Posts in DropShipping

Tudo que você precisa saber antes de comprar uma máquina de sublimação

Conheça no post de hoje tudo sobre máquina de sublimação

É indispensável hoje agradar o cliente, seja com bônus, brinde, desconto, um bom atendimento, pagamento facilitado e principalmente bom preço. A concorrência está muito grande em todos os setores e somente sendo o diferencial para poder se sobressair no mercado.

São diversas marcas e empresas que lutam diariamente para serem as bem mais vistas, porém essa função não é nada fácil, pois exige tempo, dedicação e investimento. Mas quando fazemos algo por amor, não há fronteiras, nos dedicamos inteiramente e exclusivamente.

Com o crescimento desenfreado dos e-commerce nos últimos 10 anos, o segmento se transformou em o principal canal de venda para muitas empresas que já possuíam loja física.

Sem falar nos novos empreendimentos que surgiram especificamente para trabalhar com o mundo virtual, e com isso a máquina de sublimação ganhou mais espaço.

Mas, o que fazer em um mercado de tamanha concorrência, onde cada empresa faz dedicações incríveis para obter o sucesso?

Ou como entrar nesse mercado, por onde começar, o que fazer, indústria, atacado ou varejo?

Calma nós temos uma valiosa dica!

O tradicional sempre é venda certa no mercado!

Industria, atacado ou varejo? Faça os três! 

Sim! Isso mesmo! Você pode fazer algo que estará presente nos três pilares comerciais, ser indústria, atacado e varejista. Parece loucura não é mesmo?

Mas todo aquele que sonha é chamado de louco! Ok, vou deixar de segredo e vou lhe explicar.

História:

Tudo começou lá em Roma, longe certo? Os romanos utilizavam uma túnica dupla, uma peça única, que se pensando bem talvez facilitasse muito a nossa vida! Essa peça que ficava por baixo era chamada de Camisia, sempre branca, de linho e protegia essa túnica de transpiração, uma ideia de roupa de baixo.

Podemos considerar a Camisia a tataravó das modernas camisetas, por volta do século XIX (19).

As roupas das crianças eram uma cópia fiel das roupas adultas, como uma roupa de boneca, afinal a imagem e semelhança era base para a educação. Porém neste século surgiram as T-Shirts que começaram a revolucionar o conceito e o mercado de vestimentas.

Mas foi em 1908 que elas surgiram com força. O exército americano começou a utilizar as tais peças por facilitar muito no campo de batalha e serem mais fresquinhas. Eita calor!

Como sempre camisetas foram sinônimo de roupa por baixo não seria da noite para o dia que essa ideia deixaria de existir. Não tinha internet naquela época para viralizar!

Clark Gable

Então só por volta de 1940 que um galã de filme chamado Clark Gable resolveu sensualizar sem ser vulgar e tirou sua camisa, as moças foram a loucura. Mas havia algo que chocou a todos! Surpreendeu o mundo, não havia nada por baixo, “Oh my god!”

Virou notícia, bem mais devagar que nos dias de hoje, é claro, mas aos poucos o borbulho foi se espalhando pelo país e o mundo, sua atitude mostrou a tendência que já estava se criando a quase 30 anos.

Mostrou que o apetrecho poderia ser uso como peça principal e não mais como roupa de baixo!

Então revistas começaram a publicar fotos, novas propagandas surgiram, modelos, atores, o exército tinha implantado a nova moda. Até um presidente que se candidatava na época lançou camisetas de propaganda, e pronto estava implantada no mundo a novidade!

O que a História tem haver com meu negócio?

E por que esse momento histórico? Para lhe explicar o que disse frases acima!

Você pode com a tecnologia de hoje, ter facilidade dos ecommerce, ser fabricante, atacado e varejista!

Sublimação de camisetas! Um dos negócios mais lucrativos desde sempre, a tradição sempre está viva, a sublimação está em alta no mercado, e não apenas com as camisetas, canecas, squeeze, bonés e tudo que uma prensa pode fazer!

Como? Eu vou lhe explicar! Quando terminar esse texto você estará pronto para desenvolver seu novo e lucrativo negócio!

Escolha seu nicho! Quem é meu Cliente?

Não adianta atirar para todo lado! Aproveitando que falamos de exército posso te afirmar que quando você cria focos, você realiza de parte em parte.

Assim é no mercado, nada adianta você ter diversas mídias para a divulgação de seu trabalho se você não alimenta com um bom conteúdo.

Você pode criar dicas ou sugestões, mas o ideal seria investir em um profissional freelancer, um redator web. Você encontra um facilmente em sites ou poderá fazer o download da versão mobile.

Os aplicativos de freelancer disponibilizam a criação de projetos e a solicitação de orçamento. O ideal é você oferecer um valor pré fixado por artigo, assim você controla seus gastos.

Bem depois de pensado nisso, antes de falarmos sobre tudo que você precisa saber sobre uma máquina de sublimação, é necessário e importantíssimo você saber quem é seu cliente, para quem você irá oferecer seu portfólio de produtos.

Primeiramente você escolherá quais produtos que irá produzir( falaremos disso mais à frente ok?). Você deve montar sua lista, com fotos e valores, excelentes descrições, pois quanto mais você descrever mais o seu consumidor terá confiança em comprar.

Pense que sua descrição deve ser de tamanha perfeição que o cliente deve ter a sensação que não está apenas lendo sobre o produto, mas tendo a sensação de que está com ele, como ele é, isso lhe dará muita credibilidade.

É como descrever um sorvete de morango e o cliente ter a sensação de que já está sentindo o sabor.

Crie um e commerce

Você pode criar um e-commerce, hoje temos excelente plataformas para criação de lojas virtuais, como o Wix e o Shopify.

Você pode também criar um blog e um perfil no facebook, mas se lembre que o perfil é pessoal, não use o nome de sua empresa, é bem provável que você pode ter problemas futuros.

Crie também uma fanpage para sua empresa, é importantíssimo também criar um CNPJ da categoria MEI, assim você poderá ter ainda mais credibilidade para vender para qualquer cliente.

O custo mensal é baixo, por volta de R$50,00, assim você investe pouco mais investe em credibilidade.

máquina de sublimação por mais que seja de maneira física e não visual pode ser vantajosa.

Canais de comunicação para profissionais de sublimação

Para atender melhor o seu cliente, crie um canal de comunicação, o WhatsApp está em alta, mas sinta-se à vontade para utilizar o que mais lhe deixa confortável.

Os clientes de hoje gostam de tirar muitas dúvidas, ver muitas fotos do produto e saber de suas garantias, e esse canal facilita muito.

E além do mais ninguém mais pede cartão de visita, sempre vem a frase que já está forte; “Ele tem Whats?”

Estude o mercado! Qual a necessidade do nicho (grupo, clientes) que escolhi?

Imagine, o jovem entrando na igreja, com seus fones de ouvido vermelhos, com seus olhos pendurados na camiseta meia aberta, com uma sacola branca de mercado. Ele vem balançando a cabeça, parece escutar algum tipo de rock. Ele para a frente do altar, o padre ainda não chegou, mas os fiéis estão ali, então ele abre um sorriso, tira seu fone e pede a palavra;

“Meus amigos e amigas, estou aqui humildemente, pois sou vendedor, e preciso sustentar minha família…”

Até esse momento as senhoras e senhores estão um pouco comovidos, como sempre acontece quando os vendedores utilizam dessa técnica de “contar uma história triste! ”

E Ele segue;

“Queria lhes oferecer meu produto, ele é da melhor qualidade, e eu tenho certeza, que vocês irão ajudar esse humilde vendedor que só pede auxílio. Eu gostaria de lhe oferecer essa garrafa de whisky! ”

NÃO! Não preciso nem continuar essa história, é óbvio que há algo errado nessa venda, o rapaz está completamente equivocado do local e as pessoas que escolheu para vender.

Mas por mais absurda que pareça essa história ela é muito verdadeira, pois hoje o mundo está cheio de pessoas vendendo as coisas certas nos lugares errados.

A dica que podemos lhe dar é escolha o nicho, as pessoas, o local que você irá vender seus produtos, se são canecas, ou almofadas para mães grávidas, se são camisetas de bandas, se são copos para festas.

O portfólio é enorme, então sabendo isso vamos para a compra da máquina de sublimação!

Compre sua máquina de sublimação!

A primeira coisa que olhamos para a camiseta, quando vamos escolher uma, é a sua beleza, suas cores e sua imagem, se estiver em inglês, dificilmente alguém lê o que está escrito.

Então você deve se preocupar com a qualidade da estampa. Pois ela é o seu principal material de propaganda. Então o investimento com uma máquina de sublimação não seria de maneira alguma um desperdício.

Você deve se preocupar muito com o seu estudo, as técnicas para a produção devem ser mantra para você, pois conhecendo muito de sua máquina você que irá dominá-la.

Se encontra muitos cursos e vídeos na internet explicando e ensinando como fazer, não deixe a ideia de; “eu sei como se faz! ”.

Teste muito tudo o que você aprender, afinal a qualidade do seu serviço irá garantir que seu cliente volte a comprar. Fidelização é importantíssimo!

Você deve escolher que tipo de serviço irá querer prestar, se você quer produzir em grande escala, aí então usaria a sublimação com calandra.

No qual a imagem é colocada em um cilindro que ficará sublimando um rolo de tecido, você pode atender a serviços contratados ou até mesmo contratar facções de costura para montar suas camisetas já sublimadas.

Ou você pode pensar em um trabalho mais exclusivo e utilizar a sublimação por prensa, que faz uma unidade por vez. Ou utilizar do transfer que é de rápida produção mas pouca durabilidade.

Mas não se esqueça que a escolha da máquina de sublimação é fundamental para seu negócio.

Máquina de Sublimação:  Prensa, 3D, calandra ou transfer laser

Lembra quando você estava brincando com seus amigos e amigas e exibia aquela sonhada camiseta de personagem? Era o sucesso entre as crianças. O tão grandioso exemplo de como causar inveja alheia

Porém sempre um amigo seu gritava “ Está caindo o olho do seu boneco! ” E lhe presenteava com uma sonora e larga gargalhada!

Sim aconteceu e não foram poucas vezes, a máquina de sublimação Transfer Laser é uma sublimação digamos que “colada”, o processo é mais ou menos assim, você precisa de uma impressora a laser que usa a tinta em pó, o famoso tonner.

Você precisa de uma papel especial para a impressão, você imprime a imagem que deseja e com a pressão, temperatura e tempo.

Praticamente cola sobre o tecido a imagem, porém ela não é durável, pois ela está somente na superfície do tecido ela pode sair quando a força que a uniu acabar.

O que faz essa força de colagem acabar pode ser a água ou detergente quando é lavada, o sol.

O certo é que ela não disponibiliza um bom tempo de duração e poderá vir acontecer dos olhos, bocas, e até toda imagem do seu personagem irem por água abaixo!

O transfer está inserido na maioria das máquinas de sublimação, pois ela é uma técnica.

Já em canecas você pode passar uma resina especial para o fim, então essa resina irá segurar por muito mais tempo a estampa.

Mas para outros materiais como boné e almofadas, o processo e resultado é o mesmo.

Utilize-se o transfer para copos de festa, pois trata-se de um produto para pouco tempo de uso.

Você nunca se perguntou, como pode ter tantas camisetas de futebol? Ou tantas outras iguaizinhas na loja?

Sublimação Calandra

As camisetas esportivas eram diferentes das demais pareciam de outro mundo, mas o segredo está na fabricação, a sublimação por calandra, são grandes máquinas com enormes cilindros.

Onde você irá colocar um rolo inteiro de tecido, a imagem ficará no cilindro sublimando repetidas vezes.

Digamos que é a produção em escala, para referências, grandes empresas esportivas a utilizam, criando assim grandes quantidades.

Ela é bem mais cara que a prensa, seu valor pode chegar até 6x mais, portanto se você quer investir nesse ramo há grandes nichos para vendas, basta você escolher qual será seu público.

Prensa Sublimática

E a tradicional prensa sublimática, faz camisetas, bonés, xícaras, almofadas, copos para festas…

A produção é mais exclusiva, então é ideal para os itens personalizáveis, um investimento mais baixo, porém mais artesanal.

Hoje já existe sublimações em 3D, são modernas, lindas e estão atraindo o público jovem, principalmente fãs de HQ.ois possuem incríveis imagens que mexem com o imaginário dos fãs.

Basta você escolher qual lhe agrada, o público que irá atender e quanto quer investir.

Não esquecendo que além da máquina de sublimação há outros investimentos como veremos a seguir, tecido, tintas, insumos.

Qual material posso sublimar?

Para quem apenas usa as roupas não tem noção da infinidade de tecidos que possuímos no mercado, para descobrir e se maravilhar você pode visitar uma casa de aviamentos, e verá a quantidade de tipos e cores, mas como escolher o certo?

O certo é dar certo! Quase todos os tecidos podem ser sublimados, mas há os que aceitam melhor a tinta e outros menos, antes de começar é importante saber a diferença;

Tecidos de fibras naturais

Tecidos sintéticos e fibras naturais, são os dois tipos de segmento que possuímos no mercado. Claro que a mistura de 2 ou mais tecidos criam novos conceitos.

Os tecidos naturais são Linho, Seda, Lã e Algodão, são os tecidos que todo mundo acha “macio” e confortável. São naturais então digamos que não tem nada parecido com plástico no meio. Assim esse tecido respira, não fica com cheiro ruim se secado a sombra.

Porém ele pode desbotar com o tempo e amassa com facilidade, tudo é questão do material, é natural.

Tecidos sintéticos

Já os tecidos sintéticos como Poliéster, Viscose, Acrílico são super-resistentes, e não amassam, porém não respiram e podem pegar fogo rapidamente.

Então quanto mais sintético for mais cuidado se deve ter em questão da temperatura e tempo da prensa para não passar do ponto e vir a queimar o tecido, é tecido industrial.

O indicado para a sublimação, seria de tecidos 100% poliéster. Ou material sintético, porém são aceitáveis composições com até 60% do material.

A sublimação significa que algo sólido sai do seu estado diretamente para o estado gasoso. Ou seja, esse processo de sublimação. Consiste em fixar a tinta no interior do tecido. Assim ele não se desprenderá.

Por ser um tecido mais resistente os sintéticos são os ideais para o processo. Já que os naturais podem não resistir e causar diversos problemas.

Você também irá personalizar canecas, azulejos, copos de acrílico e plástico. Mas para isso é necessário investir em uma resina catalisadora especial para sublimação.

Ela é transparente e irá auxiliar na fixação da imagem no material. Já que ele não é igual ao tecido, transpassado e sim sólido ele precisa de algo que fixe essa imagem, e esse algo é a resina, você encontra facilmente em casas de produtos artesanais, papelaria e até mesmo na internet.

Pronto agora você já sabe qual nicho ou público irá atender, qual tipo de máquina precisa investir e qual tecido é o ideal, mas como faço com as imagens?

O que faço para ter imagens para sublimar?

Agora que você já aprendeu quase tudo antes de comprar uma máquina de sublimação, estamos chegando na reta final, a imagem!

É muito importante você ter conhecimento de como funciona os programas de edição como o CorelDraw e Photoshop.

Podendo comprar um curso na internet ou assistir alguns vídeos gratuito. Se não tem experiência alguma com tratamento de imagens é essencial que se especialize ou até mesmo contrate um profissional freelancer para lhe auxiliar.

As imagens devem ter uma excelente qualidade, pois você não quer imagens feias e distorcidas, tirar o fundo de imagens, criar designs são ações iniciais em suas peças, por isso o auxílio de um profissional cairia muito bem para iniciar o seu novo negócio.

Não caia novamente no erro de achar que sabe como faz. Você estará gastando tempo e dinheiro, as suas vendas dependem da sua qualidade. E a propaganda de boca em boca ou de compartilhamento em compartilhamento é a melhor opção para o sucesso.

Se você trabalhar com e-commerce, a sua imagem é a sua propaganda. Então depois dos trabalhos concluídos tire boas fotos para poder mostrar aos seus clientes os belíssimos trabalhos realizados.

Imprimindo imagens para auxílio de uma máquina de sublimação

Para imprimir suas imagens você irá precisar de uma impressora a laser. Ela contém o tonner, nome dado para o recipiente onde contém uma certa tinta plástica em pó. O processo da impressão é parecido com a da sublimação a única diferença é que não existe a prensa. A impressora esquenta o pó que cola na folha.

A folha deve ser especial para isso, ela é bem mais cara que a folha comum. Um pacote de 50 folhas custa R$ 33,00. Dependendo da sua localidade o tonner pode custar entre R$100 e R$150 e a impressora possui 4 tonner.

O ideal é que sejam novos, pois a recarga pode causar dor de cabeça nas próximas impressões. Você deve contabilizar esse custo de acordo com sua produção.

A qualidade começa desde o início da produção, não esqueça que ela é uma das mais importantes consequências de seu trabalho. Os clientes não reclamam por pagar por qualidade. Mas estarão extremamente decepcionados por pagar caro por produtos de má qualidade.

Agora você já aprendeu tudo que precisa saber antes de comprar uma máquina de sublimação!

Seu projeto está aqui neste texto, diante de seus olhos, basta colocá-lo em prática. Não esqueça de escolher o público que deseja atender. Pois se não poderá comprar uma máquina de sublimação errada.

Muitas vezes na sua cidade terá saída para certo produto, mas há produtos que são os tradicionais. Como xícaras comemorativas, para os dias dos pais, dia das mães, para formandos.

Há também uma grande procura para artigos infantis, de bebês, recém-nascidos. Como almofadinhas personalizadas, bolsas, porta mamadeiras e até mesmo body com sublimação de desenhos.

As festas personalizadas também estão em alta, copos para formaturas ou aniversários de 15 anos. Empresas com festas no final de ano, investem nesse tipo de marketing. Não esquecendo na talvez maior e mais rentável área da sublimação: camisetas.

As camisetas para sublimação são sempre bem-vindas, principalmente para times de futebol.

Se souber fazer um bom trabalho poderá se tornar precursor dessa atividade na sua cidade.

Então não fique parado, siga os passos desse planejamento, observe a concorrência se ela existe ou não e busque também através da internet a venda em e-commerce. Os canais estão aí para serem utilizados.

Material de qualidade gera muito mais lucro, não venda gato por lebre. Assim você também estará contribuindo para um comércio justo e honesto! Mãos à obra e boas vendas!

Shopify, WordPress ou Magento?

O velho bazar da esquina se transformou em souvenir da cidade. A tecnologia chegou em peso e cada vez mais as lojas estão se inserindo no mundo digital. Mas com tantas opções qual escolher?’

Hoje as mais top’s do mercado são as Shopify, WordPress e Magento, cada qual com as suas qualidades e seus defeitos.

Vamos no post de hoje ver qual das três pode ser mais vantajosa para seu negócio?

Tudo sobre Magento:

Se você está pensando em entrar no mercado de e-commerce é necessário ter em mente que para criar uma loja virtual você precisa de uma plataforma específica para isso.

Se o seu plano é criar uma loja eficiente e atrativa você não pode usar qualquer tipo de “criador de sites” para vender seus produtos. Hoje existem algumas plataformas que te permitem montar uma loja de modo que seu cliente se sinta dentro de um shopping.

Diante de tantas boas plataformas que existem para o e-commerce, com certeza você precisa conhecer a opção de criar sua loja no Magento. Uma plataforma bastante conhecida e renomada. Confira um pouco mais sobre ela aqui.

Magento hoje de propriedade da Adobe escrita totalmente em PHP (linguagem script de código aberto), necessita de conhecimento em programação.

Então se você deseja usar ela precisará de alguma empresa que compreenda seus processos. Sendo sempre necessário estudá-la.

As grandes marcas como utilizam a Magento Enterprise, principalmente por ela otimizar as rotinas gigantes do e-commerce.

Magento não possui criação de sites apenas lojas virtuais, ela também pode ser construída em módulos, assim o usuário pode investir de acordo com sua necessidade.

Se você está pensando e estiver preparado para criar uma página Magento você encontra diversas opções e valores, mas é importante ter profissionais capacitados, é vantajosa, porém complicada.

A Magento disponibiliza bons layouts e relatórios detalhados além de contar com diversos canais para pagamentos.

O que é a plataforma Magento?

Criado em 2007 pela antiga Varien, o Magento é uma plataforma moderna e poderosa de e-commerce com um ecossistema de open-source. Como seu foco é trabalhar somente com lojas virtuais.

A flexibilidade do Magento começa com que tipo de lojas virtuais ele pode trabalhar, que podem ser B2B, B2C e soluções híbridas.

O Magento possui três versões distintas: Magento Community Edition, Magento Enterprise Edition e Magento Enterprise Cloud Edition. A que nós iremos olhar nesse artigo é a Magento Community Edition

O alcance de suas ferramentas são bem grandes, desde dados e relatórios dos carrinhos do cliente até alcance por e-mails. Veremos que a plataforma permite que sua loja virtual seja completa e atrativa.

Como o Magento funciona?

Para usar o Magento você precisará baixar o arquivo gratuito. Após sua instalação, como todas as outras plataformas você será apresentado a um painel de controle.

Por meio desse painel de controle é que você irá gerenciar as suas vendas, o seus clientes. Escolher temas e o layout para sua loja virtual.

Uma necessidade dessa plataforma é que para alterar sua plataforma original é necessário conhecimento em PHP, por isso é recomendável que sua empresa possua um programador.

Juntamente com a pessoa escolhida para cuidar da programação você poderá incluir diversos plugins que permitirá você criar uma loja virtual única e com diversas utilidades.

Ele também trabalha com módulos que são necessários para algumas atividades como: recuperar carrinhos abandonados, calcular frete, pagamento com cartão de crédito e débito, boleto bancário e etc.

A maior funcionalidade dessa plataforma é sua comunidade. Qualquer dúvida você terá muitas pessoas para te ajudar a cuidar de sua loja.

Qual o investimento para criar uma loja virtual com o Magento?

Basicamente são três os maiores investimentos que você irá fazer caso decida criar sua loja virtual com o Magento: Um orçamento, empenho e contratar um programador especializado na plataforma..

Recentemente a ADOBE comprou o Magento, portanto para criar uma loja será necessário fazer um orçamento por telefone ou no site. Ainda existe a versão gratuita, fique de olho no que a comunidade tem a contribuir sobre essa versão.

Para qualquer coisa dar certo na nossa vida é necessário empenho. Dinheiro não cai do céu. E o seu lucro também não vai cair.

Por mais que a plataforma não seja difícil de mexer e você pode fazer diversas ações dentro dele para criar sua loja, você só terá resultado ao se empenhar com seu negócio e os objetivos para ele dar certo.

Será necessário aprender sobre a plataforma nos tutoriais disponibilizados pelo próprio Magento e dicas da comunidade. E também será necessário o controle no decorrer das vendas, organizar tudo corretamente para ter um bom feedback dos clientes.

Já o segundo gasto que você terá é contratar um programador. Como o Magento não é possui um suporte aos seu usuários, alguns problemas e bugs que ocorrerão será necessário conhecimento de programação para corrigi-los.

Se você não tiver um programador experiente, você irá perder muito tempo aprendendo a consertar a mecânica da sua loja e perderá o controle das vendas e entregas que estão ocorrendo. Ou então ficará muito tempo com o site fora do ar até corrigir tudo.

Por isso é de suma importância você ter empenho e um programador experiente em Magento. Será um gasto que valerá a pena.

Quais as principais vantagens de usar o Magento para uma loja virtual?

Ao ser conhecida como uma das melhores plataformas de e-commerce do mundo, o Magento tem algumas vantagens singulares.

Na plataforma você pode criar diversas lojas diferentes para segmentos de produtos diferentes (roupa, tênis, acessórios, etc). Mas tudo estará reunido para você um único painel. Claro, que você terá como organizar para não se perder com os segmentos diferentes.

O Magento também permite que você crie lojas otimizadas em SEO, permitindo que sua loja seja encontrada mais facilmente nos sites de buscas.

Um detalhe interessante é que o Magento é uma plataforma muito segura, pois como é um open-source, significa que muitas pessoas podem trabalhar voluntariamente para corrigir os erros e bugs que ocorrem nos códigos da plataforma e templates.

Abaixo estão mais algumas vantagens que o Magento oferece:

  • Controle de descontos
  • Controle avançado de relatórios
  • Possui CMS
  • Pode configurar taxas
  • Configurações para envio do produto
  • Integrado com diversas formas de pagamentos

Vale a pena usar o Magento para criar uma loja virtual?

A plataforma possui mais de 240.000 lojas virtuais implantadas pelo mundo. Isso nos mostra que escolhê-la como a plataforma na qual você irá criar sua loja virtual não é uma má ideia. Ela é boa e por isso está entre as mais usadas ao redor do mundo.

Não é atoa que a grande ADOBE comprou a marca. Se você buscar aprender mais do Magento com a comunidade e pagar um bom programador. Com certeza vale a pena criar sua loja com essa plataforma.

Será que escolher WordPress é uma boa opção?

O mercado de vendas de todos os segmentos, cada dia se torna mais e mais competitivo. Não existe mais tempo para deixar um cliente entrar na loja e ir embora. Pois as inúmeras facilidades ofertadas fazem com que o mesmo opte pelo que lhe traz mais conforto.

Por esse motivo que a internet veio como um furacão, para trazer a possibilidade de efetuar compras e vendas online. Ou seja sem sair do conforto e segurança da sua casa. Quem não se atualiza no sistema “online” acaba por perder espaço no mercado.

Trabalhar com internet não é tão simples assim. Para que haja êxito nesse novo mercado, é necessário a criação de sites em plataformas de qualidades. Para que o cliente e o vendedor se sintam seguros a efetuar as transações comerciais. Esse artigo fala um pouco do wordpress que é um dos sistemas mais utilizados no mundo todo para esse tipo de trabalho.

O famoso WordPress faz parte do novo conceito comercial para lojas desde seu lançamento em 2003, o Google se tornou a página amarelas de antigamente. Porém com uma velocidade de busca incomparável.

WordPress surgiu como precursor de novas possibilidades de criação. Ele é um sistema baseado na gestão de conteúdo conhecido como CMS.

Esse tipo de sistema dá a possibilidade de fazer todas as eventuais funções através de uma interface central e única. Ou seja, você cria um banco de dados cheio de informações.

Se você é estudante, e quer começar sem investir ele é uma opção, pois é gratuito.

Tem também design responsivo, ou seja, adapta-se ao usuário que acessa, seja de desktop ou mobile.

Como desvantagem sua segurança deixa a desejar. Por ser popular recebe muitos ataques o que o deixa vulnerável.

O que é o wordpress?

Talvez você já tenha escutado falar algo sobre o WordPress, no entanto se você não possui uma informação clara sobre o assunto, este artigo servirá para sanar todas as suas dúvidas

O wordpress é um aplicativo para gerenciamento de conteúdo pela internet. Foi criado por Ryan Boren e Matthew Mullenweg e lançado no ano de 2003. Sendo gratuitamente distribuído pela GNU (General public license).

No início era bem difundido no mundo dos blogs. Mas a sua facilidade de utilização, seu tipo de licença e seus plugins com capacidades de extensão tornam esse aplicativo uma ótima opção para usos não só de blogs como de jornais, revistas, vendas eletrônicas, , entre outros.

Como o wordpress funciona?

Hoje a plataforma não é somente uma rede para blogs, e sim uma rede de direcionamento de conteúdo espetacular e difundida pelo mundo.

Muitos sites hoje estão sobre a plataforma wordpress. Você pode utilizar a própria hospedagem do wordpress ou como um self-hosted, hospedando ele no seu próprio servidor.

Ao utilizar a própria hospedagem será possível criar um blog para difundir ideias, ou demonstrar produtos.

No entanto para ter acesso a plugins (são extensões que tem como objetivo proporcionar ao site recursos extras) e templates personalizados (você possuirá total liberdade e controle da aparência do seu site) o self-hosted seria o mais indicado.

Para os casos citados, você irá precisar baixar o sistema wordpress.com ou wordpress.org, respectivamente.

Qual o investimento para criar uma loja virtual com o wordpress?

Gaste com uma loja virtual, pois é totalmente vantajosa,  e o WordPress possibilita você economizar com gastos que teria em uma loja física.

Para você que pensa em ter uma loja virtual através dessa plataforma essa é a melhor notícia que poderia te dar: o investimento é totalmente gratuito.

Claro que você poderá gastar com outros serviços para melhor atender o seu público. Mas a questão é que a plataforma é gratuita.

Quais as principais vantagens de usar o WordPress para uma loja virtual?

Primeiramente a confiabilidade da plataforma wordpress é algo que já de primeira nos deixa mais tranquilos para utilizá-la.

Segundo, qualquer pessoa, ainda que não tenha conhecimentos técnicos específicos conseguirá manter um site e administrar o conteúdo exposto na plataforma.

Muitos profissionais como designers e programadores já são especialistas nesse tipo de plataforma.

Sem contar que alguns plugins ajudam no SEO (mecanismo de buscas do google) o que ajuda imensamente nas vendas dos seus produtos.

Por exemplo, quando um cliente for pesquisar um produto, o seu aparecerá com mais facilidade na busca. Um plugin bastante usado é o WP E-commerce ele transforma numa loja virtual completa inclusive com o sistema de carrinho de compras.

O que estimula o seu cliente a comprar mais e mais. O wordpress ainda é compatível com dispositivos móveis, ou seja, você poderá administrar seu site diretamente de seu celular ou tablet.

Vale a pena usar o WordPress para criar uma loja virtual?

A loja virtual precisa ser um ambiente agradável e aconchegante para os seus clientes. Pois assim como numa loja física ela precisa ser atrativa para que haja interesse em efetuar uma compra.

Você possui uma infinidade de recursos para montar sua loja online, porém a wordpress vem servindo muito bem tanto para quem vende, quanto para quem compra.

Sendo uma das plataformas mais requisitadas pelos lojistas da atualidade. Além de ser fácil de instalar e gerenciar, o wordpress é gratuito e tem uma infinidade de templates e plugins para todos os gostos.

Um plugin bastante requisitado entre os lojistas virtuais é o e-shop, com ele há uma disposição de diversos tipos de pagamentos, dentre eles o boleto e o Paypal.

Podendo também proporcionar ao cliente descontos e frete grátis (caso seja da vontade do vendedor). Depois dessas vantagens eu afirmo com toda a certeza: vale muito a pena usar o WordPress para criar uma loja virtual.

Para quem quer se manter no páreo do mercado digital. Essa plataforma que foi apresentada é uma das principais para que seu produto seja visto de uma maneira clara e profissional. Além de todas as facilidades que foram aqui apresentadas.

O suporte técnico da plataforma é bastante eficiente e está sempre disposto para resolver qualquer eventualidade. Visando sempre o conforto dos clientes.

Isso é confirmado pelo prêmio que eles conquistaram em 2009, Prêmio de melhor CMS código aberto, pelo Open Source CMS Award, destacamos esse, dentre outros que já recebeu.

Depois dessa gama de informações é possível confiar no WordPress para começar/continuar uma loja virtual. A hora é agora!

Será que devo escolher o Shopify para meu negócio?

E por fim e mais importante, Shopify! Uma das plataformas mais completas e seguras da internet!

Não é à toa que é a mais utilizada no mundo. Além de uma interface que possibilita a fácil criação ela está classificada com o nível máximo de segurança e conta ainda com exclusivas vantagens como a gratuita hospedagem.

Shopify conta com excelente suporte, além de estar disponível para mobile e possuir diversas formas de pagamentos.

Não a prós, pois ela foi pensada exatamente para suprir todas as dificuldades que existiam nos e-commerce.

Além do mais você pode crescer a sua loja aos poucos, acrescentando funcionalidades de acordo com sua evolução nas vendas. O custo inicial é baixo e o retorno é garantido.

Shopify

Ao se falar de e-commerce, uma das principais dúvidas que a nova empresa (ou não tão nova) terá é: em que plataforma criar sua loja virtual? Ao pesquisar na internet você verá que existem diversas opções. Sendo uma delas a Shopify.

O que é a Shopify?

Criada no Canadá, muito usada pelos americanos e chegou ao Brasil há cerca de 3 anos atrás. A própria Shopify traz uma pequena definição do que ela é:

“Shopify é a solução completa para os e-commerce, pois permite a criação de uma loja virtual para vender seus bens. Permitindo também, organizar seus produtos, customizar sua vitrine, aceitar diferentes formas de pagamento (incluindo cartão de crédito), rastrear e responder a pedidos.”

Ou seja, a plataforma existe somente para criação e administração de lojas virtuais. Não é um criador de sites como o WordPress, Wix e Drupal.

Como a Shopify funciona?

Ao fazer o cadastro na plataforma, você irá ganhar 14 dias grátis para explorar o que a Shopify pode te proporcionar. Após esse tempo você terá de escolher um plano.

O primeiro passo após criar sua conta e dar um nome para sua loja virtual na Shopify será colocar suas informações pessoais. E para um melhor proveito da plataforma, a Shopify irá perguntar se você já trabalha com vendas e que tipo de produtos irá vender (digital, físico, etc).

Após os primeiros passos você será levado para o painel de controle. E a partir dele começar a construir sua loja. Que você poderá customizar para se adequar a diversos formatos (desktop, tablet e mobile).

O painel de controle será o local no qual você dará vida a sua loja. De modo simples você poderá adicionar os produtos, supervisionar os pedidos dos clientes. É lá que você poderá também criar descontos e receber os relatórios dos resultados que sua loja está obtendo.

Para enviar os produtos, também é simples. Você irá configurar os valores do frete de acordo com o peso dos produtos e também configurar o frete grátis. Facilitando a sua vida e a do cliente.

Tudo que você precisa para organizar a loja virtual do seu negócio estará ali. Inclusive as ferramentas para montar o layout de suas páginas.

A Shopify possui um canal no youtube com diversos vídeos de tutoriais para tirar as dúvidas de seus clientes.

Qual o investimento da Shopify?

Diferente de algumas plataformas para criar sites, a Shopify não é gratuita. Após os 14 dias de teste você terá que escolher um plano, podendo ser o mais barato de U$9,00 (Dólares).

Porém o plano mais barato que irá incluir um site para a loja virtual é de U$29,00 (Dólares) mensais. Um valor justo para quem está começando.

O plano mais caro é de U$299,00 (Dólares) mensais, no qual você poderá contar com todas as ferramentas que a Shopify tem para oferecer.

Um gasto que você deve ter em mente é que a cada transação (compra) que seu cliente fizer, a Shopify receberá uma pequena porcentagem (2%, 1% ou 0,5%) que irá depender do plano que você possui. Afinal, a plataforma precisa lucrar também.

A Shopify conta com uma exclusiva loja de aplicativos para incrementar sua loja online, o preço vai variar de aplicativo para aplicativo. Lembre-se que vale a pena gastar em compras que vão te trazer lucros no futuro.

Então, o seu investimento terá de ser pensado. Para pequenos negócios vale a pena iniciar investindo pouco e conforme seu lucro for aumentando. Você aumentar seus gastos na plataforma.

Já para as grandes empresas, com uma média de lucro pré-estabelecida. Talvez irá valer mais a pena já começar com os planos mais avançados.

Lembre-se se você tiver um bom produto para oferecer e um bom marketing o lucro virá e aos poucos sua loja na Shopify ficará cada vez melhor para seus clientes e sua empresa.

Quais as principais vantagens da Shopify?

Após ler um pouco sobre como funciona e como pode ser seu investimento e lucro na Shopify, queremos destacar alguns pontos que tornam a Shopify uma excelente escolha para abrir sua loja virtual:

  • Não precisa de um programador;
  • Não precisa de conhecimento em design;
  • Escolha de inúmeros temas;
  • Lojas para o Shopify;
  • Organizar sua loja com tags;
  • Link da loja para as redes sociais;
  • Espaço para blog posts;
  • Integrado com mais de 70 parceiros para pagamento.

Ser simples em montar sua loja virtual é uma marca notável da Shopify. Seus diversos temas e organização por tags deixam isso bem claro.

E como dito nos pontos acima, caso você queira escrever blog post em sua loja você consegue. Muitas vezes ter um conteúdo de descontração ou informativo para a vida do seu cliente irá fazê-lo voltar mais a sua loja e torná-lo em um cliente fiel.

Uma certeza que você pode ter é que a Shopify é plataforma para e-commerce mais fácil de se utilizar. Além de possuir diversas vantagens.

Vale a pena usar a Shopify?

Depois de entender o que é, como funciona, como investir e as vantagens da Shopify é possível entender o porque ela está entre as plataformas de e-commerce mais usadas em território americano.

A Shopify é uma plataforma específica para o e-commerce, investir nela significa que você tem como objetivo ter sucesso com a sua loja. Pois as ferramentas oferecidas pela Shopify são excelente e necessárias para uma loja virtual de qualidade.

Então se você estiver disposto a investir o dinheiro necessário para criar um loja virtual prática, organizada e eficiente, com certeza irá valer muito a pena usar a Shopify.

 

8 Plataformas de Ecommerce para criar minha loja virtual

Com tantas opções de como iniciar e incrementar um negócio, não pode mais faltar o envolvimento com as ferramentas online. Diante disso, posteriormente, quanto se trata de vendas, sejam elas físicas ou digitais, uma empresa nos dias atuais não pode negligenciar a necessidade de uma loja virtual.

Independente se sua área é B2B ou B2C, você precisa facilitar a vida dos seus clientes e a sua também. Por isso abrir um e-commerce é uma escolha a se considerar.

Algumas coisas devem ser levadas em conta antes de abrir sua loja virtual isso inclui decidir que plataforma usar e o que elas oferecem em questão de design, praticidade (para você e para o cliente) e um dos mais importantes, segurança.

Pois bem, vamos dar uma olhada em 8 plataformas que podem te oferecer um suporte na criação da sua loja virtual.

1.Loja virtual com Drupal

Esta plataforma, é uma alternativa ao famoso WordPress, quando se trata de criação de site ou blogs. O Drupal, possui uma capacidade muito grande em relação ao design da sua loja virtual. Veja abaixo algumas características principais do Drupal:

  • Gratuito;
  • É um CMS;
  • Flexível para moldar sua loja virtual do seu jeito;
  • Conexão com o Paypal;
  • Muito seguro (ex: é o site usado pela Casa Branca).

Pensando agora como uma possível escolha para sua loja virtual, o Drupal como e-commerce irá te permitir gerenciar os produtos, carrinhos e transações com facilidade e com com qualidade de primeira, assim como sua mídia e conteúdo.

Seu sistema é construído para ser flexível e adaptável ao estilo e necessidade da sua empresa.

Já sobre sua segurança, algumas pessoas podem ter medo por ser uma software open-source, ou seja, que a comunidade pode contribuir para sua melhora.

Porém, não há o que temer. Como existem diversos colaboradores, eles lutam sempre para rapidamente corrigir as vulnerabilidades e assim tornar sua loja virtual mais segura.

Deste modo você não irá fornecer nem seus dados e nem de seus clientes. É seguro, o Drupal commerce é uma excelente alternativa.

2.Wix

A Wix é uma plataforma que ganhou muita fama no Brasil nos últimos anos, o que resultou em muitas pessoas escolherem ela para criar seus sites.

Após os donos verem que a wix criou fama eles decidiram colocar a opção para e-commerce.

Para criação de sites e blogs, a plataforma é útil. Mas para criação de loja virtual ela não é uma plataforma das mais recomendáveis, veja alguns dos motivos abaixo:

  • Não é flexível;
  • Poucos recursos para e-commerce;

Mas, a Wix tem suas vantagens, principalmente para quem está iniciando no ramo e ainda não sabe-se  irá mergulhar de cabeça no mundo do e-commerce.

  • Inicialmente gratuito;
  • Amplo acervo de artigos para te ajudar na configuração e manutenção da sua loja virtual;
  • Conexão com o PagSeguro.

Ainda está na dúvida se o Wix é bom para você? Analise com cuidado suas intenções e planos para o futuro. Como criador de sites vale a pena, já para e-commerce não é a melhor opção.

3.Magento

Ao pesquisar no Google sobre plataformas, inevitavelmente irá aparecer o Magento. Nela se encontram lojas virtuais como: Nike, Samsung, Walmart e entre outras.

O Magento possui muitas interações que você poderá fazer entre o acesso do cliente em seu site, até o produto chegar na casa dele.

Diferente do Drupal e o Wix, ele não possui a opção de criar site. Seu foco é exclusivamente o e-commerce. Veja abaixo algumas características:

  • Layouts criativos;
  • Flexível;
  • Otimização de SEO;
  • Relatórios detalhados de vendas e estoque;
  • Conexão com diversas formas de pagamentos;
  • É seguro.

Inevitavelmente vai passar em sua cabeça escolher o Magento. Um dica para você que está considerando criar sua loja virtual nele é: possua um programador experiente!

O magento não tem uma equipe de suporte forte para tratar de problemas emergenciais que pode acontecer com sua loja, seja no layout ou de funcionamento.

O maior support oferecido é a comunidade de usuários do Magento. Então ter um programador experiente, irá te ajudar com eventuais emergências em sua loja virtual.

4.Shopify

Igualmente o Magento, o Shopify é especializado em loja virtual. Estimada como a maior plataforma de e-commerce no mundo, ela é muito usada no EUA e no Canadá.

Shopify é completo, pois possui ferramentas para design e relatório para suas vendas e estoque. Veja abaixo um pouco mais do que é oferecido:

  • Fácil desenvolver o design da sua loja virtual;
  • Conexão com diversas formas de pagamentos;
  • Vendas em outros canais;
  • Possui lojas de aplicativos;
  • Possui support;
  • É seguro.

A princípio uma das maiores dificuldades que talvez você posso encontrar é arcar com as despesas do Shopify.

Primeiramente ele tem um custo baixo, portanto, conforme você vai descobrindo mais a plataforma e aprimorando sua loja virtual, toda venda que você fizer o shopify irá cobrar uma pequena caixa.

Você terá que gastar um pouco mais para essas melhorias, mas se bem usadas terá um bom retorno.

Sem dúvidas a Shopify é uma excelente plataforma e não é a toa que é muito usada em países de primeiro mundo como EUA. Se você quiser realmente investir dinheiro, pode ter certeza que é uma excelente escolha.

5. EzCommerce

A plataforma brasileira foi criada em 2006 e desde de sua criação têm obtido resultados significativos em seus serviços. Pois bem, veja abaixo algumas características que a plataforma irá oferecer para sua loja virtual:

  • Sem cobrança de % por venda;
  • Migração fácil;
  • Loja de aplicativos;
  • Otimizada em SEO;
  • Monitoramento constante;
  • Suporte;
  • Segurança.

EzCommerce é uma plataforma especializada para criar uma loja virtual. Um dos maiores benefícios que ela traz é ser brasileira. Ou seja, ela foi projetada para o mercado brasileiro em todos os aspectos.

O seu lucro será alto ao criar uma loja virtual na plataforma, pois ela não cobra % por acesso a sua página e também não cobra nenhuma % em cima das compras do cliente.

Basicamente seus gastos com a EzCommerce será no plano adquirido e ao comprar aplicativos para incrementar a sua loja virtual.

Se interessou? Caso ja possua uma loja virtual a EzCommerce oferece um sistema de migração de plataforma muito fácil. Confira no site deles.

6. Vetx

A plataforma é especializada em e-commerce e com excelentes ferramentas. Não é à toa que marcas como Coca-Cola, Sony, Calvin Klein e Red Bull a utilizam para suas lojas virtuais. Veja o que ela pode te oferecer:

    • Possui CMS;
    • Quadro de análises;
    • Sistema para o Status  do Pedido;
    • Sistema para compra rápido e eficiente;
    • Pode criar extensões
    • Smart Checkout;
    • Testes multivariados;
  • Omnichannel.

Uma plataforma com CMS é excelente, pois irá permitir que sua loja virtual além de vender, possua conteúdo atrativo e útil para seu cliente.

Utilizar essa ferramenta ajuda a otimizar sua loja em SEO, convertendo em vendas futuras.

A VTEX possui um diferencial que é o omnichannel. Essa ferramenta irá te facilitar o contato com o cliente, independente de onde ele se comunicar com você. E um excelente contato com o cliente é primordial para o sucesso de sua loja virtual.

Outro ponto interessante é que a plataforma permite que você anuncie os seus produtos em outros marketplaces, ou seja, você aumentará o alcance da sua loja virtual para fora do seu domínio online permitindo vender mais.

O seu custo benefício com a VTEX é muito bom, entre no site deles e confira o plano ideal para sua loja virtual.

7. Tray

Uma plataforma veterana no ramo. Sites muito conhecidos por nós brasileiros criaram sua loja virtual com eles (Casas Bahia, Mercadolivre, Walmart, Americanas, entre outras). Veja abaixo porque essas marcas escolheram abrir sua loja virtual com a Tray:

  • Código Aberto (Open Code);
  • Desconto ao criar a loja virtual;
  • Suporte via Web ou telefone;
  • Interação com grandes marketplaces;
  • Aplicativo para celular;
  • Foco em conversão de vendas;
  • Seguro.

Com 5 planos diferentes a Tray pensou em como pode atender o perfil de empresas diferentes, então com certeza lá você irá achar o plano ideal para você

Você poderá contar também com mais de 200 ferramentas para customizar a sua loja virtual com a cara da sua empresa.

Como a Tray é uma plataforma de código aberto, isso além de trazer segurança, significa que você pode sempre melhorar a interação do seu site, faça isso você mesmo ou com um programador.

E um dos pontos principais, a Tray com sua ferramenta de fácil checkout, permite seu cliente finalizarem a compra mais rápido, focando seu site em conversão de vendas. Ou seja, sua loja virtual irá lucrar com a Tray.

8. WooCommerce

Uma das plataformas mais usada mundo afora. O WooCommerce na verdade é um plugin especializado em e-commerce para o WordPress. Ou seja, para criar sua loja digital com ele, primeiro você deve criar um site no WordPress. Veja abaixo suas características:

  • Customize do seu jeito;
  • Muitas expansões;
  • Otimizado em SEO;
  • 30 dias de garantia;
  • Suporte;
  • Seguro.

Afinal se você não quer ter um site focado somente em vendas, mas sim um site com conteúdo (jornal, blogs, diários, curiosidades, entre outros) com certeza o WooCommerce é indicado para você.

WordPress hoje é uma das melhores plataformas para você criar seu site. E caso dentro desse site você queira criar uma loja para ganhar um dinheiro a mais vendendo itens relacionados com seu site/blog, utilize o plugin do WooCommerce.

Ele irá suprir todas as suas necessidades. E juntamente com o conteúdo do seu site, ele irá otimizar sua loja virtual em SEO. Melhorando sua posição nos sites de buscas.

Enfim, acima vimos 8 possibilidades de plataformas para você criar sua loja virtual. Entre no site deles, veja qual se encaixa mais com o perfil do seu negócio e comece já a vender online.

Como contratar influenciadores para a sua marca ou loja virtual

Quais os melhores meios de divulgação para contratar influenciadores?

Mesmo não havendo um data exata sabe-se que no ano 600 a.c o teatro surgiu. Somente por volta do ano 60a.c o jornalismo, logo ali não é mesmo?

Mas por que escrevo essas informações? Exatamente para explicar a sua principal função, lhes informar! O teatro, o jornal, posteriormente, as revistas, as cartas, o rádio, os satélites, a televisão e hoje as mídias online. São nossos meios de saber das coisas, conhecer mais o mundo.

Hoje se sabe que uma criança de 10 anos tem mais acesso a informação do que Einstein tinha. Mas jamais faria cálculos como fez, pelo menos não aos dez anos de idade.

Sem nem falar no imperador Júlio César, mas certamente esse menino de dez anos não teria o conhecimento de guerra e governabilidade que possuía o imperador, mas afinal onde quero chegar com tanta história?  

Quero que você, sabendo de tudo isso, compreenda que você pode ter os melhores produtos. As melhores oportunidades, o melhor do melhor. Mas se alguém que influencia muito a sociedade não gostar ou gostar muito do que você tem, seu produto pode estar à beira da falência ou do sucesso!

Estamos no futuro, vivemos ela a cada instante, pois a velocidade que as informações chegam está incalculável, e hoje as mídias do último século perderam espaço para o digital, para o instantâneo.

Influência do mercado em suas compras diárias:

Não há mais como esperar o jornal da noite para descobrir o que está acontecendo e muito menos o impresso no outro dia.

Para fazer uma boa compra de um tênis não preciso sair andando pelo centro, ou saber o que estão achando do governo da minha cidade.

O mundo online instantaneamente se responsabiliza por proporcionar opiniões, todos darão opiniões, mas mudaram as suas quando escutar o influenciador!

Os responsáveis de hoje, dos resultados e consequências sobre qualquer coisa que cai na rede, são os influenciadores, como se fosse a coluna de opinião do jornal.

Portando com os meios de divulgação funcionando 24 horas, se você quer um lugar ao sol, um espaço de destaque na internet é preciso contratar um influenciador para sua marca.

Porém você nem sabia que ele existia e fica a pergunta no ar; como contratar influenciadores digitais? Eu já vou lhe responder!

O que é influência digital?

Com o surgimento da internet a influência televisiva perdeu força. Assim como o rádio, quando a televisão surgiu perdera também a influência.

Ela não se extingue, existe enquanto existir audiência, muitos escritores escreveram sobre o fim do mundo e até todos tiverem a certeza absoluta que nada pegou fogo por aqui, ficaram com receio de se ele realmente estava correto.

A muito tempo as famílias se reuniam à volta do rádio para escutar as rádios novelas. Essas informações mexiam com a criatividade do cidadão.

As moças sonhavam com galãs, os homens com aventuras, estamos dentro do mar da influência. Em todo setor de nossas vidas, a influência age para o bem ou para o mau.

“Não ande com esse rapaz meu filho ele é uma má influência!” Frase famosa de muitas mães para seus filhos, o mais puro exemplo de influência. Pois bem, vocês já abriram a mente para ver que a influência está por todo o canto, vamos observar no online.

A internet é a vida em forma digital, e os influenciadores surgiram com muita força nas redes sociais.

Essa influência se intensificou com plataformas de vídeo como youtube, troca de mensagens como o twitter e compartilhamento de vida social com facebook e instagram.

Nada foge da ideia da televisão, do ver, do telespectador. Mas só se tornou a mais poderosa ferramenta de comunicação, por que qualquer um pode tentar a sorte, qualquer um pode interagir, qualquer um pode se tornar um influenciador digital, basta uma câmera, boas pautas, sinceridade e coragem!

Se você está inserindo sua marca no mundo digital, através de diversos canais de venda. É importante você ter parceria com influenciadores digitais.

Astros e empresas famosas

Uma atitude que está em alta é a de que as empresas enviam “presentes” para os famosos da internet para ele fazerem “lives” ou publicarem em seus “stories” o presente que receberam.

É claro que o influenciador não chegou onde está à toa. Ele também trabalhou muito para isso e tem sim o intuito de ser um profissional.

Hoje no mercado já foi criado esse novo termo para os profissionais da influência digital. As faculdades e escolas de marketing abordam e muito sobre essa nova carreira.

Mas você deve estar se perguntando, como contratar influenciadores digitais? Calma, já estou chegando na cereja do bolo!

Como contratar influenciadores digitais?

É o famoso trabalho de caça talentos. Porém você não precisa percorrer centenas de quilômetros, e muito menos visitar diversos lugares ou até conversar com muitas pessoas para descobrir alguém.

Os influenciadores estão facilmente na mídia digital, blogs, canais no youtube principalmente, instagram, twitter entre outros muitos!

Sites especializados

Você também pode utilizar alguns sites especializados em garimpos como o Celebryts, Influency. Eles calculam a quantidade de seguidores nas redes sociais e de como ele interage com seu público e também faz a ponte direta com o influenciador.

Empresas também se utilizam de contratar atores e atrizes. Pois mesmo que eles não tenham um planejamento forte na internet ele são, digamos que, “conhecidos”.

Porém deve-se ter cuidado para essa escolha. Pois o momento pós contato com o público pode morrer. Pois os seguidores diários de um canal, seguem o canal religiosamente.

Enquanto um ator de televisão irá seguir sua vida, sem ser lembrado todos os dias. A não ser que ele possua um veículo de comunicação digital.

Deve-se ter também cuidado com o tipo de influenciador que irá escolher, o que ele apresenta em seu canal, um feedback de sua história na mídia, pois ele pode ser um influenciador para sua marca de um nicho que não interessa.

A relação de contratante e contratado deve ser muito clara e transparente, o ideal é que o influenciador para a sua marca ou loja virtual realmente conheça seu produto e talvez, se for um produto mais conhecido utilize por um tempo.

Pois a criação de vínculo emocional é mais importante que sorrir para a câmera e dizer que aquilo é bom!

Grandes marcas da nossa infância estão vivas até hoje e são consumidas com muito amor por toda a emoção que foi criada em cima dela.

O influenciador escolhido tem que ser mais que um propagandista e sim um consumidor que fará um depoimento sincero para seu público, isso é a influência saudável!

Mas aquela última pergunta grita no seu pensamento, “Mas como contratar um influenciador para sua marca? ” Ok! Vou lhe dizer.

Contratar influenciadores para sua marca

Busque um perfil que seja a cara de seu negócio. Que mostre para o público que o segue que usar seu produto realmente é maravilhoso.

Muito cuidado quando escolher mais de um influenciador digital. Pois você pode escolher três ou quatro e cada um com 3 milhões, mas a média entre eles é de 1 milhão. Ou seja, são todos de nichos parecidos e seguidos pelas mesmas pessoas. Então estude os nichos e os seus respectivos seguidores.

O mercado está em alta sim, mas você pode garimpar jovens influenciadores, de oportunidade para os que estão iniciando. Além de serem muito mais baratos, podem ter ideias e sentimentos inovadores por sua marca!

 

Transfer – o que é – tudo o que você precisa saber a respeito

Um item muito comum nos dias de hoje e que quase toda família ou pessoa deseja é ter uma camiseta personalizada. Alguns locais como clubes, igrejas e até empresas também procuram confeccionar camisetas únicas para um evento próximo.

Entrar no ramo de vender camisetas não é um mal negócio, mas primeiro você precisa conhecer algumas técnicas de confecção, entre elas você deve saber o que é transfer. Confira mais abaixo sobre.

O que é transfer?

A palavra transfer no dicionário literalmente significa, passar de um local para outro. Ou seja, é uma transferência, independente de qual seja os materiais envolvidos.

A arte designada como transfer é transferir uma imagem de um papel para um produto que será vendido. Tais produtos podem ser canecas, camisetas, garrafinhas, chinelos e outras opções.

A tecnica para camisetas

Um dos produtos feitos com a técnica do transfer são as camisetas. Literalmente você vê este tipo de camisetas em quase qualquer loja que venda roupas. Também são as camisetas os produtos mais almejados em conferência, eventos e até em empresas.

O procedimento é praticamente igual ao dos outros produtos. O que você deve prestar atenção quando se fala de transfer para camisetas é o tipo de camiseta que você irá usar para customizar.

Quanto menos fibras sintéticas na camiseta melhor será o resultado. Geralmente são utilizadas camisetas 100% algodão para esta técnica. Tecidos híbridos também irão funcionar, mas a maior porcentagem sempre tem que ser do tecido natural.

Outro cuidado a ter é a lavagem. Ao vender suas camisetas feitas com a técnica do transfer instrua o cliente como lavar. No caso é lavagem simples, sem deixar de molho, não use alvejante. E preferencialmente lave a camiseta ao avesso.

Como fazer um transfer e qual material usar

Para criar as suas camisetas personalizadas você irá precisar do seguinte material e insulmos:

  • Impressora adaptada com Bulk-ink;
  • Prensa térmica;
  • Papel transfer;
  • Tinta transfer.

Você não irá conseguir fazer seus produtos se você utilizar impressora comum, papel comum e tinta comum. As tintas usadas devem ser ou tinta sublimática ou tinta pigmentada.

Veja alguns exemplos de papel transfer:

  • Transfer litográfico;
  • Transfer digital;
  • Transfer de algodão;
  • Transfer Power Film;
  • Transfer sublimático.

Tenha em mente que esse tipo de trabalho em qualquer outra técnica irá usar materiais especiais

Agora vamos ver o que é o transfer na prática. Primeiro você deve fazer sua arte, mesmo se foi feita a mão você deverá digitalizar ela para o computador e vetoriza-la nos programas photoshop ou corelDRAW. Recomendamos estes programas para que a imagem seja de qualidade e não pixelada, estragando o produto final.

Após carregar a impressora com as tintas e ter colocado o papel transfer no local correto, pode imprimir sua arte. Depois disso você deve posicionar corretamente a arte no produto que já estará na prensa térmica.

A prensa deve aquecer e comprimir a impressão no produto simultaneamente. Somente assim sua arte será passada para o produto. Agora a transferência está completa.

Se o seu produto for uma camiseta lave-a antes de colocar para venda.

Prós e Contras ao utilizar o transfer

Um grande benefício com o transfer é que o trabalho tem excelentes resultados se feito com zelo e seguindo as indicações de como usar cada item.

A técnica é prática e econômica. Diferente de outros processos, fazer uma tiragem em larga escala não é complicada com o transfer já que você terá que simplesmente imprimir o papel. E caso seu cliente deseja apenas uma unidade você pode fazê-la sem nenhuma complicação.

O gasto do material também é baixo, por isso utilizar a técnica do transfer possui um bom custo benefício.

Produtos personalizados, geralmente feitos com transfer, possuem uma alta demanda de venda em períodos festivos e feriados. Quem não quer uma caneca temática do natal?

Um diferencial com o transfer é a possibilidade de utilizar produtos de cor escura. O que muitas vezes é uma dificuldade para outras técnicas de impressão.

Já uma das desvantagens do transfer para camisetas é que a técnica não pinta o fio do tecido. Ou seja a imagem é como se fosse um super adesivo, mas que demora a perder sua cola.

Outra desvantagem é a durabilidade da arte. Como dito acima o fio do tecido não é pintado, então com o passar do tempo ao ser usada e lavada a camiseta a imagem vai desbotando e quebrando.

Mas fique tranquilo, a maioria do clientes sabem o tipo de produtos que estão comprando quando se trata de camisetas. E principalmente camisetas customizadas as pessoas tendem a usar menos que o normal. Seu cliente terá bastante tempo para usar a camiseta.

Se atualize sempre

A ciência está sempre crescendo e trazendo novas descobertas para o mundo.

No mundo dos negócios não é diferente, ainda mais quando é no mundo da arte em produtos. “O que é o transfer” estará sempre sendo atualizado. Por se tratar de uma técnica de impressão para personalizar os produtos, a tendência será sempre criar um jeito inovador de fazer isso, para que uma empresa sempre supere a sua concorrência.

Por isso fique atento ao mercado, faça parte de um grupo de desenvolvedores de técnicas de impressão e de transfer. Você não deve ficar para trás.

Deixar de se atualizar será o primeiro passo para que todo o seu trabalho vá embora pelo ralo.

Pronto para fazer sucesso

O que é o transfer no mercado? Pessoas que trabalham com essa técnica usando produtos de qualidade e com criatividade para as artes estão sempre crescendo no mercado.

Como já dito acima, muitas famílias, amigos, associações, empresas e até mesmo indivíduos, anseiam ter uma camiseta ou outros produtos personalizados. Além de que alguns itens como camisetas, canecas, chinelos, entre outros, fazem parte do dia a dia de um ser humano.

Além que em feriados como Natal, Ano Novo, Dia do Pais, Dia da Mães. Esses tipos de produtos vendem como se estivem caindo do céu. E como sempre alguém estará fazendo aniversário, sempre vem alguém comprar produtos personalizados ou para presentear ou para personalizar a festa.

Por isso a venda destes produtos nunca irá parar de acontecer. Investir no mercado transfer é investir em produzir itens necessários. Produtos necessários de qualidade tendem a não ficar parados na vitrine da loja.

Utilizar ou não a técnica?

Após ler sobre o que é transfer detalhadamente, talvez você ainda tenha dúvidas ou esteja um pouco receoso em usar esta técnica ou até mesmo receoso se deve iniciar uma empresa neste ramo.

Isso é normal. Aliás investir em material para algo que você não tem certeza se irá dar certo ou não é um risco.

Em relação ao transfer você pode ter certeza que com produtos de qualidade você terá o retorno esperado e sua empresa continuará crescendo. Caso ache o transfer um tanto arriscado, investir na impressão direta em camisetas pode ajudar.

Agora se sua dúvida é sobre o ramo de camisetas e produtos personalizados, recomendamos que você faça uma pesquisa de campo. Veja na sua cidade e estado como está o mercado, como seus futuros concorrentes trabalham, o que as pessoas desejam de uma empresa de produtos personalizados, entre outros.

Após isso monte uma estratégia de marketing real. Invista aos poucos, faça sua marca conhecida. E você não irá se arrepender de ter escolhido este mercado e o transfer.

O que sao camisetas personalizadas?

Em algum momento da sua vida você já viu  essas frases?“Que a força esteja com você”; “Me poupe, se poupe, nos poupe”; “Não existe trabalho ruim, o ruim é ter que trabalhar”; “não sou obrigada a nada” Feliz dia das mães para a melhor mãe do mundo”.

Essas frases você além de ouvir de personagens de filmes, da atualidade ou até mesmo coisas que você fala ou pensa, com toda certeza você também notou na camiseta de alguém aleatório na rua. E não era nada mais nada menos que uma estampa personalizada na camiseta.

Você deve estar se perguntando: O que são camisetas personalizadas? Pode ficar tranquilo que nesse artigo tiraremos essa dúvida que possa estar pairando sobre você, trazendo de forma clara e objetiva tudo o que for importante sobre estampas personalizadas de camisetas.

O que são camisetas personalizadas?

A moda deixou de ser um apenas um artefato de luxo para ser também uma expressão contemporânea de suas preferências e estado de espírito atual. Conseguimos transmitir através de nosso vestuário, todas as características da nossa personalidade.

Nas lojas estão sempre padrões de listras, xadrez, poás, estampas geométricas, animal prints…, no entanto, transparece as vezes algo tão padrão, tão igual, tão não personalizado ao nosso próprio modo. Essa sensação se dá por sermos indivíduos únicos, e o desejo dessa unicidade também se reflete em nosso estilo de roupas.

Ninguém quer sair de casa para uma festa e se deparar com três pessoas com a mesma roupa. Agora você consegue entender o que são camisetas personalizadas? Bem, com essa ideia de expor a individualidade o mercado de camisetas personalizadas nasceu e veio se expandindo rapidamente para todas as “tribos”, ou seja, grupos sociais bastante variados e isso é fascinante.

Inclusive grandes, médios e pequenos eventos passaram a usar esse tipo de camiseta para identificação das pessoas, tornando a camiseta personalizada em alguns momentos, um objeto de desejo social.

Por que personalizar?

Quem hoje não gosta de possuir uma camiseta de seu artista (cantor, escritor, youtuber, ator) para lembrar de sua importância. A ideia de personalizar uma camiseta é a base fundamental da moda, pois pare e pense: quando queremos estar na moda, na verdade o que queremos expor é a nossa individualidade dentro de um grupo. Queremos ser diferentes dentro de um grupo social igual. Queremos andar na moda mas com um toque que seja só nosso. Por isso a personalização de camisetas ganhou toda essa força. As redes sociais estão cheias de modelos de camisetas personalizadas com as frases virais da atualidade.

Antigamente esse tipo de vestuário era algo bem característico do que se denominavam Nerds (pessoas que gostam e admiram culturas de quadrinhos, filmes e eventos envolvendo heróis e ficção científica) pois a expressão de suas preferências eram motivos para destacá-las por onde quer que andavam.

Algumas escolas começaram a personalizar os fardamentos do último ano do ensino médio, pois assim eles teriam um “destaque” já que estariam se despedindo dessa fase colegial, e nesse momento meio que surgiu um certo status, todos queriam uma camisa mais legal do que a outra quando chegava o seu ano de despedida, pois ali era a sua forma de expressão de ser um quase adulto“ descolado e único”.

Bandas começaram a comercializar camisetas com algo que as caracteriza-se pelo mesmo motivo pela ideia de expressão livre de ideias e de personalidade extremamente peculiar que antigamente não existia. Essa expressão veio ganhando mais força no atual momento em que estamos vivendo, e com isso é possível justamente responder a questão-chave do nosso texto: o que são camisetas personalizadas?

O que devo personalizar?

As camisetas personalizadas não possuem um tipo único de padrão, pelo contrário ela varia desde a escolha do tecido até o que estampar. Os tecidos mais utilizados hoje são o poliéster ou poliamida (quando se usam esses tipos, o ideal é que sejam 100%, porém podem ser um mínimo de 60% dessas matérias-primas) como exemplos deles temos: o tactel, crepe, cetim, oxford, entre outros.

Algodão e seda também podem ser personalizados, mas geralmente não são opções financeiramente acessíveis. Os tipos de personalização também são bastante diversificados, sendo os mais conhecidos: a sublimação e a serigrafia, cada um desses possui pontos fortes e fracos que veremos a seguir.

Modelos de camisetas também variam para satisfazer a todos os gostos: regatas, baby looks, polo, social, você pode personalizar praticamente tudo. E as escolhas do que estampar, bem essas são conhecidas como “o céu é o limite”, ou seja, tudo o que você tiver de ideia, você pode personalizar e estampar em sua camisa.

Em eventos comemorativos você vê estampas com fotos de famílias, cônjuges ou amigos; em formaturas vemos estampas com os nomes dos cursos e alguma ilustração característica. Em escola vemos camisas para feiras científicas e jogos com um design personalizado chamam a atenção quando um grupo se aglomera todos com a estampa característica. Você pode também personalizar a foto de um astro de rock, ou de seu filme preferido

Como posso personalizar?

Serão elencados aqui duas técnicas bastante utilizadas para a estamparia de tecidos: a sublimação e a serigrafia.

A técnica da sublimação, esse conceito você deve se lembrar quando viu na escola, na química o ato de sublimar é a transformação da matéria do estado sólido para o estado gasoso, pulando o estado líquido, e esse é o mesmo intuito.

A tinta sublimática passa de seu estado sólido para o gasoso na camisa desejada sem passar pelo estado líquido. Para esse tipo de trabalho, é necessário equipamentos especiais como as tintas sublimáticas e os papeis sublimáticos, uma impressora e uma prensa, apesar de parecer difícil a técnica é bastante simples e conta com muitos vídeos e textos na internet detalhando o seu passo a passo, porém necessita de um investimento mais programado e calculado para se começar.

Já a utilização da técnica de serigrafia também pode ser chamada de Silk-screen também é uma técnica que é bem fácil de se trabalhar. Sua maior vantagem é o seu baixo custo, podendo ser executada em casa mesmo com adaptações de ferramentas simples ou também em serigrafias que são os locais especializados nessa arte.

Usa-se uma tela vazada depois um mini compressor para que a estampa seja completamente transferida para a camiseta, no entanto, uma grande desvantagem dessa técnica é que além de causar uma sujeira muito maior que a técnica de sublimação, ela também é bem mais demorada para quem precisa fazer uma grande quantidade.

Por causa desses problemas a arte de serigrafia hoje perdeu grande espaço na estamparia de camisetas para novas tecnologias que atendam uma demanda maior de clientes.

Após a leitura do texto todas suas dúvidas sobre estampas em camisetas, com certeza, foram tiradas e você até deve estar querendo já ter uma camiseta, pois quando alguém perguntar O que são camisetas personalizadas? Você já será um expert nesse assunto e terá se tornado mais um adepto ao grupo de pessoas que usam e amam camisetas personalizadas.

Quem sabe até não se interessou para produzir e com isso abrir um negócio lucrativo e divertido, não é mesmo? Todo mundo gosta de se divertir, gerar uma renda extra, com algo que nos faz é algo a ser pensado e possivelmente investido.

Sublimação ou Impressão direta. Qual a melhor opção?

Está pensando em confeccionar camisetas? Ou já trabalha com isso e está na dúvida se deve mudar o método do seu trabalho?

Antes de tomar qualquer uma das decisões acima é importante ter conhecimento tanto de sublimação ou impressão direta. O principal motivo para isso é que você não acabe jogando dinheiro fora, ao fazer uma escolha precipitada e depois não tirar o devido proveito do material escolhido.

Confira então um pouco sobre os dois processos e depois decida se irá trabalhar com sublimação ou impressão direta.

Tudo o que você precisa saber sobre sublimação

O nome da técnica vem de um processo químico, o qual é chamado de Sublimação. O que ocorre nesse processo é passar uma substância do estado sólido ao gasoso, sem esta substância se tornar líquida no meio do processo.

E quando falamos de impressão, a técnica faz jus ao seu nome de origem. A tinta sublimática será aquecida e irá chegar ao estados gasoso. Após isso, em um tecido tratado corretamente para esse tipo de impressão, a tinta gasosa terá passado do papel para o prensador (que estará quente) e com o prensador a imagem será passada para o objeto desejado.

Um ponto forte dessa técnica diferente de silk e impressão direta, é que a sublimação após feita em tecidos não irá precisar de película protetora. Esse talvez seja um diferencial na escolha entre sublimação ou impressão direta.

Sublimação total

Já viu nas vitrines e nas ruas algumas camisetas e calças que são cobertas com uma arte em toda superfície? Para fazer esse tipo de vestimenta é necessário não apenas usar a técnica da sublimação. Esse estilo é feito com sublimação total.

Para utilizar essa técnica é necessário que o material seja branco. A arte será estampada em todo o tecido e somente após o processo pronto é que irá cortar e costurar a roupa.

Em quais materiais se aplica a sublimação?

Muitos materiais permitem o aplique da arte pela sublimação. Metal, plásticos, vidros, canecas e tecidos. Todos eles podem ser produtos personalizados por esta técnica.

Tem apenas um detalhe sobre o aplique em tecidos. É necessário o tecido ser sintético ou híbrido. Exemplos:

  • 100% ou Poliéster com outro tecido
  • Malha PA (poliéster com algodão)
  • Malha PV (poliéster com viscose)

O tecido que você escolher irá depender do resultado esperado na aplicação. Se você quer que as cores fiquem mais vívidas um tecido 100% poliéster é o ideal. Agora se quiser uma coloração menos intensa os tecidos híbridos serviram bem para o resultado final.

Mas só para deixar claro, o melhor resultado na impressão sempre será no tecido 100% poliéster. Quanto maior a porcentagem de tecido sintético melhor a impressão.

Como manipular?

Primeiramente, vamos descrever abaixo alguns itens necessários para utilizar a técnica de sublimação:

  • Impressora sublimatica;
  • Papel sublimatico;
  • Tinta sublimática;
  • Tecido com no mínimo 60% de fibras sintéticas;
  • Prensa.

O primeiro passo é fazer a sua arte. Hoje em dia pode ser feito de diversas maneiras manual ou digital, os programas mais usados são o Photoshop e o CorelDRAW.

Se a arte foi feita manualmente você terá de passar ela para o computador e finalizá-la nos programas acima citados.

Agora você irá preparar sua impressora sublimatica. Colocar as tintas certas e o papel certo nos locais indicados pela impressora.

Imprima a sua arte. Agora coloque o tecido sobre uma superfície lisa e firme, sobre o tecido coloque o papel impresso com a arte voltada para o tecido. Com a prensa quente (200°) pressione o papel contra o tecido por 20 segundos.

Após seca a tinta lave o tecido 2 vezes para tirar o excesso. Pronto seu produto está pronto.

 

Limitações

A dificuldade com a técnica da sublimação é que você  não consegue usar a cor branca. Ou seja tenha isso mente na hora de construir sua arte e em como irá utilizar a cor da blusa para uma arte bela.

Uma segunda dificuldade que você não consegue aplicar a sublimação em qualquer tecido. É necessário ter 60% de fibra sintética. O que torna seus produtos limitados, caso queira utilizar tecidos extremamente macios.

Agora vamos ver um pouco sobre a impressão direta, e assim você possa decidir entre a sublimação ou a impressão direta.

Tudo o que você precisa saber sobre impressão direta

Assim como o nome a impressão direta é literalmente imprimir sua arte diretamente no pano.

Como você conseguir ver acima, existem técnicas de impressão que dependem de uma prensa ou silk, para que a tinta passe para o tecido.

Já com o avanço da tecnologia hoje é possível utilizar máquinas impressoras que podem imprimir em pano.

Quais tecidos usar?

Uma vantagem sobre a técnica de sublimação que a impressão direta tem é que ela pode fabricar produtos em qualquer tipo de tecidos, isso inclui algodão, seda, poliéster, híbridos e entre outras opções que o mercado pode te oferecer.

Ou seja, você decide a qualidade que quer oferecer ao seu cliente, desde roupas mais macias a roupas esportivas.

A DTG, direct to garment (direto no tecido), para que a tinta fixe que no fio (pinte o fio), necessita que os tecidos recebam um tratamento antes da impressão.

Existem duas formas de você preparar o tecido, veja a seguir.

Offline:

Precisa de uma pessoa para colocar o tecido em uma superfície plana e espirrar um pouco de água em todo o tecido ou apenas na área em que a arte será colocada. Com um spray você deverá espirrar sobre uma prensa térmica (processo mais utilizado) ou transferi-lo a um papel. E assim hidratar o tecido para a pintura.

Inline:

Esse processo já é mais automatizado assim como a própria impressão. Você irá colocar o tecido direto na impressora e ela mesmo irá fazer o tratamento e logo em seguida a impressão.

Os dois processos não são difíceis. Tudo vai depender da sua preferência no resultado que cada um vai fazer.

Lembrando que tecidos brancos ou claros nem sempre irão precisar de tratamento. Irá depender do pano.

Que resultado esperar?

Cada tipo de tecido irá trazer um resultado diferente na aplicação da tinta. Por isso você deve estudar que tipo de arte combina com que tipo de tecido. Dessa forma você irá conseguir formar combinações únicas e belas, que irá atrair a muitos clientes.

Obter um produto como o de sublimação total, é bem fácil quando se usa a impressão direta.

Para uma resultado de qualidade você deve usar material de qualidade. Então pesquise bem qual máquina impressora você irá comprar. Não adianta de nada pagar caro por algo que não presta.

Escolha com cuidado as tintas que vai usar e a combinação de cores para cada arte.

Isso tudo influencia muito no resultado final e nas vendas do seu produto.

Um diferencial

Normalmente os outros tipos de impressão não conseguem pintar em um tecido a cor branca. Esse é um dos grandes diferenciais neste estilo de impressão. E talvez será algo que irá te ajudar a decidir entre a sublimação ou impressão direta.

Limitação

A maior limitação que você poderá encontrar ao escolher é impressão direta é o preço. Trabalhar com maquinário grande pode ser um investimento pesado a princípio. O segundo ponto a se considerar é gasta muita água por causa do tratamento do tecido. Porém se deseja fabricar com tecidos mais nobres, é o preço que terá que pagar.

Por isso que você deve pesquisar sobre todos os métodos antes e qual valerá a pena para o seu bolso.

Caso você já trabalhe com camisetas e outros tipos de tecidos, faça um teste. Veja se você realmente irá gostar do resultado antes de decidir qual dos métodos irá adotar ou continuar a usar entre sublimação e impressão direta.

Tenha em mente as duas técnicas são muito boas e com o devido estudo te darão resultados excelentes. Agora você só precisa decidir qual das duas irá ser melhor para você e seu negócio.

Como Contratar Designer para estamparia de camisetas

Sendo um diferencial na Estamparia de camisetas, a contratação de Designers pode parecer muito confusa para quem não é familiarizado com o assunto.

Porque Contratar um Designer.

A área de estamparia de camisetas é pouco explorada, e isso é fato. Por tais causas, é comum existirem diversas dúvidas em relação á criatividade que é necessária para ser um destaque. É por isso que aqui vai uma dica: Contrate um Designer. Com este texto você aprenderá as diversas maneiras possíveis para a contratação deste tipo de profissional.

Mas, bom, por que contratar um designer? O motivo é muito variável. Você pode não saber desenhar ou estampar, ou até mesmo trazer um diferencial para o seu negócio.  E, mesmo se souber estampar e desenhar, recomendo que contrate outro profissional, por um motivo simples: Ter mais de um nicho ou estilo te abrem milhares de novas possibilidades.

Outro motivo é: Divisão de experiências. Como já citado, você pode sim ser muito bom em estamparia de camisetas, porém, mesmo quando se é muito bom em algo, é sempre bom procurar por outros pontos de vista, por outras opiniões e outras formas de se fazer um trabalho.

Mesmo que seja um negócio pequeno o seu, e que queira trabalhar só, você deve ter em mente que ninguém é igual ou pensa igual, e isso é muito bom para quem trabalha com criatividade. Seja com traços diferentes, com ideias para seu marketing, ou mesmo com uma simples conversa sobre o assunto, ter outro profissional por perto irá te fazer muito bem.

Além de toda praticidade que você ganha ao contratar  outro profissional, nem que seja para fazer apenas um trabalho. Você ainda ganha visibilidade de diferentes tipos de pessoas, e mais do que faz determinado produto para apenas um cliente, mas cria também laços com um tipo específico de clientes. Chegando a raciocínios lógicos, não há motivos para a não contratação de profissionais, e no decorrer deste texto, pretendo te convencer disso.

Algumas vantagens de se contratar um Designer Profissional.

Quando se trabalha em áreas plásticas e que têm como foco criatividade, quanto mais gente, melhor.  Não só por conta dos diferentes traços que um artista pode trazer á você, mas também pela experiência que pode ser compartilhada, e pela bagagem de um Artista, nem que ele esteja só no começo de uma carreira.

Falando artisticamente, quando se tem mais de um profissional, o seu público alvo muda. As pessoas que compram o seu produto estão acostumadas com um tipo de traço ou ideia transpassada nas suas estampas.  Quando você muda isso, você está fazendo com que o seu negócio de estamparia de camisetas abranja diferentes tipos de pessoas, e diferentes necessidades pessoais.

Por muitas vezes isso pode significar que você deve procurar por profissionais que possuam diferenças notáveis entre seus traços e nichos. Não significa também que você deve pegar o primeiro que te oferecer algo contrário ao que você faz em seu trabalho, mas que deve sim, procurar outras ideias.

É bem compreensível que haja milhares de dúvidas em sua mente nesse momento, porém, este é mais um motivo para que você contrate um profissional. Um maior conjunto de ideais, mais pontos de vista e estilos de vida, te engrandecem mais do que profissionalmente, mas principalmente como pessoa.

A contratação de um profissional pode ser muito bom, mas contratar mais que um, ou contratá-los de tempos em tempos, pode te trazer uma flexibilidade muito única e especial á você e sua empresa. Não precisa ser um grande negócio nem ter anos de existência para que você precise de novos ares, afinal mudar é sempre necessário.  Motivos para contratá-los não faltam, mas com certeza há uma pergunta pertinente em sua cabeça: Quanto? Afinal, em tempos como o que estamos vivendo, capital é sim algo muito importante e escasso.

Alto investimento, alto retorno.

Agora que você já sabe o porquê contratar um designer para lhe auxiliar, vamos falar rapidamente a respeito de valores.

Pode parecer assustador para muitos pequenos empreendedores pensar em contratar um profissional, porém, hoje em dia há milhares de sites onde você pode publicar uma oferta de trabalho e até estipular um preço máximo que poderia pagar pelo mesmo. A principal forma de como se contratar um designer é por meio de profissionais  Freelancers, que oferece uma ampla gama de sites, basta uma simples pesquisa e você encontrará vários.

Em sites que tem estes profissionais cadastrados, há a maior flexibilidade possível tanto de preço quanto de tempo em que o trabalho será concluído e entregue. É possível estudar várias propostas em um tempo relativamente curto; negociar diretamente com o artista e ainda olhar os trabalhos e especializações de cada um deles.

Obviamente, quanto mais você estiver disposto a pagar, maior vai ser a qualidade das ofertas. Porém, é sim possível ter um trabalho de qualidade por um baixo investimento: você precisará ter coragem. Quando freelancers estão no começo de suas carreiras, necessitam experiência e portfólio, abrindo assim novas  formas de negociação e o quanto a relação entre contratante e contratado pode significar para ambas as partes. Geralmente estão dispostos a fazer um trabalho em troca de algum tipo de curso e coisas do gênero.

Independente de quem contrate, do porque ou de como você quer que aquele trabalho fique quando finalizado, comunicação é sempre importante, e aumentar a sua lista de contatos também.

Como contratar um Designer.

Após todo esse planejamento, toda essa idealização de o porquê fazer isso, chegamos então a uma pergunta pertinente: como contratar um designer para estamparia de camisetas? Afinal, um designer deve ser escolhido por bagagem, por nicho ou por preço?

A resposta é simples: Qual é a sua necessidade? Quando se está começando no ramo, uma boa dica é contratar por preço, afinal, vivemos tempos difíceis, e a não ser que tenha uma boa estabilidade e um excelente planejamento que te deixe confortável mesmo no começo da vida de um negócio, você não quer investir um dinheiro muito alto visando lucros em longo prazo. Afinal, nem a eficácia do projeto foi testada ainda.

Quando se está conseguindo viver do negócio ou há certa estabilidade, recomendo que contrate por bagagem do profissional. Quando se contrata um profissional por estes motivos, visando outros trabalhos importantes, recomendações e referências, cria-se também um certo vínculo, com todos os contatos com os quais aquele profissional já trabalhou. Obviamente, isso dependerá muito da sua forma de comunicação com o contratado e no que você deseja fazer em prol de uma maior lista de contatos.

Já quando se tem um negócio um pouco maior, que é sua principal fonte de renda e que te permita correr novos riscos, escolher um profissional pelo seu nicho, é uma boa opção. Quando se escolhe um profissional por esse motivo, você está expandindo o alcance de seu produto, aumentando o número de clientes que podem se interessar por seus produtos. Sendo assim, não tenha receio ao contratar um profissional que nunca trabalhou com estamparia de camisas por exemplo, mas que tenha um estilo interessante, afinal, todo artista é único, e brincar com todo esse leque de oportunidades é algo mais que importante quando se pretende crescer, modernizar e viver com mais que estampas, mas Arte exposta em qualquer que seja a superfície.

Onde encontrar ideias para suas estampas

Abriu uma empresa que vende camisetas, canecas, chinelos, capinhas para celular ou qualquer outro item que pode ter uma estampa personalizada? Se sim, você deve estar se perguntando agora como fazer para criar estampas que vendem. Se não, você deve estar vasculhando se esse mercado é para você, ou apenas quer criar um item novo para si mesmo.

Independente de qual é a sua situação citada acima, a verdade é que você precisa saber como conseguir criar aquela arte que será estampada e você ficará satisfeito com o resultado. Não só você, mas aqueles ao seu redor irão reparar e possivelmente desejar ter algo parecido com o seu.

Se você já é um artista, já trabalha com design, criar ideias de estampas não é tão difícil, porém sempre tem aquele dia em que a mente não quer funcionar direito e você precisar de uma ajudinha para criar algo interessante, então preste atenção nas dicas a seguir.

Se você não é o artista mas que ajudar seu design continue lendo para aprender em como ajudá-lo.

Colete ideias sem estresse

Um dos primeiros passos que você deve dar na coleta de novas ideias de estampas é pesquisar. Não adianta querer ter novas ideias e só ficar sentado rabiscando em uma folha enquanto a sua mente está escura, sem inspiração.

Enquanto você insistir em produzir algo sem inspiração só irá trazer prejuízo para a sua empresa e mais importante, para você. Para um artista sentir a falta de criatividade é muito dolorido. Por isso não se machuque, quando estiver sem ideias levante-se, relaxe a cabeça, tome água e quando voltar ao trabalho, comece a pesquisar.

Atualmente existe uma técnica de marketing chamada benchmarking. O termo vem da língua inglesa e significa “referência”. Esta técnica consiste em buscar melhorias analisando as práticas do mercado. Sejam elas práticas que você mesmo fez ou que outros fizeram.

Ou seja, você deve olhar qual rumo sua empresa está levando com as práticas atuais e como ela se destaca ao seu redor. Você irá encontrar respostas sobre si e sobre os outros.

Com certeza esse tipo de pesquisa e muito válido na jornada de buscar ideias de estampas personalizadas.

Como saber o que os clientes querem comprar?

Dentre algumas pesquisas que fazem parte do benchmarking, uma delas é buscar entender o que os clientes compram e querem comprar. Ou seja, que tipo de estampa personalizada as pessoas estão comprando ou demonstram interesse em adquirir.

Uma das respostas mais concretas que você terá é analisar quais são os seus produtos que mais vendem. Vá até ao departamento de vendas peça um relatório do que mais foi vendido e uma lista do que menos foi vendido e até mesmo do que não foi vendido.

Ao ter esses dados você conseguirá discernir primeiramente o que você faz que atrai o seus cliente e o que você faz que a maioria não deseja. Às vezes algumas ideias de estampas não venderam porque eram “ruins”, algumas vezes o escrito está agradável ao clientes mas o resto da arte não agradou, ou vice-versa.

Nesse caso, você pode misturar a estampa personalizada de um produto com a de outro produto. Ou até mesmo mesmo a estampa de uma camiseta deveria estar em uma caneca. Assim você poderá ter novas ideias de estampas e em quais produtos elas devem estar.

Mais um modo de descobrir o que os clientes querem comprar é fazendo um pesquisa de campo. Crie formulários online e divulguem para seus cliente e possíveis clientes, por e-mail, nas redes sociais, no seu site e onde mais for possível.

Nessa pesquise coloque perguntas que te darão os dados de quem é o seu público e o que eles consomem. Coloque algumas perguntas com as imagens de alguns produtos e pergunte se eles comprariam. No final deixe uma caixa de sugestão. Essas vão ser as suas melhores respostas do que os seus clientes querem comprar.

Um detalhe importante é: seja observador! Na rua, na televisão observe o que as pessoas vestem e que tipo de estampas personalizadas são as mais comuns.

Todas esses meios te darão informações valiosas na busca por ideias de estampas.

Veja o que os seus concorrentes estão vendendo

Outro aspecto da técnica do benchmarking é olhar o que os seus concorrentes fazem e estão vendendo. Você irá fazer um processo parecido com o que você fez ao olhar os resultados da sua empresa. A diferença é você não terá todos os dados sobre eles.

Então faça uma lista de todas as empresas na sua região que trabalham com estampas personalizadas e comece a pesquisar.

Entre no site deles e busque pela informações de “os mais vendidos”. Ali você terá pleno conhecimento do que o seu rival tem feito que faz sucesso e o clientes querem comprar.

Observer também quais são os produtos sugeridos para você ao entrar no site do concorrente. Geralmente esses produtos também fazem parte dos produtos que os clientes costumam comprar, você pode ter certeza que o número de ideias de estampas que você irá conseguir ao fazer essa pesquisa será gigante.

Fique tranquilo, isso que você fará não é plágio, você em hipótese alguma deve copiar o produto do seu concorrente. Você de olhar o que ele produz e perceber a ideia por trás daquela arte. Fazendo isso você irá compreender que tipo de arte as pessoas gostam e compram.

Após essa pesquisa você deve juntar as informações que obteve olhando a sua empresa, a pesquisa de campo e as informações dos seus concorrentes e começar a bolar uma estratégia para uma nova coleção de estampas personalizadas de acordo com o que os clientes compram.

Não se limite

Um aspecto muito importante para qualquer um que entre no mundo da arte, seja ela digital, seja ela física é nunca se limitar.

Por mais que em alguns momentos você estará limitado pela criatividade ou pela técnica de algo, o seu papel é não ficar parado nesse estado. Se quer fazer algo mas algumas coisa parece segurar você, não pare.

Comece a pesquisar mais sobre a arte ou técnica que você quer atingir. Hoje vivemos em um mundo tecnológico. Se você pesquisar e se empenhar em conseguir as estampas personalizadas que tanto deseja você consegue.

Não se limite em buscar as informações do que os cliente comprar somente ao Brasil. Olhe o que vende nos Estados Unidos, Canadá, Europa e Japão. Geralmente a tendência que está nesses países no momento que você está olhando em breve irá virar tendência aqui.

Então seja você o primeiro a trazer a novidades com as suas novas ideias de estampas.

Use o Pinterest

Uma ferramenta e rede social que não pode faltar na sua busca por ideias de estampas personalizadas é o Pinterest.

O Pinterest é uma rede social baseada em imagens, ou seja o que mais você irá ver lá é ideias diferentes para cada tipo de arte diferente e com diversos públicos diferentes.

Então faça uma conta no Pinterest, crie pastas para cada nicho diferente que você deseja atingir, por exemplo: camisetas de rock, canecas de animal, chinelos de esportes, bonés de festas, entre outros temas.

Ao utilizar o Pinterest o que não vai faltar para você é ideias de como fazer a sua próxima arte de acordo com o seu público alvo.

Agora que você já sabe como encontrar ideias para suas estampas, comece criando uma conta no Pinterest e analisando os dados de sua empresa. E em breve estára vendendo estampas inéditas.

Crie sua própria marca de camisetas sem gastar com maquinas

O mercado está igual a selva. Se você não for um animal feroz, inevitavelmente alguém ira lhe atacar. É muito difícil conseguir uma simples vaga.

Há alguns anos a farra das demissões aconteciam quase que culturalmente nas empresas, e muito se ouvia falar da boca dos trabalhadores a seguinte expressão.

“Eu saio desse trabalho e já consigo outro emprego! ”

Verdade! A quantidade de oferta era maior que a procura, claro que bons trabalhos nunca chegam a esse patamar, as vagas que sempre estavam disponíveis, eram vagas de trabalhos comuns, caixa de mercado, atendente de loja, auxiliar de produção, vendedor, secretariado.

Não desmerecendo as profissões, mas nessa época essa era a realidade, e hoje? Hoje já são mais de 13 milhões sem emprego, não há vagas, quem procura não acha e quem tem está com muito medo de perdê-lo!

Mas e se eu lhe informasse, que não precisa mais ter medo da terrível demissão, e que poderá investir em seu sonhado negócio próprio?

E se já não bastasse a maravilhosa notícia, lhe conto mais, esse investimento tem o custo zero!

Você pode continuar a trabalhar e se dedicar nas horas vagas ao seu novo negócio, ou você que está entre os milhões de brasileiros que lutam por um lugar ao sol no mercado de trabalho, pode e muito sonhar com a volta por cima!

Com apenas a leitura desse texto, você estará com o conhecimento para começar a sua subida para o sucesso!

A ideia funciona da seguinte maneira;

Você criará sua marca! Sim! Uma marca, eu sei que isso é algo que só as pessoas com muito dinheiro podem fazer, mas não hoje!

Você também poderá criar sua marca, produzi-la e ainda nem se preocupar com a entrega! Não é um sonho! Isso é dropshipping! O que?? Calma! Já irei explicar essa palavra complicada!

Você descobrirá nesse texto como criar a sua marca sem gastar com maquinas e poder construir um negócio próprio, lucrativo e esteticamente lindo ao seu desejo!

Por que vender camisetas?

Desde 600ª.c, a comunicação começou a ser responsável pela influência, é claro que até o surgimento do rádio, ela era uma influenciação física, depois que passou a se utilizar as ondas do rádio, o sinal da televisão e por momento a internet.

As influências ditam as regras da sociedade, criam as celebridades, vestem os fãs da cabeça aos pés com suas ideologias de vida.

Mas por que é importante salientar essas informações?

Por que você está prestes a entrar para o mundo da comunicação, exatamente! Camisetas são um canal de expressão, de divulgação, de arte, de sentimento e até de protesto!

No início do século vinte, o exército europeu descobriu que poderia utilizar camisetas para o treinamento e posteriormente no front de batalha, com a novidade o exército americano também se interessou pela ideia e adquiriu o uso da vestimenta no dia a dia.

Além de serem muito mais fresquinha, eram leves, não atrapalhavam os movimentos o que facilitava e muito nas funções exercidas no exercito

Até então essa descoberta, camiseta era sinônimo de roupa de baixo, já que a dois milênios ela vinha a ser utilizada assim, embaixo das túnicas que os povos no planeta usavam!

O tempo passou, a novidade se espalhou pelo país e em 1940 Clark Gable apareceu em uma transmissão onde tirou a sua camiseta e espantou o planeta! Ele não tinha nada por baixo!

Então as pessoas começaram a mudar o conceito de roupa de baixo e camiseta, a febre das personalizáveis começou, na política, nas bandas, revista e jornais.

Então a mais de 100 anos a camiseta surgiu e se tornou a queridinha da elegância, diversidade e facilidade de se estar moderno e bem vestido, afinal sabemos que com um jeans e camiseta,  está pronto para o dia!

Então se você está agora a um passo de vender camisetas sem comprar maquinas, você descobriu que é o produto de maior sucesso mundial, sempre há mercado, sempre há clientes, sempre a venda e lucro!

O comércio de vestuário no Brasil cresceu 6% no em 2017, um faturamento de 52 bilhões, então mesmo a economia estando devagar, não interfere em nada na venda de roupas.

É artigo básico, assim como a alimentação, então entre de cabeça no mundo das camisetas por que vale muito a pena!

O que são camisetas personalizadas?

O exclusivo sempre foi o mais requisitado na vida do ser humano, já nascemos querendo exclusividade, e se ao decorrer da nossa caminhada for disponibilizado essa exclusividade nos apaixonamos sem pensar nas consequências.

A moda também precisa da exclusividade, e as camisetas personalizadas estão em alta no mercado.

Formandos de escola ou faculdades não deixam passar o momento especial, assim como para nossos amados familiares ou amigos.

Dia dos pais e das Mães sempre está no calendário do comercio como um dos mais lucrativos do ano, e a personalização das camisetas se tornou a escolha preferida.

Com possibilidades diversas de estampas, desde textos, imagens, mensagens, são muitas opções para o cliente ficar satisfeito.

Hoje você pode escolher qualquer cor de camiseta que lhe agrada com sua respectiva estampa.

E para você que quer iniciar nessa área são diversos os sites que disponibilizam para você os serviços para o seu novo negócio.

Você vai utilizar a Dropshipping, que consiste em ter o serviço da criação até a entrega, as empresas cuidam de tudo para você, você precisa apenas se preocupar em produzir, utilizar a sua criatividade para suas criações, criar seus veículos de venda e obviamente vender!

Para usar um exemplo bem, popular esse novo ramo é como pão quente! Não fica um na padaria alguns minutos depois de sair do forno.

Você irá criar sua marca sem gastar com maquinas e ainda lucrar muito! Se você sabe trabalhar com edições de imagem e tem muita criatividade o sucesso é garantido!

O que saber sobre edição de imagem!

Antes de mais nada, a sua propaganda principal é a sua estampa, assim como todo mundo quer um carro bonito, independe do que tem por dentro, você pode até ter um conteúdo de qualidade, mas precisa também algo agradável aos olhos.

No ramo de personalização de camisetas é essencial que suas estampas sejam lindas.

Claro que todo pé de meia furada tem um pé com chulé para usar, mas você não pode contar com a sorte de alguém ter que gostar da sua estampa, ou seja, você não pode criar algo que você acha bonito.

É necessário estudar o mercado, quais as tendências, o que está em alta, pois criar estampas que agradam apenas o seu gosto pessoal torna o seu negócio arriscado, primeiro você precisa lembrar que tem que criar tráfego para suas lojas, clientes que gostem das suas criações, então estudar sempre é o caminho!

As edições de suas imagens devem ser de excelente qualidade e criatividade, pois o inovador também vende muito, existe diversos programas na internet para esse fim, porém, nem sempre tão fáceis de utilizar.

Você pode obter muitos cursos gratuitos e vídeos para aperfeiçoar seu talento, se você acompanhar e estudar certamente terá uma empresa de sucesso.

O site Estampa Web disponibiliza diversas vídeo aulas para lhe auxiliar, no site você encontra o ABC de como fazer magnificas estampas, um serviço de qualidade que vale a pena conferir.

Alguns programas que você pode se especializar com os cursos do site.

CorelDraw, PhotoShop, Adobe Illustrador

De propriedade da Corel Corporation, a gigante das edições é a referência mundial no assunto, é um programa de desenho para design gráfico e projetos fotográficos

Assim como o conhecido Photoshop é utilizado para edição de imagens, possui recursos magníficos para tratar suas fotografias e imagens.

Recursos como sangria, retirada de fundo, simetria avançada, bloquear sombra entre outros diversos recursos que você pode se inteirar para auxiliar no seu negócio.

Já o Abobe Illustrador, cria incríveis ilustrações, você consegue utilizar uma versão gratuita e também o site disponibiliza 10 GB para armazenamento.

Você pode criar diversos modelos, se lembre que o tradicional sempre faz sucesso, mensagens, imagens bonitas e claro personagens de desenho sempre estão entre os mais vendidos, pesquise no seu nicho o gosto de seu público, ficará ao seu critério e estudo do que quer para seu negócio.

O que é Dropshipping?

Imagine você criar uma loja que vende de tudo, mas que não tem nada? É engraçado pensar assim, já que as regras comerciais de antigamente calculavam o poder de uma empresa pelo tamanho de seu estoque.

Hoje existem e-comerce com um estoque milhares de vezes maior que as empresas físicas, ditas como “fortes”, por seus poderosos estoques.

Dropshipping é um termo criado na Ásia referente a logística, significa estoque direto na fonte, ou seja, você compra de um site, um e-comerce por exemplo, mas esse canal não possui estoque, ele é apenas o revendedor de um produto que está lá na fábrica.

Então o cliente compra do e-comerce, o pedido é gerado para a fábrica que a partir de então será a responsável, por produzir, separar e entregar.

O e-comerce é responsável se algo acontecer, ele terá que tomar as devidas providências se o produto não chegar como as devidas especificações, entrar em contato com a fábrica e pedir a substituição.

Sites como o Shopify possuem uma aplicação chamado Oberlo, que abre a possibilidade de adicionar instantaneamente produtos da gigante Ali Express.

A Shopify é a maior criadora de e-comerce do mundo, possui mais de 140 mil usuários e movimenta anualmente 580 milhões de dólares.

É considerada a empresa mais segura do mundo, ela não terceiriza os pagamentos possui seu próprio canal de vendas, assim o cliente não fica pulando de site para site, não deixando espaço para invasões.

Usa a certificação PCI nível 1 e criptografia SSL consideradas as certificações mais seguras do mundo, utilizadas por exemplo pela casa branca.

Para você criar sua marca sem gastar com máquinas, a Dropshipping é o caminho certo, você precisará apenas ter um acesso à internet e investir pouco em uma loja virtual.

A Shopify disponibiliza 14 dias de versão gratuita e logo após esse período é cobrado um valor de $9, mas você ganha diversos benefícios.

O suporte para criação de seu e-comerce é profissional, você pode ter as melhores dicas para vender suas camisetas, pode escolher diversas empresas que trabalhem sobre o regime de Dropshipping no mundo.

Se você domina outros idiomas, há diversas empresas na Europa e nos estados unidos que trabalham com esse segmento.

Você pode ativar o Oberlo para poder começar a vender no estilo Dropshipping, basta escolher a empresa, os produtos e se dedicar a divulgar! Outro aplicativo muito recomendado é o Dropnacional

O que é impressão por demanda (POD- Print On Demand)?

A exclusividade é o sinônimo de POD, a conhecida Print on Demand já uma famosa prática no mundo, além de reduzir o estoque, pois estoque custa muito dinheiro para ser mantido em boas condições, cria peças exclusivas.

A gigante japonesa Toyota, já vem fazendo há alguns anos esse processo, você vai na revenda escolhe o carro que mais lhe agrada, também tem a opção de escolher a cor, cada cor tem seu preço, e dentro de 15 dias o seu veículo está pronto.

O tempo é maior, você não sai na hora com o seu novo carro, mas é o que o mercado oferece, baixa o valor de venda, é custo e benefício, não há motivos para não esperar por um bom desconto!

Na criação de camisetas não é diferente, você cria o design da sua preferência, edita nos programas que citamos e envia para a empresa escolhida, escolhe o tipo de peça, tecido, cor e é só esperar o cliente agradecer satisfeito.

A empresa recebe sua imagem é o processo de produção até a entrega é tudo com a contratada, é o POD unido com o Dropshipping.

Você pode criar sua loja virtual, e publicar as suas estampas, quando o cliente comprar o pedido irá direto para seu parceiro comercial que produz ela em demanda, você cria quase que uma exposição de arte em sua loja virtual, com diversos modelos e estampas.

Se depois de um tempo você não vender certa estampa pode simplesmente a excluir e produzir outra, não perdas, somente lucros, quem não quer ter um negócio assim?

E o melhor de tudo é que você cria sua própria marca de camisetas sem gastar com máquinas!

Você pode explorar todo tipo de mídia digital, criando canais exclusivos para suas clientes, depois que você conseguir captar a primeira venda, pode disponibilizar um acesso exclusivo ao um número de WhatsApp por exemplo, onde você poderá oferecer um serviço ainda mais exclusivo, no qual seu cliente irá escolher uma estampa, seria a ideia do superexclusivo!

Qual o nicho que vou vender (tipo de cliente)

Sabemos que no mundo existem diversas “tribos”, cada uma com seus gostos e desejos, e isso é ótimo, pois nos possibilita um vasto mercado para vendas.

O nicho de pessoas, ou seja, o grupo que você irá trabalhar é importante

O estudo de mercado é importantíssimo, você pode contratar empresas especializadas para lhe trazerem dados, mas como a nossa ideia aqui é criar sua própria marca de camisetas sem gastar com máquinas e muito menos gastar com outras coisas, claro que o investimento terá que acontecer, mas deve ser baixo.

Veja algumas dicas para você começar a enxergar o horizonte;

Família e amigos;

Faça uma pesquisa com as pessoas a sua volta, use as redes sociais delas, sempre se descobre o que cada um gosta, flores, viagens, bandas, gospel, e seus filhos também são importantes, estudos mostram que vender para um desconhecido tem 50% de chance, mas vender para um amigo sobe para 90%, e dentro desses 90% não importa o preço que ele irá pagar, ou seja, se você é meu amigo até pago mais caro por algo.

As crianças que estão na sua família e nas dos amigos são importantes, você pode criar muitas camisetas e blusinhas com estampas de personagem, é um bom nicho para agregar clientes novos e conhecidos.

A informação boca a boca continua sendo informação importante na influência, então peça para esse primeiro nicho indicar para amigos, se você fazer um cálculo rápido de quantos amigos tem cada perfil que você tem no facebook, ficará surpreso com a quantidade de pessoas, aproveite essa rede!

Crie uma fanpage, google, blog e instagram!

Um grande aliado é o facebook, você pode criar uma fanpage, escolher o nicho que ela vai atrair, criar chamadas pagas, elas não são caras, você investe o valor que achar melhor, pode também criar uma loja na fanpage, em cada publicação da loja você pode colocar a descrição e o link que leve para a página de compras.

Você pode também criar um blog para atrair tráfego para sua fanpage, escrever sobre suas inspirações, criar post relacionados a moda e tendências, mostrar para o seu público o que é legal, ou seja influenciar ao moderno!

Assim como pode utilizar da beleza de seus produtos, usando o instagram, fazendo boas fotos, hoje muitas pessoas podem fazer fotos magníficas com seus celulares, utilize o “insta” para desenvolver e atrair esse público, ele é constante pois as pessoas gostam mais de ver do que ler.

E o google pode lhe dar diversas ferramentas para o auxílio do tráfego, estude um pouco sobre SEO e veja como as palavras certas podem fazer seu anúncio terem um acesso espetacular, use a palavra certa para seu texto.

Novos acessos!

Ao decorrer do seu trabalho, você ganhará novos seguidores, e graças as redes sociais você pode facilmente fazer um trabalho de detetive.

Descobri o que cada cliente novo gosta é fácil, basta olhar seus perfis, seus stories e desenvolver estratégias para vendas, enviar cartões de boas-vindas já mostrando aquela criação que foi feita exclusivamente para ele, como frases do tipo;

“Pensando em você, amigo (nome do cliente) criamos essa estampa exclusiva! ”

Assim você já cria uma interação positiva para o seu novo seguidor.

Qual estilo escolher?

Um dos erros do empreendedor é achar que o público irá gostar do que você gosta, e não é bem assim.

Para investir, seja qual for o negócio, você deve ter em mente que não agradará a todos, porém não deve agradar ao número mínimo de pessoas, ou seja, quanto mais cliente satisfeitos com seu trabalho, mais pessoas ira agregar para serem futuras clientes.

Não posso ter uma barraca de suco e vender apenas do sabor de abacaxi, não vou atender ao desejo do mercado, preciso ser o maior vendedor de suco, além de todos os tradicionais tenho que têm sucos de frutas que ninguém conhece ou nunca ouviu falar na sua região!

Pois assim, com a novidade de algo que nunca se viu, o sucesso é certo, reflita qual a estampa que será algo incrível, magnífico e exclusivo.

Posso confiar em Dropshipping?

É obvio que pode! Geralmente as pessoas tem medo do novo, mas em questão de Dropshipping não há nada de muito novo não!

A ideia foi criada em 2006, então já vai mais de 12 anos, e ela só cresceu no mercado, assim como tudo leva um tempo para se solidificar, hoje o estilo de Dropshipping é referência no comércio eletrônico, e é serviço indispensável nos e-comerce da Europa, Estados Unidos, Canadá e na China.

O estilo de negócio cria a liberdade de poder investir tempo atrás de clientes, sem medo de estar perdendo estoque seja por diversos fatores, climáticos, de tempo e espaço, hoje um modelo não fica ultrapassado jogado no fundo da caixa, a matéria prima está sempre novinha esperando a linda estampa.

Hoje algumas grandes empresas de materiais e de eletrodomésticos como a Magazine Luíza e Americanas.com utilizam a ideia do Dropshipping, elas vendem em seus e-comerce, mas quem se responsabiliza pela entrega e estoque são outras empresas, é inovação no mercado brasileiro.

A Shopify é considerada no mundo inteiro a mais confiável e segura, escolha a empresa certa para a venda de suas peças, veja o feedback de outros clientes, entre em contato, acerte os detalhes e mãos à obra!