A falta de educação financeira no Brasil, tem contribuído no aumento de pessoas endividadas. Mas nunca é tarde para aprender a economizar e ainda se divertir sem gastar.

Por causa da crise financeira que passou, podemos perceber que muitas pessoas não fazem um planejamento financeiro e não economizam. E assim quando acontece algum imprevisto elas não estão preparadas para enfrentar a situação.

O descontrole fará perder a tranquilidade e a falta de segurança para garantir as despesas básicas, poderá causar instabilidade na família e prejudicar sua saúde física e mental.

Portanto, daremos algumas dicas para economizar e mesmo assim se divertir sem gastar, até porque a sensação de privação pode ser bem mais prejudicial. A ideia é mudar o consumismo sem limites por alternativas de lazer mais vantajosas.

1) Tenha um controle financeiro

Primeiramente respire fundo, não adianta se torturar pelo que aconteceu. Agora é hora de levantar a cabeça e correr atrás do prejuízo.

Comece a organizar suas contas, verifique quais estão em atraso e quais as essenciais para sua sobrevivência. Não é possível resolver tudo de uma vez, mas quando você planeja é mais fácil visualizar o que precisa ser pago primeiro.

Portanto, faça um bom controle financeiro mensal ou semanal. Assim se for o caso, reduza o que for possível, por exemplo, conta de celular e organize as prioridades.

Se estiver trabalhando, separe uma parte para as despesas básicas, como alimentação, água e luz.

Logo em seguida, reserve uma parte para o lazer porque sem diversão dificilmente você manterá à vontade pelo planejamento das contas.

Assim que possível, invista no futuro e comece a economizar para imprevistos, como uma possível perda de emprego.

Caso não esteja trabalhando, arranje uma renda extra. Você pode achar que não sabe fazer nada, mas está enganado (a).

Pense nos elogios que recebeu ao longo da sua vida pessoal e profissional. Tenha certeza que achará algo!

Foi nesse momento que muitas pessoas encontraram novas profissões, só quando focaram no que fazem de melhor. Pense positivo e encontre seu propósito!

2) Reúna a família e os amigos na sua casa

Não adianta você conseguir fazer um controle financeiro e privar-se de diversão.

Sua forma de pensar mudou e estará focada em economizar, agora precisa usar a criatividade para economizar se divertindo, segue umas dicas de diversão para fazer em casa:

  • Chame os amigos para assistir um filme com pipoca, vocês poderão fazer comentários e dar risadas com maior liberdade
  • Faça uma competição de karaokê, até os tímidos participarão. Sempre tem uma música que te lembra uma situação boa e divertida, que dá vontade de cantar bem alto
  • Preparem um churrasco no final de semana ou comprem petiscos apenas para “jogar conversa fora” e dar boas risadas, é bem mais vantajoso do que ir à um restaurante

Dessa forma, você gastará menos e ao mesmo aproveitará a presença daqueles que ama. É importante manter a vida social!

3) Pratique exercício ao ar livre

Quando fez o controle financeiro, percebeu que a academia precisava ser interrompida por um tempo. Não desanime, você não precisa de uma para se exercitar.

Vá ao parque e aprecie uma caminhada, ou uma corrida, ou andar de bicicleta, tudo ao ar livre.

Observe os pássaros, as pessoas, o céu, o vento, o lago. Muitas vezes o dia passa e nem percebemos a beleza da vida.

Aproveite para dar valor a cada momento desse exercício ao ar livre, você irá se divertir sem gastar nada.

4) Faça piqueniques no parque

Você pode aproveitar um dia com a família no parque ou até no zoológico. Faça um piquenique, além de ter maior contato com a natureza, você poderá preparar seus próprios quitutes.

É uma excelente forma de economizar, além demonstrar seu carinho pela família, já que cuidou do preparo da comida.

5) Comer antes de ir à balada

Se você gosta de sair com os amigos à noite para uma balada, priorize qual o evento que você quer participar.

Lembre-se que é preciso economizar até regularizar sua situação ou até mesmo para não gastar todo seu dinheiro descontroladamente.

Coma em casa antes de sair, assim você garante que comerá sem exageros e quem sabe beber menos, lembre-se que bebida e comida são as armadilhas da balada.

Se estiver fazendo dieta, melhor ainda, fazendo isso você estará mais saciado e evitará comer besteiras.

Você pode optar por uma refeição mais barata antes de chegar na balada ou um esquenta na sua casa antes de sair, é uma forma de economizar se divertindo com os amigos.

6) Leia um bom livro

Que tal desenvolver um hábito que estimula sua criatividade e se divertir sem gastar nada. Esqueça aqueles livros da escola ou do vestibular, não que sejam ruins, mas você pode não ter tanta afinidade com esses temas.

Há diversos tipos de livros, desde autoajuda até os de ficção científica, dos romances aos livros de terror.

Além de ampliar sua imaginação você pode melhorar seu vocabulário e aprender cada vez mais. Dê uma chance aos livros, você pode se surpreender!

7) Encontre locais com entrada gratuita

Muitas vezes moramos nos lugares e nem conhecemos seus pontos turísticos, a agitação do dia-a-dia faz com que não valorizemos nossa cidade.

Que tal procurar por museus, centros culturais e eventos públicos?

Você verá como tem diversas atividades culturais bem interessantes, onde você aprende mais e vai economizar se divertindo muito.

8) Pesquise por promoções

Além de procurar por opções mais baratas de lazer, uma boa dica é procurar por cupons de desconto.

Há diversos sites e aplicativos que têm vouchers de desconto, ou os de compra coletiva que acabam ficando mais em conta, só tome cuidado com as falsas promoções. Avalie sempre!

O importante é você adquirir o costume de pesquisar preços para não cair em “armadilhas”, você irá economizar bem mais e saberá pelo o que está pagando.

Uma opção bem legal é conhecer aquele restaurante que você queria tanto nas semanas do restaurante week, é uma forma mais barata e você pode avaliar se vale a pena voltar numa próxima oportunidade.

9) Mude seu padrão de vida

As pessoas podem até achar que você está ficando “mão-de-vaca” e ficarem te sacaneando, não caia nessa porque os amigos de verdade não te julgaram por isso.

Por exemplo, sugira locais de comanda individual, assim cada um pagará pelo que consumiu.

Nada mais justo, não?

Isso não é motivo de vergonha e sim de muito orgulho porque agora você tem um propósito e sabe onde quer chegar.

Use a criatividade para reduzir gastos, você verá que com o tempo isso será automático, mesmo quando sua situação financeira estiver melhor. Na verdade, você dará um novo significado ao dinheiro.

Portanto, é possível manter uma vida social saudável gastando menos ou nada. Só precisamos pesquisar por opções mais baratas, no final todo mundo entrará nessa “onda” até porque ninguém gosta de jogar dinheiro fora. Certo?

A mudança para um padrão de vida menor do que está acostumado, te ajudará a controlar o consumismo exagerado e impensado.

10) Mantenha o foco

Lembre-se: o mais importante é ter um planejamento financeiro porque te dará mais tranquilidade e segurança, você poderá focar seus esforços para quitar uma dívida ou investir dinheiro para o seu futuro. Não é empolgante?

Então, o quanto antes você mudar, melhor, porque será mais rápido para reverter a situação.

Caso sua situação esteja mais complicada, não se preocupe você também conseguirá. Só tenha noção que demorará um pouco mais. Mas mantendo foco suas contas voltaram à normalidade.

Apesar da preocupação em ter uma vida financeira mais saudável, você não precisará se privar da vida social.

A intenção dessas dicas é despertar ideias de como gastar menos e valorizar os pequenos detalhes, como cozinhar com família e amigos, curtir atividades ao ar livre e aprender mais sobre a cultura da sua cidade.