresa. Assim como pode ser um empréstimo bancário.

A única coisa que importa é que o dinheiro dessas fontes aceleradoras seja usado para alavancar o valor da empresa. Quanto mais rápido crescer esse valor mais investimentos novos virão, e maior reconhecimento terá a empresa.

A Startup que quer ir a outro planeta

Elon Musk é o dono da startup mais inovadora do mundo, é também o dono da Tesla, que produz automóveis. Seu objetivo com a Spacex é ser a primeira empresa privada de turismo espacial.

Apesar de seu objetivo parecer utópico demais, Elon já demonstrou ter grande habilidade nos negócios. Ele também atua na causa de Al Gore, vice-presidente americano no governo de Bill Clinton, na questão do aquecimento global.

Atualmente a Spacex possui somente em contratos mais de US$400 milhões. E pretende ser a primeira a fazer voos tripulados para Marte.

Amazon: Tudo o que você precisa saber sobre a trajetória dessa empresa

Uma das pioneiras no seguimento de lojas virtuais, a Amazon é líder de vendas em diversos setores. Conheça a empresa com o e-commerce que mais fatura no mundo todo.

Conhecida mundialmente por ser uma imensa loja de departamentos online, a Amazon literalmente “engole” qualquer concorrente. Mais que isso, a empresa é sinônimo de excelência, além de bater US$ 1 trilhão em valor de mercado.

A única outra empresa que atingiu a mesma marca, pouco antes da Amazon, foi a Apple, apenas algumas semanas antes. Entretanto, vale destacar que a empresa de comércio eletrônico é 18 anos mais nova que a Apple.

Logo, não há como não se impressionar com a Amazon que em breve partirá também para a indústria de brinquedos. Se interessou? Continue a leitura para saber mais sobre a empresa que mais vende produtos pela internet no mundo.

Como tudo começou

Em 5 de julho de 1994, nos Estados Unidos, mais precisamente em Seattle, nascia uma das maiores e-commerce do mundo. Após trabalhar em uma grande empresa, Jeff Bezos resolveu inovar e montou seu próprio negócio.

Com o auxílio da esposa MacKenzie, na garagem de sua casa em Bezos, decidiu vender livros. Logo, notou na internet uma oportunidade de crescimento, e por isso resolveu investir no seguimento.

Assim, juntos decidiram investir na ideia de uma livraria online. O que se tornou hoje a maior e mais valiosa do mundo.

Inicialmente foram escolhidos uns nomes que soavam estranhos à empresa, como por exemplo Cadabra.com e Relentless.com. Então, após várias sugestões, chegaram ao atual nome inspirado no Rio Amazonas.

Segundo Jeff Bezos, o fundador da empresa, a idéia era se tornar uma empresa tão grande quanto o Rio é em extensão e fluxo de água.

Após muito trabalho, o fundador da companhia alcançou nada menos que ser o maior e-commerce da atualidade. Atualmente, a empresa atende 15 países, em 4 continentes, e pretende inovar cada vez mais.

Jeff Bezos

Jeffrey Preston Jorgensen é o dono da maior empresa e-commerce da atualidade. Nascido em Albuquerque, EUA, aos 12 de janeiro de 1964, o empresário teve a brilhante idéia aos 30 anos.

Em Seattle encontrou o porto seguro para começar seu novo empreendimento. Lá estava o maior distribuidor de livros, tudo o que o empresário precisava para dar impulso ao seu negócio.

Formado em engenharia elétrica e informática pela Universidade de Princeton, em 1994, começou a comercializar livros e foi expandindo seu negócio.

Além da gigantesca loja em questão, Bezos também é fundador da Blue Origin, uma empresa na área astronáutica. E em 2013 comprou o jornal The Washington Post.

O empresário também trabalha com investimentos pessoais através da Bezos Expeditions, apoiando grandes empresas em diversas áreas. Também foi um dos primeiros acionistas a investir na gigante Google, em 1998.

Com uma carreira admirável, coleciona alguns títulos:

  • Harvard Business Review, o classificou como “CEO de melhor desempenho do mundo em 2014
  • Revista Time(1999) deu a ele o título de “Pessoa do Ano”
  • US News & World Report (2008) o classificou como um dos melhores líderes dos Estados Unidos
  • Possui doutorado honorário em Ciência e Tecnologia pela Universidade Carnegie Mellon
  • O The Economist, em 2011, deu a Bezos e Gregg Zehr um Prêmio de Inovação pelo Kindle da Amazon.
  • Em 2015 foi o primeiro da lista dos 50 grandes líderes do mundo, classificado pela revista Fortune

A Família de Bezos

A esposa MacKenzie Bezos, nasceu em São Francisco, Califórnia, em abril de 1970, a qual hoje é escritora e filantropa. Após conhecer Bezos, casaram-se em 1993, possuindo hoje 4 filhos, sendo 3 biológicos e uma adotiva.

Não há um bom relacionamento entre Jeff Bezos e seu pai biológico. Posto que Ted Jorgensen era um jovem de 19 anos quando se tornou pai do empresário.

Por ser um casal jovem e inexperiente, acabaram separando-se e Ted Jorgenson deixou a mãe de Jeff com o menino ainda pequeno. Por isso o empresário não tem boa convivência com seu pai biológico.

Por este motivo Jeff optou por adotar o sobrenome de seu padrasto, Mike Bezos. Como agradecimento, Jeff pediu ao padrasto e a mãe Jacklyn um investimento inicial de aproximadamente 240 mil dólares, e os tornou ricos.

O que comprar na Amazon?

A loja possui produtos distribuídos em16 categorias, divididas em departamentos por áreas de interesse, assim como nas lojas físicas:

  • Na seção dos livros você encontrará desde acadêmicos até literatura infantil, sendo estes podendo ser físicos ou e-books.
  • Em celulares e comunicação encontrará a maior variedade em celulares, tablets, smartphones e telefones fixos, bem como acessórios para os mesmos.
  • Na seção Eletrônicos Tv e áudio, irá encontrar Tvs, games e consoles, câmeras, drones e muito mais variedades.
  • Também encontrará Tudo em Computadores e Informática, como Notebooks, Desktops, PC Gaming, Monitores Tablets e até mesmo  peças e Componentes para PCs e Impressoras.
  • Poderá comprar roupas e acessórios de todos os tipos e tamanhos. Além de uma vasta gama de produtos para Pet.
  • Utensílios de cozinha e eletrodomésticos, artigos de beleza, para casa e ferramentas também são encontrados no site.
  • E ainda oferece serviços online como: Amazon Prime Video, que contém uma boa coleção de filmes para assistir online ou baixar. Assim como o Amazon Fire TV, com séries e jogos diversos.

Para ter acesso a todo esse conteúdo, basta acessar o site e digitar na busca aquilo que deseja, e logo será direcionado com rapidez e praticidade.

Amazon Kindle E-books

Os e-books surgiram como uma inovação na leitura. O sonho de ter a biblioteca gigante com inúmeros títulos e por um preço bem mais acessível se tornou realidade.

São livros no formato digital que não ocupam espaço físico e são muito práticos. Para quem não conhece, o Amazon Kndle e-book é um dispositivo portátil semelhante ao tablet, especializado em leitura de e-books.

A diferença entre o Kindle o e o tablet está na resolução e iluminação de tela do aparelho. Posto que o primeiro é feito para durar muito mais horas ligado e não prejudicar a visão, sendo o Kindle mais confortável para a leitura.

Também permite o armazenamento em nuvem, fazendo com que seu livro fique armazenado, e não precise ocupar a memória do aparelho.

A loja virtual dispõe de milhares títulos de livros em formato digital. Com o aparelho em mãos, é só acessar a plataforma e baixar os livros.

Para acessar o sistema é bem simples, basta criar uma conta no Amazon.com. Após obtê-la, registre seu Kindle na Amazon e terá acesso à loja Kindle.

Nesse sentido, podemos dizer que a Amazon é a pioneira dos e-books, e vem inovando a cada nova versão lançada.

Por que é uma loja segura para comprar ou vender online?

Devido ser uma grande loja com filiais online que atendem em diversos países, a Amazon possui alta segurança nas operações. Além disso, é credenciada e possui classificação e qualidade de uma loja física.

A vantagem oferecida pela loja online é poder comprar dentro do conforto de sua casa, sem enfrentar filas ou trânsito.

Quanto à segurança dos sites da internet, é avaliada pela satisfação de seus clientes. Ainda há países em que a loja sofre com o atraso em entregas, mas nada que prejudique a reputação da empresa.

Com mais de 24 anos no setor, a empresa continua inovando e procura resolver as situações adversas com os clientes. Portanto, é indiscutivelmente uma loja segura para se fazer compras online.

Isso torna a segurança a maior qualidade dos produtos e serviços prestados pela Amazon. Diferentemente dos sites de comércio livre como AliExpress, Mercado Livre e E-bay, a companhia investe constantemente na divisão.

Ou seja, a classificação dos vendedores é rigorosamente monitorada pela empresa. Assim, a Amazon não é uma rede de livre comércio, mas sim uma gigante loja virtual que procura seguir os padrões das lojas físicas.

Loja sem atendentes

Apesar de ser a maior em comércio online, Jeff Bezos resolveu apostar em lojas físicas também.

O objetivo era se aproximar dos clientes e mostrar a qualidade e diversidade de seus produtos. Assim, optou por comprar a rede de supermercados Whole Foods em 2017 e transformou na rede Amzon Go.

A Amazon Go é uma loja de conveniência localizada no centro de Seattle, que se destaca por não possui caixas e atendentes. Mas como funciona? É simples, ao chegar na loja, o cliente pega o que desejar e efetua o pagamento.

Para realizar o pagamento, cliente não depende de atendentes ou caixas. Ao invés disso, existe um aplicativo disponível para smartphones e tablets, que reconhece o consumidor e faz a cobrança do produto.

A tecnologia é capaz de reconhecer todos os clientes e monitorar suas ações no interior da loja, portanto não é possível furtar o produto.

De onde vêm os produtos vendidos na Amazon?

Entre a vastidão de produtos da Amazon, a empresa conta com uma linha própria que incluem:

  • produtos de utilidade diária como toalhas
  • acessórios para computadores e notebooks, celulares, entre outros aparelhos

Por se tratar de uma grande rede de comércio, há vendedores de diversas partes do mundo na plataforma.

São muitos departamentos e produtos. Assim, certamente encontrará desde marcas mais renomadas até mesmo as poucas difundidas no mercado.

Também existe um sistema de afilados para os associados que indicam clientes para a empresa. Com isso os afiliados ganham comissões pela indicação, além de obter descontos em produtos Amazon.

Scouts

Inovando a cada dia, a Amazon traz mais uma novidade tecnológica com o robô Scout. Com este pequeno robô, a empresa consegue realizar as entregas das encomendas.

Completamente autônomo e abastecido por um sistema elétrico, o robô promete entregar as encomendas dentro do prazo e com a qualidade desejada.

Os pequenos scouts ainda estão em fase de testes nos EUA, e assim que comprovada sua eficiência, poderão se espalhar pelo mundo todo.

Serviços Prime e Prime Air

Além do robô caminhando pelas ruas, a Amazon também implantou drones para realização das entregas à domicilio.

A primeira entrega via drone foi realizada em 2016, na Inglaterra. Com o teste tendo êxito, as pequenas aeronaves garantem aos clientes o recebimento de seus produtos em até 30 minutos.

Este serviço pretende agilizar o processo de entrega e garantir mais segurança ao cliente. Entretanto, existe um peso limite para usar o serviço, não podendo ultrapassar 2,2 kg.

Amazon Coin

Na onda da moeda virtual, não poderia deixar de existir uma Amazon Coin. A qual foi criada para ser utilizada em créditos para jogos online.

Atualmente os clientes podem comprar unidades da moeda por apenas US$0,01. Também é possível acumular unidades através de promoções e jogos no Kindle ou Android.

Amazon Brasil

No Brasil, as vendas online começaram em dezembro de 2012, sob o domínio Amazon.com.br. Como a loja deve seguir o mesmo padrão da loja americana, vendia-se apenas livros digitais.

Somente em 2014 a Amazon começou a vender livros físicos no Brasil, sendo possível encontrar mais variedades no site. Para comprar na Amazon.com.br é bem simples.

No ícone para login, há um espaço para novos cadastros. Então basta que você clique em se cadastrar com nome, e-mail e senha. Após, entre com o e-mail e senha cadastrados.

A plataforma é simples e muito semelhante a outras empresas brasileiras como Submarido e Walmart.

O que são as Subsidiárias Amazon?

Subsidiárias são empresas de diversos segmentos que fazem parte do Grupo Amazon. Desse modo, essas lojas devem fornecer produtos e serviços para os clientes da empresa, veja alguns exemplos:

  • Abebooks.com – Faz parte da Amazon.com desde 01 de agosto de 2008 e é responsável pelo comércio de livros usados, artigos de arte e  colecionáveis.
  • Audible – Pertence à rede desde 31 de janeiro de 2008 e é responsável pela produção e comercialização de audiobooks. Comercializa também versões em áudio de jornais e revistas.
  • ComiXology – subsidiária Amazon.com desde 2004, tem sede em Nova York e é responsável por um imenso acervo de quadrinhos e mangás em nuvem.
  • GoodReads- desde 28 de março de 2013, o site é uma espécie de rede social para leitores. Nele é possível interagir com um grupo de leitores e compartilhar experiências e dicas de leitura.
  • IMDb – É uma biblioteca que armazena informações sobre filmes, cinema, TV e entretenimento.

Clientes Fiéis

O segredo do sucesso está em manter a fidelidade dos seus clientes, com programas de fidelidade. Além disso, há o investimento constante em otimização da experiência de compra para o cliente.

O diferencial está em vender mantimentos e produtos populares para cuidados com a casa. Com isso, se atende o maior número de pessoas, lema da empresa, e por isso há grande diversidade de produtos e serviços.

Ações em alta no mercado financeiro

Ao final de 2018, a Amazon alcançou a marca de US$ 1 trilhão em valor de mercado, sendo a segunda a alcançar o feito. Posto que ficou atrás apenas da gigante Apple, que apesar do feito, tem 18 anos a mais que a Amazon.

As inovações tecnológicas e o investimento em lojas físicas fizeram com que a empresa tivesse crescimento exponencial. Além disso, a produção de conteúdo de entretenimento também corroborou para o resultado.

Como comprar dos EUA e receber no Brasil?

Muitos perguntam se é possível fazer compras diretamente dos EUA e receber aqui no Brasil. Logo, adiantamos que existe essa possibilidade, sendo necessário observar alguns detalhes:

  • Procure por itens que podem ser enviados para o Brasil. Para isso utilize o filtro de pesquisa com a opção “international shipping”.
  • As compras só podem ser feitas através de um cartão de crédito internacional, mas a boa notícia é que podem ser utilizados cartões pré-pagos ou gift cards.
  • Fique atento ao Imposto de Importação antecipado. Até porque, normalmente são acrescentados na hora da compra o equivalente a 100% do valor do produto.

Após passar pela alfândega, se o valor for menor, você receberá a diferença em seu cartão de crédito. Então faça o cálculo somando o valor dos impostos, antes de comprar.

  • Se quiser, pode também usar empresas de redirecionamento de encomenda como o Shipito ou o Qwintry. Estas são empresas responsáveis por enviar produtos sem taxas para o Brasil.
  • Procure pela frase “fulfilled by Amazon” (realizada pela Amazon). Isto significa que o envio ou quaisquer assuntos serão resolvidos pela própria empresa. Com isso poderá evitar grandes transtornos.

10 livros mais vendidos no site Amazon Brasil

Como os livros são o produto responsável pelo sucesso da empresa, vale citar os mais vendidos no site aqui no Brasil.

  • O primeiro livro mais vendido é “O Milagre da Manhã”, de Hal Elrod.
  • “A sutil arte de ligar o F*da-se: Uma estratégia inusitada para uma vida melhor”, de Mark Manson
  • “Do mil ao milhão sem cortar o cafezinho”, de Thiago Nigro
  • “O conto da Aia”, de Margaret Atwood.
  • “Os segredos da mente milionária” de T. Harv Eker
  • “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, de Dale Carnegie
  • “Mindset, a nova psicologia do sucesso”, de Carol S. Dweck
  • “Batman. Silêncio.”, De Jeph Loeb.
  • “Como as democracias morrem”, de Steven Levisky.
  • “O poder da ação”, de Paulo Vieira

10 séries famosas que estão no Amazon prime vídeo

No que diz respeito à distribuição de séries e filmes, não é uma plataforma tão conhecida como a Netflix. Entretanto, possui um preço mais acessível, que varia de R$ 7,90 nos 6 primeiros meses.

Após o período promocional, pode chegar até R$ 14,90. Logo, notamos que Prime Vídeos vem crescendo, e assim aprimorando seus serviços, adicionando grandes sucessos à sua rede.

Vale a pena listar dez grandes séries que estão na plataforma e talvez você não saiba:

  • Supernatural (2005 – 2019): com 14 temporadas, é a série mais longa da TV americana. Ainda em andamento, já alcançou a marca dos 300 episódios e em 2018 passou a fazer parte da grade da Amazon Prime.

As aventuras dos irmãos Winchester é uma das mais comentada nas redes sociais e coleciona fãs no mundo todo. Após sair do catálogo da concorrente Netflix, foi adicionada a Prime Video.

  • Grey’s Anatomy (2005 – 2019): A série ainda está em produção e não há indícios de ser cancelada. Também com muitos fãs, Grey’s Anatomy retrata a rotina dos médicos do Grey Sloan Memorial Hospital.
  • Two and a Half Man (2003 – 2005): As primeiras temporadas da série contam sobre a vida dos dois irmãos Charlie (Charlie Sheen) e Alan Harper (Jon Cryer), e seu filho, Jake Harper (Angus T. Jones).
  • The Walking Dead (2010 – 2019):  A série pós-apocalíptica faz muito sucesso no Brasil e no mundo. Além de possuir contexto dramático que narra a luta de sobreviventes de um apocalipse zumbi. No ano de 2019 a saída de Rick por problemas pessoais mudou o rumo da série, que tenta voltar ao sucesso que era nos outros anos.
  • The Big Bang Theory (2007 – 2019): esta série de comédia narra a história de cinco amigos que vivem em Pasadena. São eles: os físicos Sheldon Cooper e Leonard Hofstader, Penny, a jovem e bela vizinha, Howard Wolowitz e Rajesh Koothrappali.
  • Friends (1994 – 2004): uma das séries mais premiadas de todos os tempos, a comédia estadunidense apesar de ter sido cancelada, ainda possui fãs em todo o globo.

Com 10 anos de exibição, retratava a história dos famosos amigos Rachel Green (Jennifer Aniston), Ross Geller (David Schwimmer), Chandler Bing (Matthew Perry), Mônica Geller (Courteney Cox) e Phoebe Buffay (Lisa Kudrow).

  • Game of Thrones (2011 – 2019): Uma das séries mais famosas do mundo, o GOT está na plataforma, o que já justificaria a compra. Com a última temporada anunciada para este ano, a épica luta pelo Trono de Ferro dos sete reinos já conta com 8 temporadas.
  • Um maluco no Pedaço (1990 – 1996): A famosa série de Will Smith é muito famosa no Brasil e seus 148 episódios estão disponíveis na plataforma da Amazon.
  • The Vampire Diaries (2009 – 2017): A trama que conta a história de amor entre Helena Gilbert (Nina Dobrev) e Stefan Salvatory (Paul Wesley) faz um sucesso entre os jovens. Todas as 8 temporadas estão no catálogo da Amazon Prime Vídeo.
  • Smallville (2001- 2011): A saga do superboy Clarck Kent também faz parte do catálogo Prime Vide, com as 10 temporadas disponíveis.

10 dicas para levantar 10 mil reais em um mês

Guardar dinheiro não é fácil imagine ganhar isso em um mês! Há meios que você pode usar para que isso aconteça e nesse artigo você verá como.

Para conquista algo você precisa primeiramente plantar, esse não acontecer um passo inicial, você jamais saberá se realmente conseguiria.

Assim é para levantar 10 mil reais em um mês, você precisa do dia 1º ao dia 30 para que isso se realize, tão veja a seguir quais são as opções para buscar essa conquista.

10ª – Crie e venda Cursos Online

Se você for especialista em uma área ou gosta de ensinar, você pode montar um curso e disponibilizá-lo online.

Cursos online são uma boa pedida para quem quer ganhar dinheiro e você pode fazer isso a partir da sua casa.

Como começar? Bem, o primeiro passo é escolher um tema que você domine e a seguir o nicho que quer atender.

Agora, você tem de pesquisar muito para enriquecer o curso e também obter boas informações sobre o assunto que escolheu. Afinal, é essencial que seja um conteúdo que as pessoas estejam dispostas a pagar.

Monte o programa do curso e comece a gravar ou escrever. Se tiver como investir, pode contratar profissionais, mas se não, você pode usar uma câmera e o seu laptop para isso.

Escolha uma boa plataforma para hospedar o seu curso. Finalmente, o divulgue para conseguir alunos.

Fazendo tudo certinho, é garantido que ganhe dinheiro suficiente para colocar um sorriso no seu rosto. Algumas empresas faturam milhares de reais por dia com seus cursos, logo é uma excelente opção para levantar 10 mil reais.

9ª – Invista em Ações

Se já viu o filme O Lobo de Wall Street protagonizado por Leonardo DiCaprio, deve ter noção de que investir em ações pode ser lucrativo.

Então, não deve deixar de considerar esta opção para levantar os tão desejados 10 mil reais ao mês. Quando você compra uma ação, você se torna dono da parte da empresa que a vendeu, mesmo que for bem pequena.

Logo, você tem direito à parte dos lucros da empresa, correspondentes à ação comprada. Mas se a empresa der prejuízo, você perde o dinheiro que investiu.

Então, o ideal é que invista em empresas que lhe ofereçam estabilidade e quando o seu preço estiver barato. Assim você saberá que seu dinheiro está seguro.

Você pode procurar corretoras com taxa zero e que lhe darão todo o suporte de investimento. Mas que se lucre 10 mil, você precisará investir um bom valor em uma ação que esteja rentável no mês.

8ª – Seja Blogueiro

É possível viver ganhar 10 mil reais em um mês se você possui um bom canal de comunicação. Personalidades como Neil Patel e Henrique de Carvalho, podem atestar isso.

Certamente que não é fácil. Antes, durante e depois da criação do blog, precisa levar em conta os seguintes estes fatores:

  • Escolha o tema do seu blog
  • Faça um plano de negócios e estabeleça uma meta
  • Planeie o conteúdo a ser publicado
  • Crie o blog e depois, contas nas redes sociais
  • Invista também em e-mail marketing para turbinar o seu blog
  • E por fim, mensure sempre os resultados.

Tudo isso fará com que o seu blog fique com excelentes acessos, mas como é que você fará com que ganhe dinheiro?

Você pode ganhar dinheiro com blog através do google Adwords ou ao divulgar uma marca. Vender produtos Infoprodutos, oferecer conteúdo exclusivo para assinantes ou escrever artigos patrocinados.

Os resultados não são imediatos. Exige tempo, esforço e dedicação para atingir uma boa renda mensal, mas paciência, você chegará lá.

7ª – Venda Produtos Importados

Outra opção que trazemos para você é a venda de produtos importados. Você deve considerá-la porque além de serem mais baratos estão com a fama alta.

E agora você pode comprar também produtos na China com frete grátis! No entanto, antes de começar, você tem de:

  • Planejar com cuidado
  • Preparar-se para pagar as taxas alfandegárias
  • Verificar a autenticidade dos produtos. Não vá comprar uma cópia barata
  • Verifique se há mercado para o que seja vender

E agora o que vender? Você pode optar em vender vários produtos como: perfumes, roupas, eletrônicos, cosméticos e rapidamente levantar 10 mil reais em um mês.

6ª – Venda por Catálogo

Ser revendedor de marcas como Avon ou Natura, pode ser a oportunidade que procura para ganhar rapidamente.

Para começar, você precisa investigar na sua área e ver o que mais as pessoas precisam e como os produtos vão suprir essa procura.

Veja se há muitos revendedores na sua região. Se houver, o ideal é procurar outra empresa ou produto, porque assim, os lucros já não serão tão altos.

No entanto, é necessário que junte dinheiro para pagar por um mostruário e para adquirir os produtos. Há muitas representações comerciais que geram lucro acima de 20 mil reais por mês.

5ª – Trabalhe com Franquia

Se quer garantir uma boa renda no final do mês que atinja ou passe a marca dos 10 mil reais, devia pensar em trabalhar como franqueado.

Mas tem de estar preparado para desembolsar uma boa quantia como investimento inicial. Isso quer dizer que você vai investir no mínimo entre 50 a 100 mil reais para trabalhar com uma marca que já vem com a receita do sucesso prontinha para ser usada.

Se fizer tudo direitinho, pode sacar não apenas 10, mas até 50 mil reais no mínimo de lucro e, em cerca de 2 ou 3 anos, recuperar o investimento.

4ª Dica: Seja afiliado Hotmart

Como afiliado da Hotmart, você vai ganhar comissões pela venda de um produto de terceiros.

A Hotmart disponibiliza um link único do produto que escolher, e você terá de promovê-lo para ter mais chances de encontrar alguém que se interesse por ele.

Para que consiga atingir a cifra de 10 mil reais por mês, a boa notícia é que não precisa de um investimento muito alto.

É só arrumar bons materiais de divulgação online e caprichar nas técnicas de marketing que os milhares de reais vão entrar na sua conta bancária.

3ª – Seja Youtuber

Para falar de Youtuber, provavelmente duas personalidades bem famosas neste meio aparecem na sua mente: Whinderson Nunes e Felipe Neto.

Eles conseguiram fazer fortuna com a plataforma e você também pode criar um canal e divulgar suas ideias.

O Youtube paga entre 0,80 centavos e 15 reais a cada 1.000 visualizações. Isso quer dizer que o seu canal precisa apresentar vídeos virais para que ganhe dinheiro significativo com a plataforma.

Rodar anúncios nos vídeos é uma boa maneira de aumentar o cachê, contudo não esqueça que as pessoas têm de vê-los. Do contrário, nada feito.

Porém, há mais algumas coisas que você precisa saber antes de se aventurar pelo mundo do Youtube:

  • É necessário que tenha no mínimo mil pessoas inscritas no seu canal
  • Você tem de ter 4 mil horas de conteúdo assistido lá no canal
  • Leia os termos de utilização da plataforma
  • Consiga bom engajamento para o seu canal no Youtube

Com a câmera do celular você pode começar a produzir os seus vídeos e quem sabe ser a próxima sensação da internet!

2ª – Tenha uma Loja Virtual

Tem algum produto para vender? Então, você pode fazer isso a partir de uma loja virtual. Sugerimos que procure serviços como o da Loja Integrada.

Nela você vai criar uma loja virtual sem custo e pode vender nela até 50 produtos.  E para que junte dinheiro suficiente para atingir o seu objetivo no final do mês, você tem de planejar, escolher um nicho atraente e vender muito.

1ª – Seja Coach

Hoje parece que todo o mundo quer ser Coach, ou seja, a pessoa que ajuda outras a melhorarem o seu desempenho e a sua vida, através de sessões de coaching.

As empresas que investem em sessões de coaching para os funcionários, também observam um aumento no desempenho deles e até na satisfação.

Essas sessões que podem durar entre 40 a 60 minutos, têm um custo avaliado entre 1000 a 2500 reais para cada uma delas!

Tudo vai depender da área que você escolher para atuar. No entanto, vale lembrar que você terá de investir um bom dinheiro para conseguir as certificações. Então, se quiser trabalhar com coaching, junte dinheiro desde já.

Como vender pelo Whatsapp todos os dias?

O Whatsapp é um aplicativo de mensagens automáticas e chamadas de voz e vídeo. Os usuários podem enviar imagens, vídeos e documentos tendo apenas ligação à internet.

Cerca de 70% da população brasileira possui um smartphone com o aplicativo Whatsapp instalado. E se eu lhe disser que é possível vender pelo Whatsapp? Poder abordar um cliente pelo aplicativo, acompanhar a sua venda e também a sua concretização?

O Whatsapp tornou-se uma ferramenta de vendas poderosa no Brasil pelo facto de possuir mais de 100 milhões de usuários. Além disso, é uma ferramenta gratuita que qualquer pessoa com acesso à internet pode usar.

Ao longo do artigo vamos falar de dicas para quem quer começar a vender pelo Whatsapp. Além disso falaremos dos cuidados a ter quando se querer fazer uma venda e também algumas limitações do aplicativo.

Dicas para vender pelo WhatsApp

Além de ser um aplicativo com muitas funcionalidades, o Whatsapp pode também servir como ferramenta de divulgação e venda dos seus produtos.

Existem uma série de dicas para quem quer usar o Whatsapp como ferramenta de vendas. Se ainda não utiliza o Whatsapp eu sugiro que faça o download do aplicativo e tire proveito de tudo o que ele oferece.

Para começar é necessário que utilize listas de transmissão em vez de grupos. Porquê listas de transmissão? Nas listas de transmissão você pode enviar a mesma mensagem para um determinado número de pessoas de forma individual.

No entanto, para conseguir enviar essas mensagens, é necessário que o potencial cliente tenha o seu número guardado.

Para isso basta que você divulgue o seu número para os clientes e consiga com que eles o salvem. Vale lembrar que só deve mandar mensagens com a autorização dos clientes.

Com a divulgação do seu número em todos os perfis das suas redes sociais, pode oferecer promoções e descontos dos seus produtos.

Isso faz com que o interesse do cliente em entrar em contato seja maior e consiga a sua autorização para guardar o seu número.

Para vender pelo Whatsapp é necessário também que o vendedor saiba educar, informar o seu produto e demonstrar a sua autenticidade.

Para isso, o vendedor pode enviar mensagens de texto, áudio, imagem, vídeo e até emoticons, sem ser evasivo, a fim de persuadir o cliente a comprar.

A fim de facilitar o envio de mensagens e a administração das listas de transmissão, o vendedor pode usar também o Whatsapp Web.

Para usar basta acessar o Whatsapp pelo seu computador. Além disso, pode utilizar os status do Whatsapp para mostrar novos produtos e lançar promoções.

Ao vender pelo Whatsapp é necessário conhecer as necessidades dos clientes a fim de provocar uma reflexão ou dividir alguma dica relativa ao produto a ser vendido.

Normalmente as pessoas abrem o seu Whatsapp de 70 a 150 vezes por dia. Além disso, a percentagem de mensagens abertas no Whatsapp é de 98% o que garante que há uma grande hipótese da sua mensagem ser lida.

Abordagem, estrutura e paciência

Apesar do WhatsApp não possuir uma ferramenta para criação de anúncios existem uma série de estratégias usadas para que consiga chamar a atenção de potenciais clientes.

Uma das estratégias é criar uma proximidade com o cliente a fim de conseguir a sua confiança.

No entanto, para vender pelo Whatsapp, é necessário que planeje bem a sua abordagem.

Isto consiste em moderar o conteúdo que envia para não invadir o espaço pessoal do potencial cliente.

Também deve planear a estrutura das suas mensagens a fim de gerar uma conexão com o cliente que provoque nele o desejo de querer e saber mais acerca do produto divulgado.

Existem ainda técnicas de persuasão que devem ser usadas quando se vende pelo Whatsapp. Esses gatilhos mentais consistem em mexer com os instintos sociais e emocionais do cliente.

Um deles é o gatilho da escassez e da urgência em que as pessoas não querem deixar de ter determinado produto por este ser limitado.

Além disso as pessoas não querem que as outras comprem produtos no lugar delas.

Pode também recorrer ao gatilho da prova social que consiste em mostrar aos clientes outras pessoas usando o produto, os seus depoimentos e avaliações feitas pelos clientes.

Além disso tem o gatilho da garantia em que o vendedor oferece algo a mais na compra do produto ou devolve o dinheiro no caso de ficar insatisfeito.

Tem também o gatilho da autoridade em que o vendedor se posiciona como autoridade do seu segmento.

Para todas as dicas funcionarem é necessário que divulgue o seu Whatsapp diariamente a fim de conseguir mais clientes.

Também seria importante se conseguisse um chip diferente para diferenciar os seus contatos pessoais dos seus contatos profissionais.

Uma última dica para vender pelo Whatsapp é, na verdade, usar o Whatsapp Business. Neste aplicativo existem ferramentas que não estão presentes no outro. Uma dessas ferramentas é já possuir técnicas de vendas.

Também está incluído nas suas ferramentas as mensagens de saudação. Estas mensagens são enviadas automaticamente logo que o cliente entra em contato evitando o mesmo ficar minutos ou até horas à espera de uma resposta.

Cuidados ao fazer vendas pelo Whatsapp

Ao vender pelo WhatsApp é também necessário ter uma série de cuidados para as suas mensagens não serem reconhecidas como spam e até mesmo ignoradas pelo cliente. Alguns desses cuidados são:

  • Ter cuidado com a linguagem e o horário em que vai contatar o cliente. Esse cuidado é sempre essencial pois não quer perder um cliente por usar linguagem inapropriada
  • Ter autorização dos clientes para salvar o seu contato. É necessário que haja essa autorização pois na hora de criar listas de transmissão é necessário que o vendedor e o cliente tenham o número um do outro salvo nos seus contatos
  • Mandar informações apenas do interesse do cliente. Se já tem um potencial cliente para um determinado produto é essencial não o perder. Se enviar informações de produtos que não sejam do interesse do cliente ele não vai mais querer contatar o vendedor
  • Não ignorar o feedback nem as dúvidas do cliente. Sempre que vender um produto pelo Whatsapp, é essencial ler o feedback das pessoas para saber no que melhorar. Também é importante sempre responder às dúvidas do cliente a fim de continuar o interesse por determinado produto
  • Não mandar muitas mensagens. Ao fazer uma lista de transmissão e enviar mensagens tenha em atenção o cliente. Muitas mensagens podem deixar o cliente desinteressado e o vendedor pode acabar por ser bloqueado
  • Não criar grupos aleatórios. Se existem uma série de potenciais clientes para um produto não adicione esses clientes num grupo já existente. Crie grupos com clientes que têm interesse no mesmo produto

Limitações do WhatsApp

Apesar de ser uma boa ferramenta para fazer vendas e divulgar os seus produtos, o Whatsapp tem uma série de limitações que não se podem controlar. Algumas dessas limitações são que:

  • O vendedor não consegue controlar o engajamento. Mesmo isso acontecendo, é importante que o vendedor crie engajamento através de áudios, vídeos, textos e divulgação nas suas redes sociais
  • A alcance das mensagens não é maior mesmo investindo. No entanto pode criar campanhas em que envie mensagens persuasivas nas suas listas de transmissão a fim de conseguir vender o seu produto
  • Não existe um motor de busca onde procurar por grupos que tenham potenciais clientes para o seu produto. A única coisa a fazer é divulgar o seu produto e esperar que potenciais clientes apareçam

Apesar de todas essas limitações, é possível sim vender pelo Whatsapp. Basta saber divulgar o seu produto e comunicar com os clientes. Demonstrar interesse pelo cliente e os seus desejos é o primeiro passo para uma venda de sucesso.

Como ganhar dinheiro com imóveis

Saiba ganhar dinheiro com imóveis alugando ou vendendo eles, basta realizar um planejamento adequado a suas expectativas. Veja a seguir algumas informações!

Muitas pessoas possuem imóveis, tais como casas ou apartamento mas não sabem como ganhar dinheiro com imóveis.

E podem utilizar esses bens para ganhar um dinheiro através do aluguel ou pela venda do item que gerará um dinheiro que poderá ser aplicado em algum outro investimento mais rentável.

Seja uma casa, apartamento, ou outro tipo de imóvel, o importante é saber realmente o que se pretende fazer com ele e verificar a melhor maneira para ganhar dinheiro com imóveis.

O ideal é escolher a melhor opção que traga mais lucro ao seu proprietário.

Alugar uma casa é uma boa maneira de se ganhar dinheiro com imóveis?

Cada proprietário deve realizar um planejamento adequado visando estabelecer o que ele pretende com essa ação. No caso seria ganhar dinheiro com seus imóveis.

O aluguel de uma casa é uma forma de conseguir um bom dinheiro apenas permitindo que pessoas possam morar dentro desse imóvel.

Todo investimento que é feito nessa residência deve proporcionar ao Locatário, ou seja, ao inquilino, meios para que ele possa morar adequadamente e com segurança no local proposto.

Para isso é necessário montar toda uma estrutura correta que possa atender as pessoas com qualidade.

Nem todo mundo consegue adquirir a sua casa própria tão facilmente. Por diversos motivos algumas pessoas optam por alugar uma casa ou apartamento.

Para que possam morar por um determinado período de tempo, até que sua situação financeira possa lhe permitir adquirir um imóvel.

Nisso o Locador, que é o dono que permite o aluguel do seu imóvel proporciona essa oportunidade as pessoas que desejam habitar nesse local “emprestado” pelo dono da casa.

O que cabe ao locatário é justamente efetuar o pagamento mensal proposto e acordado por ambas as partes.

Esse pagamento que é efetuado para o dono do imóvel é o que gera o lucro que o locador pretende quando coloca seu bem material para ser alugado. Cabe ao inquilino respeitar as regras e zelar pelo bem do imóvel.

Essa é uma das formas mais comuns de se obter uma renda extra, ou até mesmo de ganhar um bom dinheiro. Ganhar dinheiro com imóveis não é difícil, basta ter um bom planejamento.

Ganhar dinheiro com Imóveis em apartamentos

Muita gente sonha em adquirir o seu próprio apartamento, seja para morar sozinho, seja para morar com sua família.

Porém é um imóvel muito caro e muitas vezes leva anos para a pessoa poder efetuar a compra desse bem. Por esse motivo algumas pessoas optam pelo aluguel do mesmo.

E as possibilidades que os locadores encontram são muitas, já que eles podem alugar o apartamento para uma família, para estudantes, entre outras possibilidades.

E assim a tarefa de ganhar dinheiro com imóveis acaba realmente sendo possível, basta a dedicação do dono do negócio.

Ele deverá zelar pelo imóvel fazendo com que tudo esteja de acordo para que sirva como moradia das pessoas que pretendem alugá-lo.

Para isso é necessário que ambas as partes façam corretamente o que foi combinado, ou seja, o dono garante um bom local e o inquilino realiza o pagamento.

É importante também escolher corretamente as pessoas que serão os locatários do imóvel e notar se o mesmo pretende cuidar do imóvel corretamente e fará os pagamentos com pontualidade.

É uma forma de ganhar dinheiro que se for bem planejada poderá gerar muitos lucros ao proprietário.

Pois locais mais valorizados tendem a ter uma grande disputa e com isso o aluguel será maior. Dependerá de como é esse apartamento e da sua apresentação ao cliente.

Outros tipos de Aluguéis para Imóveis

Para ganhar dinheiro com imóveis basta ter a ideia certa no momento certo, além de um grande planejamento.

Com isso algumas pessoas passam a locar seus imóveis para festas, eventos, fins comerciais (Empresas), entre outros. O objetivo é alugar por algumas horas e ganhar dinheiro com isso.

Esses eventos temporários como festas, por exemplo, ocorrem em algum período de tempo onde o dono do imóvel permite com que a pessoa use o espaço pelo tempo que foi combinado por ambas as partes.

Com isso ocorre uma dinâmica já que cada evento ocorre com pessoas diferentes.

Essa forma de ganhar dinheiro é uma das melhores, pois se o local for agradável e prestar um bom atendimento as chances de que suas vagas sejam disputadas são muito altas e isso gerará um bom rendimento. Além de que sempre há pessoas que precisam desses locais para diversos fins.

O leque de possibilidades é muito amplo e cabe ao proprietário decidir para qual tipo de negócio ele pretende fazer esse aluguel do local.

Mediante a isso basta zelar pelo espaço e prestar o suporte para as pessoas que fizeram esse aluguel.

Por fim vale lembrar dos espaços locados para empresas ou para fins comerciais, o que é muito rentável, já que o aluguel é pago todo o mês pelo locatário.

Isso faz com que o dono do imóvel possa ter uma renda extra que entrará todo o mês na sua conta.

Ganhar dinheiro com a venda de imóveis

Já citamos acima a possibilidade do aluguel de casas, apartamentos e para outros fins comerciais.

Porém há uma outra maneira muito comum que é utilizada e que poderá fazer com que seus donos passem a ganhar dinheiro com imóveis e não podemos esquecer dela.

A Venda de imóveis nada mais é do que se desfazer do imóvel recebendo o valor dele em dinheiro.

Cabe ao proprietário escolher o comprador e verificar se as opções propostas foram bem entendidas por ambas as partes. Para isso é necessário o contrato e os documentos exigidos.

Esse dinheiro adquirido pela venda poderá ser utilizado para a compra de outros bens, de ações, investimentos, ou para outros fins que a pessoa achar necessário.

Seja uma casa ou um apartamento, o que importa é que o dono saiba exatamente o melhor momento para vender o imóvel.

Quando esse imóvel se valoriza o valor dele aumentará e essa é uma boa hora para vendê-lo.

Os ganhos serão maiores se além da valorização ele possuir algo que chame a atenção do comprador, um bom exemplo são os locais com fácil acesso ou até mesmo pontos turísticos.

O proprietário nunca sai perdendo por possuir um imóvel, pois ele sempre terá um bem que poderá ser alugado ou vendido e que poderá se valorizar com o passar do tempo.

E melhor ainda se a pessoa possuir diversos imóveis, pois aí os lucros serão maiores ainda.

Ganhar dinheiro como corretor de imóveis

Algumas pessoas que pretendem ganhar dinheiro com imóveis acabam se tornando corretores.

Essa função consiste em fazer a mediação da venda de imóveis e deve prestar todas as informações necessárias ao possível comprador.

Além de ser muito lucrativo, esse cargo é muito concorrido e a pessoa deve se capacitar e elaborar um bom planejamento de marketing que possa fazer com que ela se destaque.

A cartela de clientes que o corretor for adquirindo é muito importante para seu sucesso e o ajudará nas vendas.

É uma das maneiras de se ganhar dinheiro com imóveis e flexibilizar o seu próprio horário de trabalho.

A possibilidade de conseguir uma carreira sólida e de obter ganhos significativos são uma boa opção para quem pretende ingressar nessa área.

Então é possível ganhar dinheiro com imóveis?

Com certeza, até mesmo pela quantidade de opções que a pessoa terá no momento em que é dona de um imóvel.

Seja alugando ou vendendo o dinheiro sempre virá para o proprietário e isso já garante uma renda extra para ele.

Lembrando que quanto mais imóveis maiores são as possibilidades de ganho, pois ele poderá alugar uma casa por exemplo e vender.

O que vale é o famoso planejamento, ou seja, colocar no papel qual o lucro, quais as vantagens e desvantagens e por fim optar pela melhor opção.

10 coisas que você não sabe sobre a família Trump

Os Trumps também possuem seus mistérios. Este artigo revelará os 10 fatos mais curiosos sobre a família do atual presidente norte americano.

Donald Trump, o patriarca da família, atualmente ocupa o lugar de mais destaque no mundo, a cadeira de presidente dos EUA.

Como pessoa pública, Donald John Trump coleciona fatos curiosos envolvendo sua carreira e família. Este artigo mostrará 10 fatos importantes que você precisa saber sobre a famosa família Trump.

10ª – A família Trump é numerosa

Casado três vezes, Donald Trump tem 5 filhos. Com a primeira esposa, Ivana Trump,  foi casado por 15 anos e teve os filhos Donald Trump Jr., Ivanka Trump e Eric Trump.

Com a segunda esposa, Marla Maples, o empresário teve um casamento de 6 anos e uma filha, Tiffany Ariana Trump.

A terceira e atual esposa, primeira dama dos Estados Unidos, Melania Knauss-Trump, é ex modelo e de origem eslovena. Juntos desde 2005,  o casal tem apenas um filho chamado Barron Trump.

Ser pai de 5 filhos com 3 mães diferentes não é tarefa fácil nem para o presidente dos Estados Unidos, que muitas vezes vê sua família ser alvo da mídia.

9ª – A família Trump já teve negócios que faliram

Nem tudo são flores nem para uma das famílias mais ricas do mundo. Eles também tiveram seus anos de “vacas magras”. 1991 e 1992 foram dois anos difíceis para a família Trump.

Em 1991 o Trump Taj Mahal Casino Resort, deixou a família com um déficit de US$ 3 bilhões.

Em consequência do mau negócio, também acumularam aproximadamente US$ 900 milhões em dívidas pessoais.

Para reparar o prejuízo Trump precisou vender seus bens mais caros, um iate pessoal e uma companhia de aviação.

A segunda falência em 1992 gerou um prejuízo de US$ 550 milhões.  O Plaza Hotel de Nova York que somente acumulava dívidas na época foi vendido pelo empresário.

8ª – Trump já foi eleito o pior ator coadjuvante

Como não se pode ser bem sucedido em todas as áreas. Mesmo sendo admirado e dono de uma das maiores fortunas do mundo, Donald Trump teve seus momentos de “mico”.

Em 1989 fez uma pequena atuação na comédia “Os Fantasmas Não Transam” que tinha um enredo sobre fantasia e crime.

A produção dirigida por John Derek, estrelado por Bo Derek e Anthony Quinn foi alvo de muitas críticas.

Essa participação deu a Trump o prêmio “Framboesa de Ouro”, na categoria “Pior Ator Coadjuvante”. E posteriormente ainda uma indicação ao prêmio de “Pior Nova Estrela”.

Testando novos talentos, Trump percebeu que era melhor retornar ao seu amado ramo empresarial, no qual se destaca. Nesta área jamais levará “uma framboesa” como recompensa.

7ª – O avô de Donald Trump foi expulso da Alemanha

Friedrich Trump , imigrou da Alemanha para os Estados Unidos em 1885 e deixou de se apresentar ao serviço militar. Devido ao sistema bem rígido do governo alemão, o avô do atual presidente dos EUA acabou sendo expulso da Alemanha.

Iniciou seus empreendimentos no Alasca, fornecendo alimento aos mineiros que lá trabalhavam. Como recebia seus pagamentos em ouro, ajudava a família e guardava dinheiro para investimentos futuros.

O avô de Trump começou sua carreira de empreendedor no ramo imobiliário, o qual também se destaca Donald Trump atualmente.

6ª – A fortuna da família vem da construção civil

Atualmente se destacam com os famosos hotéis luxuosos espalhados pelo mundo. A origem da fortuna atual da família Trump foi com Fred Trump, o pai de Donald Trump.

Impulsionado pelo avô que já tinha certo sucesso na área. Fred começou sua carreira empresarial prestando serviços na área de construção civil.

Construindo grandes empreendimentos para o setor público em Nova York, acumulou fortunas e experiência que passou para seu filho.

Isso deu a Trump a oportunidade de se tornar um dos empresários mais bem sucedidos do mundo.

Para construir o grande império, inicialmente Donald Trump fez um empréstimo de seu pai. E com grande jogo de cintura, mesmo tendo empreendimentos que faliram, conseguiu ter sucesso como empresário.

5ª – Trump possui mais de 10 milhões de seguidores no instagram

O atual presidente dos EUA, Donald Trump, ocupa o quarto lugar no ranking mundial entre líderes que possuem mais seguidores no Instagram.

Sendo o 45º presidente norte-americano, Trump tem mais de 10 milhões de seguidores em suas publicações com vídeos de eventos.

Se contar outras redes sociais, o patriarca da Família Trump acumula mais de 70 milhões de seguidores.

São muitos seguidores, muitas críticas e elogios recebidos diariamente. Mas em uma coisa todos concordam, a família ama dinheiro e sabe como consegui-lo.

Possuem muitas posses e investem em vários ramos empresariais. Se destacando pelos hotéis luxuosos.

4ª – A Família Trump possui 14 luxuosos hotéis espalhados pelo mundo

O Trump International Hotel and Tower New York, localizado bem em frente ao Central Park.

É o único na cidade que possui a classificação 5 estrelas e 5 diamantes. Uma classificação dada apenas para hotéis de luxo de alto escalão.

Possui 176 suítes com lustres de cristal e móveis folheados a ouro. E para se hospedar nele precisa desembolsar uns milhares de dólares.

O Soho, também localizado em Nova York, que segue a mesma linha do anterior, mais voltado para o público que gosta de eventos noturnos.

Em Chicago, é o local do prédio de concreto mais alto do mundo, o famoso Trump International Hotel & Tower que tem apartamentos super modernos e aconchegantes.

Em Miami, EUA, Trump possui um resort com 4 campos profissionais de golfe, para os magnatas que apreciam o esporte poder praticá-lo tranquilamente.

Washington DC abriga o mais belo e luxuoso hotel da rede Trump. Com aparência de castelos clássicos, não dispensa as regalias presentes nos outros hotéis mais modernos.

Trump International Hotel Las Vegas é outro empreendimento luxuoso e com classificação 5 estrelas que pertence à família Trump.

Charlosttesville, nos Estados Unidos abriga a Trump Winery, que mais se assemelha a uma grande mansão e possui como atração principal os bons vinhos.

Também há filiais dos hotéis No Havaí, Cidade do Panamá, Vancouver e Toronto (Canadá), Doobeg – Irlanda, Aberdeen Escócia.

Também há um hotel Trump no Brasil, No Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca em frente ao Mar.  

3ª – Donald Trump é o presidente mais rico da história dos EUA

Ocupando 156º lugar na lista de bilionários do país, e o 487º do mundo, quando foi eleito presidente. Segundo a revista Forbes levou também o título de presidente mais rico da história dos EUA.

Na época em que foi eleito tinha uma fortuna avaliada em U$$ 3,7 bilhões. Estava à frente do grande empresário Lyndon B. Johnson que também acumulava um grande patrimônio quando venceu as eleições presidenciais.

2ª – Trump é dono da empresa organizadora do Miss Universo

Muitos assistem todos os anos ao maior concurso de beleza do mundo e não sabem quem é responsável por este evento.

Um concurso que reúne as mais belas e inteligentes mulheres de muitas nações.

O objetivo do “Miss Universo” é escolher dentre as melhores, a mais bela, inteligente e dinâmica de muitas. A vencedora leva uma coroa e muitas responsabilidades sociais pelo mundo.

Apesar das críticas, em 1996, o empresário Donald Trump acabou adquirindo 100% das ações da empresa responsável por este evento mundial.

1ª Donald Trump tem o nome na calçada da fama

A conhecida calçada da fama, em Los Angeles, EUA. É dedicada a homenagem de pessoas famososas que se destacam no cinema, rádio, tv, performace ao vivo ou música.

Essas celebridades famosas recebem uma estrela na calçada com seu nome gravado. Após apresentar o reality show “The Appretice”, Trump ganhou sua estrela na calçada mais famosa do mundo.

Seu nome foi gravado na calçada da fama em janeiro de 2007, mas já foi alvo de vandalismo.Uma pessoa destruiu a estrela com o nome de Trump, mas já foi reconstruída. Afinal, ele faz parte da história da tv americana e merece sua estrela especial.

10 pessoas que ficaram ricas com ideias bizarras

A todo momento alguém está criando ou inventando algo, mas algumas pessoas conseguem transformar ideias bizarras em dinheiro! Veja algumas dessas histórias!

Muitas ideias bizarras simplesmente surgem na cabeça das pessoas e as tornam ricas da noite para o dia. Muitas vezes coisas que parecem que não vão gerar lucro, acabam fazendo seus inventores se tornarem ricos.

Empreendedores são pessoas que buscam uma solução para a resolução de um problema ou pretendem realizar algo que possa ajudar o mundo a se tornar um lugar melhor.

Nisso ao longo do tempo, surgem diversas invenções que pareciam que não funcionariam, mas que deram muito certo, veja nesse artigo ideias bizarras que deram certo.

O site de 1 milhão de dólares

Em 2005 Alex Tew criou uma página de Internet visando arrecadar dinheiro para pagar a sua faculdade.

O Site se chamava The Million Dollar Homepage (O site de 1 milhão de dólares) e o objetivo era vender todos os pixels que compunham o site. Ao todo eram 1 milhão de pixels a serem vendidos.

O custo de cada pixel era de apenas US$ 1,00 e o objetivo era que o Page-Rank do site aumentasse a medida que os anunciantes fossem comprando o espaço do site.

E a iniciativa deu certo, as pessoas e as empresas começaram a comprar os pixels e o espaço começou a ser mais disputado.

Mediante a isso Alex começou a vender os últimos blocos que sobraram no site de leilões ebay e o valor chegou a US$ 38,8 mil, sendo um valor muito mais alto do que era inicialmente.

Atualmente alguns desses links não funcionam mais, porém o site ainda existe.

E no meio de tantas ideias bizarras que surgem no mundo todo, essa acabou sendo uma das mais incríveis, já que deixou seu idealizador milionário. Um simples site se tornou um fenômeno e conseguiu atrair clientes, gerando muito lucro ao seu proprietário.

Pedras de estimação ricas em fofura

Muitas pessoas gostam de ter um animalzinho de estimação, os cachorros e os gatos são os mais comuns. Porém é preciso muita dedicação e cuidado com os animais e isso requer tempo e dinheiro.

Mediante a isso Gary Dahl, após ouvir as reclamações das pessoas que diziam que seus animais de estimação davam muito trabalho, teve uma ideia que resultaria no pet perfeito para seus donos. Nisso surgiu a Pet Rock, ou seja, uma pedra de estimação.

Essa pedra vinha em uma caixa de papelão, tinha uma espécie de ninho e vinha com um manual de instruções para ensinar o dono a cuidar corretamente do seu pet.

O Empreendimento deu certo e foi um sucesso durante alguns meses, porém as vendas começaram a cair em fevereiro de 1976.

O Custo do trabalho era quase nulo, apenas as caixas de papelão custavam um pouco mais, já que a pedra era adquirida em armazéns de materiais de construção.

E nessa brincadeira Gary se tornou milionário, pois mais de 1,5 milhões de mascotes forem vendidos.

Essa ideia fez com que ele entrasse no hall das pessoas ricas de uma forma criativa, pois era difícil de imaginar que essa ideia funcionaria.

Ideias Bizarras: imóvel virtual

A Professora Chinesa Ailin Graef conseguiu obter 1 milhão através da venda de um imóvel construído no jogo Second Life. Ela é considerada a primeira pessoa a conseguir obter um patrimônio líquido de 1 milhão em um jogo virtual.

Tudo isso porque ela adquiriu um imóvel virtual feito em pixels e iria consertá-lo para depois vendê-lo no jogo. Em 2006 um comprador comprou o imóvel deixando ela milionária.

Hoje ele possui uma empresa que possui diversos funcionários que trabalham como agentes imobiliários virtuais, dando continuidade ao que ela fazia no jogo Second Life.

Miracle Mop: limpeza com facilidade

Uma Inventora dos Estados Unidos chamada Joy Mangano teve a ideia de criar um esfregão de plástico que torce sem o contato com as mãos da pessoa.

E tem um loop contínuo com 90 metros de algodão que é super absorvente, facilitando a vida das donas de casa.

Apesar de ter vendido poucas unidades inicialmente o Miracle Mop se tornou um sucesso fazendo com que Joy entrasse na lista das pessoas ricas.

A sua empresa Ingenious Design vendia US$ 10 milhões desse produto por ano. Em 2010 ela foi considerada uma das 10 mulheres mais criativas nos negócios.

Óculos para Cães

Em meio a tantas ideias bizarras temos uma que devido a sua utilidade acabou se tornando realmente uma grande invenção.

Os Doggles são óculos que foram desenvolvidos para cachorros, eles se adéquam ao formato da cabeça do animal e o protegem dos raios do sol.

Seu criador foi Roni Di Lullo, que ao ver que seu cão tinha sensibilidade a luz do sol, resolveu criar um óculos para que ele pudesse proteger os olhos do seu animal de estimação.

Nisso nasceu a Doggles Company em Diamond Springs na Califórnia.

Embora seja uma das ideias bizarras que tinham tudo para dar errado, o resultado foi o contrário e Roni se tornou rico.

Um Sorriso Milionário

O criador do famoso Smiley foi Harvey Ball, que trabalhou em uma empresa onde ele atuava como freelancer, e então projetou em 1963 o Sorriso que hoje é conhecido mundialmente.

Em apenas 10 minutos ele fez o desenho que foi usado na campanha da amizade da empresa.

Harvey decidiu não patentear o Smiley mesmo após o sucesso que o desenho obteve.

Nisso os Irmãos Bernard e Murray criaram produtos com a frase “Tenha um Bom Dia” e uniram ao smiley.

Com isso eles se tornaram pessoas ricas aproveitando a ideia inicial com um pouco de criatividade.

A Mola Divertida

Richard James era um engenheiro naval e inventor, ele estava trabalhando quando derrubou uma das molas de tensão no chão e percebeu que ela continuava a se movimentar.

Nisso nasceu a ideia de construir um brinquedo que fosse exatamente igual a mola e que pudesse ser divertido.

Ele fundou a Empresa James Spring & Wire Company para que o brinquedo pudesse ser produzido e deveria se chamar Slinky.

Com o custo de apenas US$ 1,00, milhões de unidades foram vendidas e fizeram com que Richard entrasse na lista das pessoas ricas. E essa brincadeira deu muito certo e até hoje o brinquedo é comercializado.

O Valor do Papelão

Zhang Yin é atualmente uma das pessoas mais ricas da China. Ela é uma Empreendedora e é dona da Empresa Nine Dragons Paper Holdings Limited que é uma empresa que faz a reciclagem do papel.

Ela comprava os papelões que eram produzidos nos Estados Unidos e importava para a China, onde esse papelão era transformado em caixas para colocar os produtos.

Com uma economia inicial de apenas US$ 3.800, ela acreditou no ramo e se tornou uma pessoa rica.

O Domínio Pizza.com

Chris Clark resolveu comprar um domínio chamado pizza.com em 1994, ele pretendia ser sócio de uma pizzaria, porém o negócio acabou não dando certo. Mediante a isso Chris resolveu guardar o domínio que havia comprado.

Em 2008 ele resolveu fazer um anúncio onde vendia esse domínio e o resultado foi que o comprador pagou mais de R$ 4 milhões no leilão online. Quando ele adquiriu o domínio pizza.com ele pagou apenas US$ 20, já que a Internet ainda estava começando.

Agora ele faz parte da lista das pessoas ricas do mundo e temos que concordar que realmente ele foi muito inteligente.

Publicidade na Cabeça

Brandon Chicotsky sofria de calvície e por esse motivo perdeu seus cabelos na sua juventude.

Ele percebia que as pessoas quando vinham conversar com ele passavam a observar a sua careca e então ele resolveu vender um espaço publicitário na sua careca.

Então ele criou a Bald Logo, que aluga as carecas dos funcionários da empresa e onde as campanhas de marketing já ultrapassaram 1 milhão de dólares. Assim fazendo com que Brandon se tornasse uma das pessoas ricas no ramo do empreendedorismo.

Luccas neto é mais inteligente do que você imagina. Entenda o porquê.

Luccas Neto é um Youtuber brasileiro que produz conteúdo para toda família. Hoje é um fenômeno em todo o Brasil e mais inteligente do que você imagina. Confira o porquê a seguir:

Famoso e polêmico ao mesmo tempo, Luccas Neto tem conquistado o público no YouTube. Através de seu canal, ele diverte seu público com um conteúdo bastante lúdico, com o objetivo de “alegrar as crianças”.

Com mais de 23 milhões de inscritos, 39 personagens criados e mais de 6 bilhões de visualizações acumuladas no canal, ele é um sucesso nacional.

Confira a seguir a trajetória do Youtuber, algumas curiosidades e porque ele é mais inteligente do que você imagina.

Trajetória

Luccas Neto Ferreira é um carioca de 26 anos. Nascido em 8 de fevereiro de 1992, tornou-se um Youtuber de grande influência no país, principalmente das crianças.

Iniciou sua carreira numa agência de network e logo depois, em 2014, criou seu próprio canal no Youtube. Porém, Luccas só passou a atuar efetivamente no canal em 2016.

Ficou conhecido na internet através do seu antigo canal, o Hater Sincero. Lá, ele fazia críticas ao Youtube a às pessoas que faziam de tudo para ter mais inscritos na rede social.

Depois de muitas polêmicas devido a essas suas análises e julgamentos, ele mudou radicalmente seu conteúdo. Inicialmente, passou a fazer vídeos de experiências com alimentos e comidas gigantescas, mais tarde decidiu investir em conteúdo infantil.

Em 2017, o Youtuber criava e fazia testes de diversos tipos de vídeo para crianças, o que lhe rendeu grande destaque nas mídias sociais. Hoje o canal leva seu nome e tem mais de 23 milhões de inscritos.

No mesmo ano, Luccas, em parceria com seu irmão Felipe, criou o canal “Irmãos Neto”, onde mostram episódios sobre suas vidas pessoais.

O canal foi sucesso imediato, sendo o primeiro canal do Youtube do mundo a alcançar 1 milhão de inscritos em menos de 24 horas. Hoje o canal possui 13 milhões de inscritos.

Fama

Luccas Neto começou a carreira na internet fazendo críticas, tornando-se famoso devido às polemicas em que se envolveu.

Depois disso, foi conquistando o público mais jovem e infantil com vídeos sobre comidas gigantes. Nesses vídeos, ele preparava e comia diversos tipos de lanche.

O vídeo que o tornou reconhecido em todo o Brasil foi feito em 2017. Luccas encheu e entrou numa banheira de hotel com 80 quilos de creme Nutella, onde ficou conhecido como “menino nutella”.

Quando passou a investir em conteúdos infantis, Luccas conquistou o sucesso e a fama que almejava.

Atualmente apresenta um conteúdo voltado especificamente para jogos e brincadeiras saudáveis para as crianças.

Além disso, está entre os 10 youtubers brasileiros com mais vídeos assistidos, ultrapassando grandes canais do país como o de Whindersson Nunes e o Porta dos Fundos.

Luccas recebeu em 2018 o título de novo “rei dos baixinhos”, ficando conhecido mundialmente pelo apelido. Ele ainda conquistou o posto de vlogger mais assistido do mundo.

Para você ter uma ideia, todos os dias ele tem mais de 30 mil novos seguidores e cerca de 12 milhões de visualizações. O cara é um sucesso!

Luccas Neto empreendedor

Pelo simples fato de ter um canal de sucesso, assistido pelo mundo todo, já faz de Lucas um empreendedor nato. Mas, além do seu canal, ele realiza outros trabalhos.

É integrante do grupo de sócios da empresa Take4 Content. Uma instituição especialista em planejamento, programação, produção e curadoria de conteúdos digitais. O empreendimento conta também com seu irmão Felipe.

A Take4 Content surgiu quando João Pedro Paes Leme pediu demissão de seu cargo na rede Globo para empreender no ramo digital.

João foi então procurar Felipe, pois eram colegas na emissora e ele sabia que Felipe estava empreendendo na área.

João tem uma visão diferenciada do mercado audiovisual. Cassiano, atua na criação de conteúdo. Felipe, um grande influenciador digital.

E Luccas Neto, influenciador e um grande estudioso, conhecedor e pesquisador de táticas para canais digitais do país. Formou-se aí o time perfeito.

Além da sociedade na Take4 Content, Luccas lançou um livro no último ano. “As aventuras na Netoland com Luccas Neto” obteve o recorde mundial de venda antecipada, com 54 mil exemplares. Seu livrou ultrapassou, inclusive, o reconhecido clássico de Harry Potter.

Fora isso, ele ainda encena nos teatros com o spetáculo Netoland. No ano passado realizou turnê por todo o Brasil, onde mais de 130 mil espectadores assistiram ao seu espetáculo.

O número superou o show infantil de Marco Túlio, que havia alcançado 80 mil telespectadores em um ano.

O canal

Luccas Neto procura levar para seu público um universo de magia e fantasia. Seu alvo é estimular a imaginação e a criatividade de seus seguidores, que hoje é composto em sua maioria por crianças.

Dentro de seu conteúdo há a criação e reprodução de histórias e clássicos infantis. Além disso, ele realiza diversas brincadeiras e jogos.

Todo o conteúdo que é postado no canal é acompanhado e aprovado por profissionais da área infantil, como psicopedagogos e psicólogos.

O intuito é que sejam sempre transmitidas mensagens sócio educacionais para as crianças e familiares que acompanham o Youtuber.

Porém, por mais que ele tenha esse acompanhamento de profissionais da área, é sempre importante lembrar que os pais precisam acompanhar seus filhos.

Devem saber o que ele está assistindo e saber restringir o que pode e o que não pode.

Da forma como trabalha, além de levar entretenimento para seus fãs, Luccas tem a missão de auxiliar os pais na educação dos pequenos.

Missão essa que deve estar realizando muito bem, pois são mais de 23 milhões de pessoas que acompanham o canal no Youtube.

Além disso, ele está no top 10 de youtubers brasileiros. Em 2018 seu canal foi o mais assistido no Brasil, mantendo a primeira colocação até hoje. Foram cerca de 150 milhões de visualizações a mais que o segundo colocado do ranking.

Curiosidades

Além de tudo que você já sabe sobe Luccas Neto, existem outras curiosidades sobre o famoso Youtuber, que apresentamos abaixo:

  • Antes de seu sucesso no youtube, ele era conhecido apenas como o irmão mais novo de Felipe Neto.
  • Ele é torcedor do Botafogo.
  • Mora com seu irmão Felipe numa mansão no Rio de Janeiro.
  • Ele está em um noivado com a Youtuber Thayane Lima.
  • Foi funcionário da Paramaker, empresa de seu irmão.
  • Junto com Felipe Neto, tem parceria com uma empresa que vende coxinhas e pizzas com sabores diferentes inspirados nos irmãos, a Lecadô.
  • Ano passado foi criticado por usar palavrões em seus vídeos.
  • Também foi criticado por influenciar seus fãs mirins ao consumismo, a ingerir doces e a consumir alimentos inadequados.
  • Em 2019 tem um novo espetáculo: “Luccas Neto Com Os Aventureiros”.
  • Tem um site, que conta sua trajetória e possui divulgação dos seus vídeos e eventos que realizará.

Ele é ou não é o cara?

Um dos líderes do mundo dos youtubers, famoso, batedor de recordes, artista, empreendedor e escritor.

Esse é Luccas Neto, um jovem que começou criticando pessoas por querer de qualquer forma ganhar a fama no Youtube é hoje um dos maiores influenciadores da rede.

É claro que para alcançar o sucesso no mundo digital não é fácil. Ainda mais hoje em dia que a competição é muito grande. Mas Luccas está conseguindo e está faturando muito com isso.

Hoje ele é o considerado o Youtuber mais rico da internet. Segundo o programa “Fofocalizando”. Luccas fatura cerca de R$2 milhões por mês só com as visualizações de seus vídeos no canal.

Luccas tem um conteúdo voltado para o público infantil. Seus fãs são totalmente diferentes dos de seus concorrentes, como Whinderson Nunes e seu irmão Felipe Neto.

Com diversas opiniões sobre suas publicações, algumas positivas e outras nem tanto, seu canal é sucesso. Querendo ou não, ele soube trabalhar para conquistar seu público e alcança cada vez mais seguidores.